Blogger Widgets

Ana Issa, coordenadora de conteúdo da Editora Novo Conceito, dá dicas de como produzir um texto legal.


Como produzir um texto legal? Por Ana Issa, cordenadora de conteúdo da Novo Conceito

Primeiro vem a IDEIA. Mas a ideia só pode acontecer a partir de referências pensadas e pesquisadas ao longo de muitos anos. Portanto, uma pessoa sem história, curiosidade e repertório de leitura jamais terá uma ideia para um texto. Mesmo que ela receba o tema.

Depois vem a PESQUISA. Para o autor a pesquisa acontece a partir de textos já produzidos sobre o tema (identifique as diferentes correntes ideológicas que falam sobre isso — claro que é preciso saber diferenciar um xiita de um sunita ou de um maronita, por exemplo), a partir da recepção da mídia sobre o assunto, a partir dos interesses do editor… Mas a pesquisa não é processo estagnado. Ela dura todo o processo de redação. (E depois, também, ainda muitas vezes!). E sempre sustentada pela bagagem do profissional.


Então, vem a ESTRUTURA. É quando o escritor monta o esqueleto — é só o esqueleto mesmo — do texto. Copie algumas frases, crie algumas outras, relacione alhos e bugalhos, escolha vocábulos bacanas, decida o estilo (mais informal, mais sério, mais conotativo, com alguma possibilidade de jogo de palavras, sem brincadeira alguma, para senhorinhas, para bad-boys…), defina a sequência de assuntos que vai abordar…

Passamos aos RASCUNHOS. Quando a gente articula os pontos principais procurando manter tema coeso e coerente.

Então vamos às VERSÕES: sempre saem umas duas, no mínimo, para cada obra. Às vezes, dá pra aproveitar uma versão e outra. Mas às vezes não, porque as versões falam de coisas muito distintas sobre o tema e você corre o risco de fazer não um livro, mas um Frankenstein. Então, ainda que saiam duas versões, não se esqueça de que dois não é o número final…

Finalizou? Terminou? DESCANSE. Não você, descanse seu texto. Finja que ele não existe, deixe-o amadurecer, respirar… Para mim, três dias são suficientes. Mas isso é para mim, para você pode ser outro o tempo.

Por fim, REVISE. Depois que seu texto descansou, faça a revisão. Peça para um amigo próximo ler para você. Tem que ser um amigo mesmo, pois mexer com o texto da gente é como mexer com filho da gente. Ouça as ideias dele e revise. Revise tudo, troque pontuação, troque palavras, arrisque mais, arrisque menos… Sobretudo, NÃO tenha medo de jogar tudo fora e começar de novo. E se seu editor vier cobrá-lo por causa de prazos, tenha coragem e peça a ele que se lembre de quando ele tinha tarefa de redação na escola…

fonte: Blog Novo conceito

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...