Blogger Widgets

[Resenha #142] Cidade de Vidro de Cassandra Clare @galerarecord


Título: Cidade de Vidro
Título original: City of Glass
Série: Os Instrumentos Mortais
Autora: Cassandra Clare
474 páginas
Editora: Galera Record

Sinopse:

Para salvar a vida de sua mãe, Clary deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras — podemos pular a regra de que diz que entrar em Alicante sem permissão é contra a lei e ir contra a lei pode significar a morte? E também que chegar lá, criando um Portal sozinha, só mostra o quanto os poderes de Clary são sofisticados e como isso é perigoso? Para complicar ainda mais, quando chega à cidade, ela logo descobre que Jace não a quer por perto (o que não se aplica a outras meninas...) e Simon, que nem queria estar ali, está sendo investigado por ser um vampiro que pode suportar a luz do sol.
Nem o fora de Jace nem estar quebrando as regras irão afastar Clary de seu objetivo: encontrar Ragnor Fell, o feiticeiro que pode ajudá-la a curar a mãe. Para localizar o bruxo, Clary contará com um misterioso aliado, Sebastian, um Caçador de Sombras (quase) irresistível. À medida que se aproxima de respostas, Clary conhece mais sobre seu passado — e consequentemente sobre o passado de seu irmão...
A Clave está reunida. Todos sabem que Valentim, fortalecido como nunca, está convocando um exército para exterminar os Caçadores de Sombras e conseguir os Instrumentos Mortais. Aparentemente, a única chance de sobrevivência é unir forças: Caçadores e integrantes do Submundo. É possível esquecer as diferenças e o preconceito de séculos para lutar lado a lado? E Clary, dividida pelo que sente por Jace, conseguirá se armar de seus novos poderes para salvar a Cidade de Vidro — custe o que custar? Jace já se decidiu: vai arriscar tudo por ela.


Resenha:

Quem ainda não leu Cidade dos Ossos, não leia esta resenha. Contém spoilers! 
Confira a resenha de Cidade dos Ossos aqui
e resenha de Cidade das Cinzas aqui

 

Meu Deus! ..... Eu não posso nem lidar com a minha vida agora. Este livro foi avassaladora. Definitivamente, o meu favorito da série!

     Cidade de Vidro é o terceiro livro da série Mortal Instruments. O livro começa logo após o término da Cidade das Cinzas. Clary está em uma missão para encontrar uma maneira de acordar a mãe do coma que ela está, e a única maneira é ir para Alecante, o lar ancestral dos Caçadores de Sombras. Há apenas um problema ..... Jace se recusa a deixá-la ir, e por isso ele e os Lightwoods, partem sem ela, enquanto acidentalmente levam Simon junto. Clary finalmente encontra seu caminho para Alicante, a Cidade de Vidro, e é jogada no meio da maior batalha dos Caçadores de Sombras que ela já teve de enfrentar.
     Os personagens deste livro realmente não mudam muito dos outros dois primeiros livros. Clary é a mesma valente ruiva teimosa. Só que, eu sinto que ela cresceu um pouco neste livro. Ela finalmente visita o lugar onde todos os caçadores de sombras chamam de lar e encontra um monte de novos personagens. Eu vi a maior parte do crescimento perto do final do livro, quando ela confessa a Clave sobre seu poder de fazer novas runas.
     Jace teve um monte de mudanças neste livro. A maioria não tão legal assim. Jace começa a tentar convencer Simon em dizer a Clary para ficar em Nova York, em vez de ir para Alicante. A razão é que ele tem medo de que ela vai ser usada como uma arma, e sua vida poderia ser posta em risco. Mais tarde, no livro, Jace confessa para Clary que ele vai sempre amá-la, e Clary se sente da mesma maneira, dorme com ele. Espere! Quero dizer dormir. Não sexo. Eles estavam literalmente dormindo, enquanto segurava as mãos. Não tenha idéias erradas. Essa parte foi realmente a minha favorita de Clary e Jace juntos. Eu adorei!

    “Jace… o que você quer dizer?”
    “Você é minha irmã,” Ele disse, finalmente. “Minha irmã, meu sangue, minha família. Eu deveria querer proteger você…” Ele riu sem som e sem nenhum humor… “Proteger você do tipo dos garotos que querem fazer com você exatamente o que eu quero fazer com você.”
Página 138


" Não dá pra fingir - disse Jace, objetivo. - Eu amo você, e vou amar até morrer, e se houver vida depois disso, vou amar também." pág.295

     Tem um novo personagem neste livro chamado Sebastian, que eu posso falar, é um canalha. Eu até comecei a pensar que Cassandra Clare ia fazer outro triângulo amoroso entre Sebastian, Clary e Jace, mas essa  idéia foi lentamente por água abaixo enquanto o livro progredia.
        Cassandra Clare fez um trabalho fantástico com este livro. Eu simplesmente amei este livro! Seu estilo de escrita continua maravilhoso, e eu amei, onde ela levou a história. E a informação que foi revelada neste livro abriu minha mente. Eu posso honestamente dizer que Cassandra Clare é um dos meus autores favoritos!





1 comentários:

  1. oh adorei os quotes, eu amei esse livro, alias, essa primeira trilogia da série esta mtooo linda!!

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...