Blogger Widgets

Confira entrevista com Rick Riordan e capa do conto que mescla mundo de Kane e Percy


O USA Today divulgou a capa de The Son of Sobek, um conto crossover, onde Percy Jackson e Carter Kane ficam cara a cara. Essa pequena história estará disponível em ebook após 19 de junho e na edição brochura de The Serpent’s Shadow, terceiro volume da saga As Crônicas de Kane.

O próprio autor narrará no formato audio, e na versão digital estará disponível um sneak peek do quarto volume de Os Heróis do Olimpo, The House of Hades, que será lançado em 08 de outubro.

A Intrínseca publica os livros no Brasil.

Confira capa e sinopse traduzida (e entrevista logo depois):





Em The Son of Sobek, Carter está investigando rumores sobre um monstro em Long Island quando se depara com Percy. E a primeira interação entre eles não pode ser chamada de alegre, mas os heróis são mais parecidos do que imaginam.
P: O que inspirou “O Filho de Sobek”?
R: “O Filho de Sobek é a primeira vez que eu cruzo minhas duas séries, As Crônicas dos Kane e Percy Jackson, então é sobre o encontro entre mitologia egípcia e grega”. É algo que os fãs vem pedindo a muito, muito tempo e simplesmente pareceu uma ótima oportunidade de fazê-lo. Foi definitivamente algo dirigido pelos fãs (nessa frase ele quer dizer que o projeto é algo que vem dos fãs, praticamente). Os fãs queriam um crossover e eu pensei “Vamos ver o que acontece!”
P: Qual a importância e significado do título da história?
R: Sobek é o deus crocodilo do panteão egípcio e o filho de sobek (título da história) seria um de seus seguidores. Então, sem entregar muito, você pode esperar muita ação com crocodilos nesse livro. A capa retrata Carter e Percy em seu primeiro encontro e eu creio que ela fala por si só quando você a vê. Eles não começam com o pé direito.
P: Seus heróis são tão diferentes. Como você os vê interagindo?
R: Carter e Percy são tão diferentes quanto dois heróis podem ser. Percy é mais impetuoso e sarcástico e Carter é bem pensativo e reservado, então quando eles se encontram pela primeira vez é como óleo e água. Eles não parecem formar um bom time à primeira vista, mas eles tem mais em comum do que você imagina. É de fato sobre confiar um no outro e aprender à trabalhar em equipe. Foi fascinante para mim jogar os dois juntos, vindos de mundo diferentes, e ver o que acontece.
P: Como você acha que os fã reagirão à dinâmica?
R: Bem, eu espero que eles se divirtam lendo tanto quanto eu me diverti escrevendo! Eles (Percy e Carter) realmente ficaram bem juntos e a história tem vida própria. Meuúnic o arrependimento é a história ser curta e não mais longa. No futuro eu espero poder explorar mais essa dinâmica, de um modo mais longo.
P: Você vê uma série Percy-Carter no futuro?
R: Eu amaria faze-lo, mas eu não sei. Eu tenho mais ideias do que serei capaz de escrever em cinco vidas. É apenas uma questão de até que livro eu irei, então eu espero que sim. Mas eu ainda não tenho certeza.
P: O que você pode dizer da sua inspiração para as duas séries?
R: Quanto mais fundo eu mergulho na mitologia, mais eu acho. Eu originalmente fiz cinco livros de Percy Jackson. Eu achei que isso cobriria toda a mitologia grega e eu não podia estar mais errado. É um universo sempre em expansão. O mais eu mergulho nele, mais eu descubro. E cá estou eu, tendo feito três livros na mitologia egípcia, agora nove na mitologia grega e eu ainda estou descobrindo mais deuses, monstros e histórias que eu não conhecia das fontes antigas. É uma enorme fonte sem fim de coisas legais. Eu acho que essas histórias estão conosco por tanto tempo porquê elas exploram temas universais. Elas exploram amizade, lealdade, bravura, patriotismo. O que essas coisas significam? E os heróis são bem humanos. Algum desses personagens têm 3.000 anos de idade, mas ainda podemos entender porquê fazem o que fazem, mesmo que não concordemos com seus motivos.
P: Qual é o seu envolvimento nos filmes da saga Percy Jackson?
R: Eu não estou envolvido de forma alguma nisso, então realmente não posso falar algo sobre. Eu não assisto eles (os filmes), eu fico longe disso. Eles são uma coisa própria e deixe ser, então não posso comentar.
P: Você pode falar um pouco sobre seu próximo projeto, que explora mitologia nórdica?
Nota do tradutor: Eu PIREI nessa parte *-*
R: Eu estou me preparando para me lançar nisso assim que eu terminar Os Heróis do Olimpo. É algo que eu quero fazer desde que eu leio mitos. Eu amo mitologia nórdica, Thor, Odin e Loki são personagens fantásticos. Isso (o projeto de mitologia nórdica) é apenas um daqueles projetos que não tive a chance de sentar e escrever as ideias que tenho, mas finalmente terei essa chance então esse é o próximo na minha lista.
P: Deve ser maravilhoso ter tantas ideias e não ter tempo suficiente para escrevê-las.
R: É um maravilhoso problema para se ter. E ter jovens leitores que estão esperando para lê-las é simplesmente o melhor de tudo.
P: Que visão você traz como um professor aposentado?
R: Meu objetivo ao escrever é o mesmo ao ensinar, que é formar leitores para a vida toda. Eu tento criar livros que são divertidos, que são um pouco educacionalmente subversivos para que as crianças aprendam mas não sintam como se estivessem sendo educados. E eu quero sempre que as crianças terminem um livro meu e pensem “Esse foi ótimo, aonde está o próximo?”. Eu acho que essa é a coisa mais importante sempre que estamos ligando crianças e livros, tentar fazer o livro e a criança terem uma ligação especial para ter certeza de que a leitura será divertida, uma recompensante experiência fora da sala de aula.
P: À medida que as crianças saem de seus livros e séries jovem-adulto e rumam para os livros adultos, quais livros e autores você crê que seriam uma boa?
R: Wow, ótima pergunta! Acho que ninguém nunca me perguntou isso antes. Sabe, eu creio que isso realmente depende do que eles gostam, é individual de criança para criança. Existem ótimos autores de thrillers por ai que fazem crossovers. Veio à minha mente Harlan Coben. Ele está escrevendo uma série jovem-adulto, mas ele também faz livros adultos. Então em um caso como esse você pode ter um autor que cresce com a criança. E como você sabe, o merdado de jovem-adulto (YA = sigla de young-adult) é tão extensivo que se satura e invade o mercado adulto, então muitas vezes você tem pessoas de 20, 30, 40 anos lendo os mesmos livros que os jovens estão lendo. Eu acho isso aceitável. Se um dia houve uma linha, ela está ficando muito mais distorcida e eu acho que isso é totalmente aceitável. Estamos todos lendo os mesmos livros e falando sobre os mesmos livros, dando continuidade ao diálogo.
P: Eu sei que você estava bem envolvido na série interativa The 39 Clues. Como você vê o futuro dos livros e da leitura nessa era digital?
R: Eu não sei. Eu não acho que qualquer um possa predizer isso. Quem sabia aonde estariamos hoje, à cinco anos atrás? Eu não acho que a leitura vá a qualquer lugar. Nós estaremos lendo, mas talvez estejamos lendo em um tablet, um celular ou um telefone, ao invés de uma página impressa. Mas eu não acho que as histórias vão à algum lugar. Nós mudaremos o jeito de entregar, mas os leitores estarão sempre lá.
P: O que você está curtindo atualmente para relaxar?
R: Eu leio muito. Eu leio sobre praticamente tudo: não-ficção, ficção adulta, livros infantis e jovem-adultos. Eu realmente gosto de ler sobre várias coisas, ter um horizonte amplo. E nós estamos também na era de ouro da TV e eu amo assistir televisão. Há algumas séries fantásticas por ai. Eu sou um fã de Breaking Bad – definitivamente não é um show para crianças – e Game of Thrones, uma das melhores adaptações literárias para a televisão. Como sempre, os livros são melhores que os filmes, mas as séries fazem essa adaptação muito bem. Eu sou um grande consumidor de mídia. O último livro que lí foi um ótimo fantasia para pré-adolescentes chamado Akata Witch, escrito por Nnedi Okorafor, que é basicamente sobre mitologia nigeriana.
Nota do tradutor: existe mitologia nigeriana! o.o
P: O que podemos esperar a seguir de você?
R: A Casa de Hades é meu próximo livro à sair e será no outono (por volta de outubro, nos Estados Unidos. Sem previsão para lançamento em terras tupiniquins). Nós estaremos revelando a capa pela primeira vez no final de Maio, e eu acho que os leitores descobrirão mais sobre o que está acontecendo com Percy e Annabeth, que é a grande questão que eles tem na cabeça.
 
 

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...