Blogger Widgets

[Resenha #148] Os Net-Boys e o gênio do portal W3 de Bebete Alvim @editorabarauna


Título Original: Os Net-Boys e o gênio do portal W3
Autora: Bebete Alvim
Editora: Baraúna
Edição: 1º edição
Ano de Lançamento: 2011

Sinopse

Esta história se passa no ano de 1998, na cidade de Nova Pátria (MG). Muitos brasileiros ainda não possuíam Internet, muito menos banda larga. Jovens internautas, descobrindo o fascínio da web, viviam ocupando as linhas de telefone de suas residências, para as pesquisas escolares e para os encontros nas salas de bate-papo. Raphael e seus quatro amigos – Gustavo, Tiago, Glauber e Otávio – são músicos e possuem uma banda, cujo nome é NET-BOYS. O sonho desses garotos? Sair da garagem, para alcançar fama e sucesso, rumo ao estrelato! Érgon, Crash, Atchim, Boom e Frucini são os nicknames desses internautas, que estão sempre conectados, teclando em linguagem “internetês”. Um belo dia, Rafa recebe uma conexão inesperada de um “Gênio do Portal W3”, que irá mudar a sua vida e a de seus amigos! Uma aventura emocionante, envolvente, misteriosa, empolgante, com situações cômicas. Uma história que irá atingir o público juvenil, revelando o lado “doce e tão bacana da vida”, onde o inesperado pode acontecer a qualquer momento, e dele, os sonhos! Numa época em que a Internet despontava no Brasil, com suas conexões “discadas”, seus usuários estavam à mercê desse encanto. Para descobrir esse novo mundo da informática, era preciso ter paciência com sua conexão e seu modo de operá-la. E pensar que, hoje, basta um clique!


Resenha:


 Uma banda de rock de garagem de Nova Pátria, chamada de os Net-Boys, composta por Raphael, Gustavo, Glauber, Tiago e Otávio, tem como sonho sair da garagem e fazer sucesso e ter fama. Um dia em seu computador Raphael conheceu Z@N, um gênio virtual, pode parecer loucura, mas este dá várias provas de que ele está falando a verdade.


"Trocar informações preciosas, nem pensar. O negócio era mesmo a diversão, papos em que rolavam muita mentira e palhaçadas, que acabavam dando em nada, porque ninguém era tolo o suficiente para deixar marcas ou pistas de sua verdadeira identidade." pág 10

"Raphael era tão fanático por computador que, às vezes, usava em sua linguagem alguns termos de informática." pág 10

O gênio quer a ajuda dos Net-Boys, e cada um deles deverá cumprir uma tarefa, para que tenha seus desejos realizados.

"Espera aí! Nunca ouvi dizer q os gênios aparecem p/ pedir q as pessoas realizem tarefas. Eles sempre já nos pedem os nossos desejos e os realizam. Naum esta coisa de tarefas..." pág 15

E é depois de conhecer o gênio, os meninos passam a interagir mais com o mundo real, em vez de só o mundo virtual. Eles aprenderam a importância do amor, de cuidar do meio ambiente, e a ser solidário.

Este é um livro rápido de ler, flui bem, linguagem simples, voltado para o público juvenil, mas recomendo para todos!




Links:
Livro no Skoob www.skoob.com.br/livro/198361
Página no Facebook aqui
Site da autora http://www.bebetealvim.com.br/

1 comentários:

  1. Agradeço a sua resenha. Vlw!
    Com certeza, compartilhando...
    Saudações literárias para vc e seus adoráveis seguidores!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...