Blogger Widgets

[Resenha #208] A Gramática do Amor de Rocío Carmona @editorarocco



Título Original: La Gramática del Amor
Autora: Rocío Carmona
Editora: Rocco
Ano: 2013
Páginas: 261
Compre: Submarino
Classificação: 5 estrelas

Sinopse:
Romance de estreia da editora Rocío Carmona, que é também vocalista de uma banda indie de Barcelona, A gramática do amor é um convite à intertextualidade. O livro, que conquistou público e crítica na Espanha, vem ganhando traduções em diversos países ao contar a história de Irene, uma menina que vive sua primeira desilusão amorosa e que encontra em clássicos como García Márquez, Tolstói, Jane Austen e Murakami o entendimento para as suas emoções e a força para escrever a sua própria “gramática do amor”. Um comovente romance juvenil sobre a descoberta do amor, relacionamentos e o poder da literatura.


Resenha:


“Irene se preguntou se o amor sublime que Hugues e ela estudavam em suas aulas privadas existiam na vida real ou era só uma ficção que possuía a uns tantos românticos ultrapassados.”

A história se desenrola em uma pequena cidade na Inglaterra, Cornwall, onde sempre chove e é frio. Irene, uma jovem espanhola de 16 anos, é transferida de Barcelona para a Inglaterra para um internato após o divórcio de seus pais. Lá, ela se apaixona por Liam, mas ela descobre que Liam não sai só com ela, mas com nove outras garota. Assim, ela sofre sua primeira decepção amorosa.

"O amor que permanece oculto, que não se expressa, transforma-se num monstro que devora corações. É preciso arriscar-se e deixá-lo sair, mesmo com o risco de se machucar." Pág. 99

Seu professor de gramática vendo a tristeza dela, a convida para lhe ensinar a gramática do amor, um estudo extra-curricular onde ela terá que ler um livro por semana sobre grandes histórias de amor atemporais.
Graças aos sete livros, que trabalha com o seu professor, ela vai aprender como superar as dificuldades do amor e entende-lo para assim se apaixonar pela pessoa certa.

Os livros que ela teve que ler são:
Ao sul da fronteira, a oeste do sol, Haruki Murakami
Orgulho e Preconceito, de Jane Austen
Carta de um Desconhecido, Stefan Sweig
Anna Karenina, Tolstoy
O Amor nos Tempos de Cólera, de Gabriel García Márquez
Jane Eyre, de Charlotte Brontë
Os Sofrimentos do Jovem Werther, de Goethe

Quem ainda não leu estes romances citados no livro e tem desejo de ler, pode ficar decepcionado, pois encontramos muitos spoilers (a personagem solta spoiler do tipo "o livro acaba com...". Ela conta o FINAL!) Por outro lado não pude deixar de suspirar com cada poema ou verso apaixonado de Irene.

Após a leitura desses grandes nomes da literatura, Irene aprendeu sobre os desafios que o amor supera e as diferentes formas de amar.

Esta é uma história fofa, cativante, repleta de reflexões, passagens lindas, narrativa ágil, fluída e poética. É mais uma história que ficaria ótima no cinema.

Sobre os personagens, eu gostei muito de Irene, ela é sensível, tímida, inteligente e doce, e ela evolui ao longo do livro, e no final é muito mais confiante.
Peter Hughes, professor de gramática, é sério, triste e nostálgico por causa da morte de sua esposa, mas também se mostra doce.
Marcelo, um amigo de Irene, a princípio, parece que a única coisa que importa é o esporte, mas logo vê que é um cara engraçado, carinhoso e amável, e que Irene pode sempre contar com ele.
Nós conhecemos outros personagens secundários, como Martha, a louca colega de Irene, e Josh, bibliotecário divertido e peculiar.

O livro tem um grande enredo, muito original, cheio de amor, amizade e realismo, é um livro que tem uma história muito incrível, um livro muito bom que vai fazer você passar uma tarde inteira viciada em suas páginas, e irá só parar quando chegar ao fim. Rocío Carmona tem um jeito de escrever maravilhoso, completamente emocionate, simples, mas tem uma musicalidade especial que faz este livro valer a pena. É um livro para refletir sobre o amor e repensar algumas coisas, enquanto a personagem de Irene evolui diante de seus olhos. Recomendo a todos!



4 comentários:

  1. Sou vejo resenhas positivas sobre o livro, realmente parece ter uma história bem bacana. E que ilustrações lindas são essas...
    http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Lembro que em junho minha professora de português estava lendo esse livro. A capa dele é uma coisa liiiinda e a historia parece ser bem bacana!
    Te indiquei em uma tag:
    meninasquaseinvisiveis.blogspot.com.br/2013/07/tag-meu-marido-literario.html

    ResponderExcluir
  3. Oie,
    não sou fã de poemas e versos, então não sei se iria gostar muito do livro, mas adorei a capinha.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  4. Amei a capa e o título, o livro parece ser maravilho, adorei a resenha. Parabéns.
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...