Blogger Widgets

[Resenha #215] 31 Profissão Solteira - Claudia Aldana @primaveraeditor





Editora: Primavera Editorial
Assunto: Literatura Estrangeira – Contos e Crônicas
ISBN: 8561977019
ISBN-13: 9788561977016
1ª Edição - 2008
295 Páginas

sinopse:

Consuelo Aldunate parece ter tudo o que uma mulher quer: independência financeira, um bom grupo de amigos, um trabalho divertido, um guarda-roupa invejável e um apartamento top. Mas Consuelo quer uma coisa que para muitas mulheres pode soar básico. Um acessório difícil de conseguir, embora pareça estar em toda parte: um homem. Exigente, ela não quer qualquer homem; quer um próprio, privatizado e que possa mostrar a todos. Por isso arregaça as mangas e sai à procura de um namorado por todos os lugares onde possa haver homens interessantes e disponíveis. Nessa busca, entre drinques e encontros insólitos, a anti-heroina vai descobrindo que é difícil deixar de ser solteira. Com humor inteligente, a personagem mostra que por mais que esteja na moda ser single, há momentos em que daria tudo para ter alguém esperando por ela em casa.


Resenha:

Este livro foi escrito pela escritora chilena Claudia Aldana, conhecida como a “Carrie Bradshaw do Chile”, personagem do cultuado seriado norte-americano Sex and the City. E era apenas suas colunas escritas para um jornal, a história ficou tão boa, que virou livro.

Conta as peripécias de Consuelo Aldunate, solteira, culta, moderna, gosta de sair, tem um trabalho bacana, e um
guarda-roupa dos sonhos. Mas, ela já tem 31 anos e ainda é solteira, e tem medo de ficar encalhada. Com a ajuda de seus amigos Camila e Fred, ela irá fazer de tudo para encontrar o seu par ideal.

“Quando ele foi gentilmente puxar a cadeira pra mim, achei que ele fosse se sentar naquela cadeira, e continuei dando voltas ao redor da mesa para me sentar em frente a ele. Parei a dança das cadeiras, e quando entendi a mensagem fiquei quieta, evitando seu olhar, surpreso e divertido, por essa minha performance inicial.”

Deu muitas gargalhadas com esse livro, ele tem humor e inteligência, e a autora conta muitas situações bem embaraçosas de Consuelo, que não tem como não rir.


“...Me neguei a compartilhar um táxi com um gato, dizendo que seguramente Diego estaria acampado no aeroporto há dias, esperando pela minha chegada. E quis morrer quando nos despedimos e ele viu que eu estava sozinha. Quase agarrei e beijei o taxista que veio me ajudar com as malas, para que ele pensasse que era Diego.”

 A capa do livro não me chamou muito a atenção, mas mesmo não sendo tão bonita, a sinopse faz com que você sinta vontade de ler. A diagramação do livro é boa, mas a revisão precisaria ser revista, tem alguns errinhos, mas nada que atrapalhe a leitura.

A escrita da autora é ótima, original, leve e divertida, com capítulos curtos, o que torna uma leitura rápida, indico para uma tarde que você queira se divertir e descontrair. Recomendo.



2 comentários:

  1. Oie,
    o livro parece ser bem fofo e divertido. Não entendi não não gostou muito.

    Não conhecia, mas vou anotar como possível leitura :D

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Michele, nao tinha ouvido falar deste livro ainda, e confesso que nao me interessou mto nao. Talvez eu leia ele algum dia, mas sem graaandes expectativas.
    ps: ja disse o tanto q achei seu novo template liiindo? *-*
    beijos
    http://nolimitedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...