Blogger Widgets

[Resenha #233] Filha da Floresta - Juliet Marillier @Butterfly_ed





Título original: Daughter of the Forest
Gênero: Romance medieval/Fantasia
Páginas: 608
Editora: Butterfly
Compre: Saraiva
Classificação: 5 estrelas

Sinopse:

 Passada no crepúsculo celta da velha Irlanda, quando o mito era lei e a magia uma força da Natureza, esta é a história de Sorcha, a sétima filha de um sétimo filho, o soturno Lorde Colum, e dos seus seis amados irmãos, vítimas de uma terrível maldição que os transformou de bravos guerreiros em belos cisnes selvagens...
O domínio de Sevenwaters é um lugar remoto, estranho, guardado e preservado por homens silenciosos e criaturas encantadas, além dos sábios druidas, que deslizam pelos bosques vestidos com seus longos mantos... Os invasores da floresta, os salteadores de além-mar, os bretões e os vikings, estão todos decididos a destruir este lindo paraíso. Porém, o mais urgente para os guardiões de Sevenwaters é destruir o mal sombrio que se introduziu em seu domínio: Lady Oonagh, uma feiticeira, bela como o dia, mas com um coração negro como a noite. Landy Oonagh conquista Lorde Colum, mas não consegue encantar a prudente Sorcha e seus bravos irmãos. Frustrada por não conseguir destruir a família, ela aprisiona os jovens guerreiros com um feitiço que somente a força silenciosa de Sorcha pode quebrar. Se falhar, todos continuarão encantados e morrerão! Mas os seres da floresta veem Sorcha como sua filha e a colocam sob a guarda de um destemido guerreiro, porém o preço dessa proteção é abandonar a segurança de tudo o que conhecia para seguir até terras estrangeiras e hostis... Em pouco tempo, a jovem se vê dividida entre o seu dever, que significa a quebra da maldição que aprisiona seus irmãos, e um amor cada vez mais forte, e proibido, pelo guerreiro que lhe prometeu proteção.
Seguindo a tendência atual de releitura de clássicos para o público juvenil e adulto, Filha da floresta é uma fantasia medieval baseada na obra germânica dos Irmãos Grimm, o conto Os seis cisnes, também conhecido como Os cisnes selvagens. Além dos clássicos elementos das fábulas (a madrasta perversa, eventos que causam transformação interior e grandes obstáculos a serem vencidos), o romance descreve uma história de coragem, nascida de perdas, e de vidas modificadas para sempre, além de apresentar dilemas humanos dentro de um contexto de fantasia, pois o objetivo dos contos é descrever experiências difíceis e mostrar o que há de melhor e de pior no ser humano e mostrar a recompensa merecida ao fim de sua narrativa.



Resenha:

Filha da floresta me enfeitiçou desde o começo. Já tinha grandes expectativas, e eu não fiquei desapontada. Juliet Marillier habilmente teceu uma história rica, elaborada e cativante.

Esta é uma releitura do conto de fadas dos Irmãos Grimm, Os Seis Cisnes. Se passa no período celta da Irlanda, a narradora da história é Sorcha, que é a a sétima filha de um sétimo filho, Lorde Colum e a caçula de seis irmãos, Finbar, Conor, Padriac, Liam, Diarmid e Cormack do clã Sevenwaters.
É estabelecido desde o início que a magia é uma parte da vida daqueles que vivem em Sevenwaters. Sorcha e seus irmãos têm um grande respeito pela terra e com as árvores. O pai de Sorcha fica distante, após a morte de sua mãe, e ele e seus vizinhos estão em guerra com os britânicos, em particular com uma família chamada Northwoods. Sorcha está ciente dessa guerra, mas protegida dela porque ela é uma menina. Mas sua primeira experiência com a guerra é quando ela tenta ajudar um garoto, que foi torturado por homens de seu pai.

Um dia seu pai conheçe uma mulher estranha, Lady Oonagh, uma poderosa e linda feiticeira, mas que ninguém gosta. Esta mulher tem poderes que ela usa para o mal, mas o seu pai é alheio a qualquer perigo, e se casa com ela. E ela não consegue conquistar Sorcha e seus irmãos, e fica extremamente frustrada por não conseguir realizar o seu intento, por isso ela joga um feitiço terrível sobre os seis irmãos, os transformando em cisnes, e apenas o voto de silêncio de Sorcha é capaz de quebrar a maldição.

Sorcha embarca em uma aventura com inúmeras provações para salvar a vida de seus irmãos. Ela recebe a ajuda dos seres da floresta, que a colocam sob a proteção de um guerreiro corajoso, Red. Ele é um herói confiável e responsável. Em suas terras, ele é muito respeitado, e apesar das pessoas ficarem chocadas quando ele traz Sorcha para casa com ele, ninguém desafia a sua decisão, porque ele nunca foi conhecido por fazer coisas erradas. Eu amei Red! Ele é agora, sem dúvida um dos meus heróis favoritos.

Fiquei fascinada com a história, hipnotizada pela voz de Sorcha, a nossa heroína. Ela é uma jovem muito especial. Sorcha pode se comunicar telepaticamente com dois de seus irmãos. Ela também é bem treinada na cura, é forte e determinada. Apesar de sua carga, Sorcha também é capaz de ver a beleza do mundo ao seu redor. Tanta coisa acontece com Sorcha neste romance, mas uma coisa permanece em minha mente - ela é totalmente dedicada a seus irmãos. Esse amor lhe traz muita angústia e sofrimento, mas ela resiste.

Filha da Floresta é uma bela história de devoção, sacrifício, perseverança e realização. Autores que trabalham com contos de fadas muitas vezes distorcem a história de alguma forma. A autora, em vez disso, expande o conto de fadas, mantendo sua estrutura literal e todos os seus detalhes fantásticos, mas focando sua atenção na história humana. E a escrita da autora, me deixou admirada, com uma história que se passa na Irlanda, um país encantador, a autora não teve medo de esticar os limites da realidade. Nos bosques circundantes de Sevenwaters, nada é como parece. Magia está sempre viva e presente.


Os personagens são tão complexos, verossímeis e reais que você começa a sentir as coisas junto com eles. A trama é complexa e tem muitas reviravoltas, mas é fácil ver que a autora sabia exatamente onde ela queria ir. Tudo parece acontecer por uma razão, mesmo as coisas mais horríveis.

Quanto ao romance, eu adorei Red. Ele foi paciente e compreensivo, e o romance entre Sorcha e Red foi maravilhosamente feito. Red era exatamente o que ela precisava. Ele não a pressionou para retornar os seus sentimentos, porque ele sentiu que ela tinha passado por muita coisa. Ele a protegeu, mas, ao mesmo tempo, ele não a impediu em sua busca. Mesmo não sabendo de toda a sua história, ele a aceitou por quem ela era e se recusou a interferir em sua tarefa.

E os irmãos? Eu adorei todos. Amei a força e a liderança de Liam. Diarmid por seu charme e carisma. Cormack por sua ferocidade e Conor por sua sabedoria. Finbar por sua abnegação e, em seguida, Padriac, o meu favorito, por sua inocência e seu amor pelos animais. Eles tinham suas falhas e deficiências, mas também sofreram ao lado de Sorcha, presos em suas formas de cisne. Eles amavam muito a sua irmã e eram extremamente super protetores dela.




A capa é linda demais, chama muito a atenção e não tem como não querer ler esse livro. A diagramação ficou perfeita, linda mesmo, e a revisão e tradução excelentes. Parabéns a editora pelo excelente trabalho!

É uma história tão sinuosa e densa como a floresta em que Sorcha e seus irmãos cresceram, com tanto perigo, beleza e magia. Verdadeiramente agradável, e um livro apaixonante. Estou ansiosa para ler o restante desta série e mais livros de Juliet Marillier. Se você também é um amante de fantasia, eu recomendo que você leia agora, você não irá se arrepender!


5 comentários:

  1. Oi Michelle,
    Que linda a capa do livro. Fiquei interessada por ser uma releitura de um conto dos Grimm. Parece ser ótimo!
    bjs

    http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Realmente a capa deste livro está linda, o marcador também não deixou a desejar. Gostei muito da história do livro, acho legal estes livros que envolvem aventuras com magia e etc.

    Abraços

    http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie,
    menina terminei de ler esse livro ontem e tb adorei!!
    Logo tb posto uma resenha e peço o segundo para a editora rsrsrs

    mto fofo!!

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oie, vi o blog na página de divulgação vim conhecer e seguindo.
    Olha, eu sempre vi essa capa gostei, mas não imaginava que o livro fosse tão cativante assim e que fosse releitura dos irmão Grimm, que também tenho vontade de ter o livro deles e não tenho :/
    Gostei da resenha se encontrar o livro em promoção irei comprar com certeza!
    Beliscões carinhosos da Máh :)
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  5. Esse livro é fantástico!!!!!
    Eu quase chorei em uma determinada cena que ocorre com a Sorcha na floresta ( você já deve ter deduzido)
    As coisas que ela tem de enfrentar mesmo sendo uma menina de 13 anos... o grande amor fraterno pelos irmãos, que dá ela a força pra continuar. A ajuda de Red que teoricamente deveria ser visto como inimigo... é fantástico! Foi uma das melhores leituras do ano até agora.

    Sua resenha ficou ótima!


    Gabriel - http://umpapoentrepaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...