Blogger Widgets

[Resenha #238] Um Gato de rua chamado Bob - James Bowen @Novo_Conceito


Autor: James Bowen
Titulo Original: A street cat named Bob.
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581631523
Ano: 2013
Páginas: 240
Compre: Saraiva
Classificação: 5 estrelas

Sinopse:

Quando James Bowen encontrou um gato ferido, enrolado no corredor de seu alojamento, ele não tinha ideia do quanto sua vida estava prestes a mudar. Bowen vivia nas ruas de Londres, lutando contra a dependência química de heroína, e a última coisa de que ele precisava era de um animal de estimação. No entanto, ele ajudou aquele inteligente gato de rua, a quem batizou de Bob (porque tinha acabado de assistir a Twin Peaks).Depois de cuidar do gatinho e trazer-lhe a saúde de volta, James Bowen mandou-o embora imaginando que nunca mais o veria. Mas Bob tinha outras ideias. Logo os dois tornaram-se inseparáveis, e suas aventuras divertidas — e, algumas vezes, perigosas — iriam transformar suas vidas e curar, lentamente, as cicatrizes que cada um dos dois trazia de seus passados conturbados.Um Gato de Rua Chamado Bob é uma história comovente e edificante que toca o coração de quem a lê.


Resenha:


Acabo de ler Um gato de rua chamado Bob e Uau! estou encantada por ele. É uma história comovente. Não é à toa que este livro provou ser popular, uma vez que inclui uma série de ingredientes que vai ganhar um lugar no coração das pessoas. Uma história de esperança e redenção, e uma comovente amizade entre um homem e seu gato.

As razões pelas quais James se tornou um sem-teto não são, provavelmente, extraordinária. Não houve uma verdadeira história triste de abuso ou negligência, apenas uma vida que faltou foco e oportunidade. Ele culpa um pouco o estilo de vida nômade de sua mãe. Mas, como ele admite para si mesmo a razão pela qual ele acabou um viciado em heroína e um sem-teto estava em si mesmo e mais ninguém.

James Bowen passou dez anos vivendo sem casa. Felizmente, ele acabou numa clínica de reabilitação e, em seguida, em um programa de reabilitação de drogas. Em 2007, ele era um viciado em heroína em recuperação, contando com uma dose diária de metadona para levá-lo ao longo do dia. Sua vida, como a de muitos, saiu do controle e tornou-se uma das muitas pessoas invisíveis que vivem nas ruas. Ele culpou a solidão como a causa para o seu vício em drogas.

Depois de anos de vida áspera nas ruas de Londres, James Bowen estava tentando encontrar o caminho de volta com a ajuda de um programa de habitação de apoio. Ele viu pela primeira vez Bob, um gato de rua em apuros, na porta de seu prédio. Relutante em assumir a responsabilidade por uma outra criatura, devido às suas próprias circunstâncias, James tenta ignorar o gato pensando que deve pertencer a alguém. No entanto, alguns dias passam e torna-se óbvio que não é o caso. Ele cuida da sua saúde com a ajuda do veterinário local e apesar de tentar liberar Bob, ele sempre volta, então os dois rapidamente se tornam companheiros de alma. Bob aparentemente fez uma escolha, que agora ele estava em casa. Não importa o que James faria, Bob não deixaria seu lado.




James é músico de rua e Bob se junta a ele por sua vontade própria, atraindo muita atenção e, portanto, muito mais doações em moedas para James. Foi a partir deste momento, que a vida de James mudou significativamente. Antes, ele era invisível, mas com Bob sentado pacientemente em seu estojo de guitarra, as pessoas começaram a vir para acariciar o gato e trocar algumas palavras com James. Graças a Bob, James dobrou seus ganhos. Sem o gato, ninguém falaria com ele ou lhe daria muita atenção. A presença de Bob torna-se uma força positiva na sua vida, proporcionando a ele algo para ancorar a sua vida e um sentido de responsabilidade, fornecendo-lhe a razão para finalmente ficar completamente limpo de drogas.

Depois de algum tempo, ele aparece no YouTube para surpresa de James. E se torna um hit. E além de ser um músico de rua, ele começa a vender a revista The Big Issue, e foi abordado por uma agente literária Mary Pachnos, que havia representado anteriormente " Marley e eu" no Reino Unido. Ela encorajou James a escrever a história dele e Bob. O resultado é o livro " Um gato de rua chamado Bob ". O livro se tornou um best-seller instantâneo na Inglaterra, com razão. É uma grande história.

O ponto principal da história é bastante comovente . É uma verdadeira história de uma amizade improvável entre um homem nas ruas e um gato  que ele adota e o ajuda a curar sua vida. Enquanto você lê, torna-se óbvio que a atitude dele em sua vida mudou para melhor quando ele ficou responsável pela vida de um gato que mostrou-lhe afeto e lealdade.



Eu amei Bob e sua personalidade única. Eu não acho que vi um gato com tanta paciência natural e intuição, e você pode sentir claramente o vínculo entre ele e James. Eu também gostei muito de ler uma perspectiva privilegiada sobre a vida das pessoas que vivem e trabalham nas ruas.

Este não é um livro só para amantes de gatos. É a história de um homem que encontrou uma nova esperança através do amor inabalável de um companheiro felino. É também uma história sobre um gato incrível que mostra que os gatos fazem vínculo com as pessoas. Ele também mostra que os gatos têm personalidade forte e são inteligentes. Mas os amantes de gato já sabem disso de qualquer maneira. Eu, por exemplo, tenho gato, e sei como é um animal incrível, inteligente e afetuoso.




A capa é linda, e a editora está de parabéns pelo excelente trabalho de diagramação, revisão e tradução. Também amei o gatinho ao lado do logotipo da editora!


Uma história doce e cheia de esperança de uma segunda chance e redenção. Mais que recomendo!!





14 comentários:

  1. Oi, gostei muito da sua resenha, ainda não li o meu exemplar, mas fiquei bem curiosa, não sou muito fã de gatos, prefiro cachorros, mas quem não queria ter um Bob do seu lado né?
    Em falar em Bob meu cachorro se chama Bob, rs.
    Parabéns pela resenha.

    Beijos

    www.viagem-imaginaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ahhhh que linda história!!!!!
    Eu nunca tinha ouvido falar nesse livro...
    Quero ler.
    Amei a resenha, o livro, a capa do livro, o gatinho, tudo!!
    Faz um tempão que não venho aqui e não tinha visto o novo visual do blog rsrsrs. Está tudo muito lindo por aqui ^^

    http://inspiracaoentrelinhas.blogspot.com.br/

    :*

    ResponderExcluir
  3. Eu sempre fiquei pensando que era o típico livro triste sobre animais (o que eu simplesmente ODEIO...triste mais, drama demais...), mas vi pela sua resenha que o livro não é nada disso, e nossa, como sou idiota, poderia ter dado uma chance para o livro, mas não, o pré-conceito falou mais alto!
    Claro que agora vou dar uma chance... porque simplesmente amei sua resenha, ela conseguiu me tocar :D

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Eu acho esse livro tudo de bom, ainda não li, mas ta na minha lista de desejados :)
    http://abcddolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Michelle,
    Nunca tive gato, mas sei que eles são super espertos e inteligentes. A história parece ser bem emocionante e adorei o Bob. Ótima resenha!
    bjs

    http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Michele, sabe que quando o livro foi lançado eu não me interessei tanto assim, mas agora depois de algumas resenhas ele parece mesmo valer a pena.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Já li sobre esse livro e ouvi comentários bem bons, e na sua resenha não foi diferente, adorei ela e me deu mais vontade de ler, esse livro faz bem o meu estilo.
    Beijos
    neversaynever-believe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu to doida pra ler esse livro, a estória é linha e ele é super fino. Vou ler logo com certeza.

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
  9. é uma história maravilhosa, tem momentos em que a gente para para de ler para chorar, ainda mais eu, que adoro gatos e tenho o meu laranjinha lindo.

    ResponderExcluir
  10. tomara que saia logo o filme.

    ResponderExcluir
  11. Adorei a resenha, adorei as fotos que você utilizou no post, adorei tudo! Estou louca pra ler esse livro!

    ResponderExcluir
  12. Este livro me cativa! Leio resenhar e mais resenhas dele e minha vontade aumenta cada vez mais!
    Você descreveu bem, parece ser um livro doce.
    A primeira vez que o vi logo me chamou a atenção por causa da capa. Amo animais! Amo historias com animais! Sou uma futura advogada mas que guarda dentro de si a paixão de criança e desejo de ser uma veterinária..
    Espero em breve poder lê-lo.

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. O livro parece ser tão lindo e emocionante. Já tinha ouvido falar dele antes, mas não tinha dado muita bola. Agora, estou louca para ler!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...