Blogger Widgets

[Resenha #273] Domitila - A Verdadeira História da Marquesa de Santos - Paulo Rezzutti @geracaobooks





Editora Geração
Literatura Nacional/Biografia
Número de páginas: 350
Skoob
Classificação: 4 estrelas
Compre: Saraiva
   

  Sinopse: Esta obra é a biografia de Domitila de Castro (1797 -1867), a marquesa de Santos, amante do primeiro imperador do Brasil e uma das mulheres mais notáveis e influentes da América Latina, que, segundo o escritor Paulo Setúbal, 'encheu um Império com o ruído do seu nome e o escândalo do seu amor'. Prefácio da historiador Mary Del Priore



Resenha:



Em primeiro lugar quero dizer que sou apaixonada por história em geral, tanto a história mundial como a história do Brasil. E esse livro me chamou bastante a atenção, já que confesso, sabia quase nada sobre Domitila, e posso dizer que gostei muito do livro, ele é muito bem escrito e algo que chama bastante a atenção é o fato do texto ser bastante fluído, o que tornou a leitura rápida e muito agradável e prendeu totalmente a atenção, e não senti nenhum momento de tédio. E isso é incrível para um livro que não é um romance e sim uma biografia, que costuma ser um pouco chato em geral, mas não é o caso desse livro. Ele consegue te cativar totalmente, impressionante!




Domitila, filha de um coronel reformado, trabalhou para a família real como camareira da imperatriz Maria Leopoldina. Com 16 anos, se casou com um oficial mineiro, com quem teve três filhos. Mas, após ter sido esfaqueada pelo marido, ela o deixou e voltou para a casa dos pais.

Antes da antes da Proclamação da Independência, e já separada Domitila começou um namoro com Dom Pedro 1º, e isso a levou a ser condecorada Marquesa de Santos. Essa união durou sete anos e trouxe mais cinco filhos. Mas, a Corte nunca aceitou esse namoro, e Dom Pedro 1º acabou se casando com Amélia Beauharnais, a Duquesa de Luuchtemberg.


Domitila foi embora do Rio de Janeiro e voltou para São Paulo, onde ela conheceu e acabou se casando com o brigadeiro Rafael Tobias de Aguiar, e teve mais quatro filhos com ele. No fim de sua vida, a a Marquesa de Santos se dedicou a ajudar os pobres e doentes. E no dia 3 de novembro de 1867, a Marquesa de Santos morreu e foi enterrada no Cemitério da Consolação.



A capa é linda, muito bem trabalhada, e a diagramação e revisão perfeitos, e adorei as fotos e ilustrações!

Além de contar sobre a vida de Domitila, o escritor Paulo Rezzutti nos conta um pouco dos descendentes dela e aprendemos como ela foi marcante e importante para a sociedade e continua a despertar curiosidade até os dias de hoje. Recomendo a todos que leiam esse livro e saibam mais sobre nossa história.


2 comentários:

  1. Olá! Passei aqui e adorei saber um pouco mais deste livro - acabei de colocá-lo na minha lista de leitura! Adoro romance histórico! Abraço!
    http://caixinhadadea.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...