Blogger Widgets

[Resenha #327] Um perfeito cavalheiro - Julia Quinn @editoraarqueiro


Um Perfeito Cavalheiro" 
Série Os Bridgertons 3
Autor(a): Julia Quinn
Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580412383
Ano: 2014
Páginas: 304
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compra: Submarino
 

Sinopse:
Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse é um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, ela consegue entrar às escondidas no baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhce o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois, Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas. Nesta deliciosa releitura de Cinderela, Julia Quinn comprova mais uma vez seu talento como escritora romântica.


Resenha:

Na série dos Bridgertons, cada livro vai contar a história de um irmão. Em "Um Perfeito Cavalheiro" vamos conhecer o romance do segundo irmão mais velho, o Benedict. Uma releitura de "Cinderela" no século XIX, na Inglaterra.


A gata borralheira é Sophie, a filha bastarda do conde de Penwood. O conde acaba por se casar novamente e assim que a sua nova mulher, chamada Araminta, coloca os pés em Penwood Park com suas filhas, Rosamund e Posy, a vida de Sophie torna-se rapidamente num inferno.

Araminta exige que o marido expulse Sophie, mas o conde não concorda, assim Araminta é obrigada a conviver com Sophie, e sempre a trata da pior forma possível e ordena que suas filhas a tratem mal. Quando o conde morre prematuramente, deixando Araminta responsável pelo bem-estar de Sophie até ela completar vinte anos, como uma estipulação pela herança que herdou. Sophie deixou de ser um membro da família e vira uma serva. Embora, escrava provavelmente seria uma descrição mais precisa.

Os anos passam devagar e aos vinte e um anos, Sophie ainda está servindo Araminta, e suas filhas, já que gosta de não tê-la como serva sem gastar nada. Um dia, elas vão para o baile de máscaras de Bridgerton, mas Sophie não tem permisão para ir. Eis então que entra a fada madrinha, a governanta da casa, e junto com os outros criados da casa, eles preparam uma surpresa para Sophie. Eles a vestem como uma princesa e arranjam um convite para participar do baile de máscaras, mas ela deve sair à meia-noite para que não notem que ela está ausente, quando a madrasta voltar.

Naturalmente, Sophie é um grande sucesso e chama a atenção de um dos solteiros mais cobiçados da sociedade, Benedict Bridgerton. Eles compartilham uma dança e um beijo. Mas, antes de Benedict descobrir sua identidade, Sophie ouve a badalada da meia-noite e corre rapidamente, deixando apenas a luva com ele.

Quando Sophie chega em casa, Araminta está uma fera, e a coloca para fora de casa, assim ela passa a morar na rua.

Benedict começa a ir atrás dela em todos os lugares, até cansar da busca e desistir, e partir daí, sem nunca mais querer se envolver com nenhuma outra mulher. Um dia, ele vai a uma festa, e lá ele se depara com Sophie, mas sem reconhecê-la, a salva de ser violentada, e a leva para a sua casa de campo, onde ele fica doente e é cuidado por ela. Será que Bento vai descobrir a verdade sobre Sophie? Será que ele vai converter suas convenções da sociedade e se casar com uma empregada?

Minha personagem favorita é Sophie, principalmente quando ela está por perto de Benedict. Ela é ousada, inteligente prática, e se destaca por seus princípios.


A capa é simplesmente linda, a diagramação e revisão excelentes!

Julia Quinn fez um trabalho maravilhoso de levar essa história a partir de uma situação tão espinhosa para um final maravilhoso. No final, o amor vence tudo, e nós terminamos a nossa história com um lencinho na mão. Julia Quinn nos fornece uma tecelagem magistral de uma verdadeira história de amor entre os membros de diferentes classes. Esse livro é sem dúvida o meu favorito até agora dessa série. Simplesmente viciante, não dá para parar de ler até chegar ao final do livro. Mais que recomendo a todos que gostam de um romance de época.


3 comentários:

  1. Ahhh Claro que já li esse livro e adorei <3
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. gente adorei a resenha, mas to em dúvida que leria.

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  3. Oi Micheli, não conheço ainda o trabalho da autora, mas acho bem interessante os livros dela.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...