Blogger Widgets

[Resenha #330] Entre Mundos - Brenna Yovanoff @BertrandBrasil


Título: Entre Mundos
Autor: Brenna Yovanoff
Editora: Bertrand Brasil
N° de Páginas: 392
skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Saraiva

sinopse:
Depois do enorme sucesso de O substituto, Brenna Yovanoff, no esperado Entre mundos, envereda novamente pelo gênero fantástico, tendo sempre como pano de fundo um mundo nebuloso e personagens sombrios. Os romances da autora já ultrapassaram a marca de um milhão de cópias vendidas no mundo, figurando sempre nas listas de mais vendidos dos EUA e da Grã-Bretanha.
A protagonista Daphne vive em Pandemonium desde que nasceu e sempre se sentiu excluída, um peixe fora d’água. Mesmo sendo filha de Lúcifer e Lilith, a mulher mais poderosa do inferno, a menina sempre teve o desejo de uma vida diferente da de suas irmãs, que se alimentam do sofrimento humano. Já seu irmão, Obie, que se dedica a salvar espíritos desvirtuados na Terra, é um ídolo e a esperança de Daphne para mudar de vida.
Quando Obie é raptado, Daphne foge para a Terra para resgatá-lo e tentar encontrar seu verdadeiro caminho. Ela só não imaginava conhecer o misterioso e desprotegido Truman.
O novo livro de Brenna Yovanoff é mais do que um romance para jovens, como a maioria no mercado editorial. Ele apresenta, além de uma história intrigante, um debate inteligente e bem-construído a respeito do bem e do mal na sociedade. Com isso, a autora desconstroi o maniqueísmo inerente aos seres humanos, que estão sempre buscando o mocinho e o vilão.
Entre mundos é um romance transcendental sobre uma jovem – que também é um demônio – e sua procura pelo amor na Terra. Uma história que põe em questão a ética, os valores e os sentimentos humanos neste e em outros mundos.


Resenha:



Daphne é a filha do anjo caído Lúcifer e o demônio Lilith. Ela cresceu em Pandemonium, uma parte do inferno onde tudo é feito de prata e metal, incluindo as flores, tentando convencer-se de que ela não é cruel como suas irmãs, sempre com medo de se transformar em um demônio como sua mãe, ela nunca sentiu que pertencia a este lugar. Daphne tem um meio-irmão mais velho chamado Obie, que ela adora, ele é o filho de Adão e Lilith. Obie passa muito do seu tempo na Terra em um hospital, resgatando almas perdidas. Quando Obie informa que ele tem a intenção de viver na Terra, de forma permanente, para se dedicar na salvação de almas, e também porque está apaixonado, Daphne fica perdida, pois ele é a sua esperança de mudar de vida.




A mãe de Daphne, juntamente com Lúcifer e outros em Pandemonium, estão em alerta máximo por causa que os arcanjos estão começando a destruir mais e mais demônios na Terra de maneira cada vez mais violenta. E quando Obie de repente desaparece, Daphne toma para si a responsabilidade de encontrá-lo. Ela precisa desesperadamente encontrá-lo: ele é o único membro da família que ela ama e é o único que já disse que a ama. Daphne embarca nesta busca perigosa e desesperada para encontrar seu irmão e no caminho encontra novamente Truman, meio-humano, meio-anjo caído, despedaçado que tentou acabar com sua vida muitas vezes. Daphne conheceu pela primeira vez Truman quando ele fez uma breve aparição no inferno depois de uma tentativa de suicídio. Ele é enviado de volta à Terra com Obie, que estava cuidando dele e cujo trabalho é ajudar os perdidos, os descendentes meio-humano de anjos caídos. Truman é a única pista do paradeiro de Obie, e quando ela encontra Truman novamente, ele está em péssimo estado, desmaiado no chão do banheiro de tanto beber. Desde a morte de sua mãe, ele pôs-se no caminho da auto-destruição, que é doloroso de se ver. Daphne, que acreditava ser incapaz de empatia humana, sentiu exatamente isso por Truman desde o momento em que o conheceu. Truman, que acreditava não tem motivo para viver, descobre um, ajudando Daphne com sua tarefa. A relação construida gradualmente entre os dois é primorosamente trabalhada. Daphne e Truman têm uma ligação especial, e eles correm em busca de tentar salvar o irmão de Daphne, que foi capturado por um arcanjo que quer destruir todos os demônios.

Eu amei Daphne, minha personagem favorita. Eu amei como ela se esforçou para ser melhor do que sua mãe e quão grande é seu coração, apesar de suas dúvidas sobre o que significa o amor. E eu acho que isso é parte do que faz a escrita da autora tão boa. Ela cria esses personagens imperfeitos que são decididamente humanos em emoções, e ela faz com que você fique tão ligado a eles. Eu adorei os personagens por causa de quem eles eram, e como eles enfrentaram seus defeitos.




Confesso que não gostei da capa, visto que a capa original americana é mais bonita na minha opinião, preferia que tivessem mantido a capa original. Sobre a diagramação, revisão e tradução não tenho queixas, está perfeito.

"Entre mundos" é diferente de qualquer outra ficção paranormal por aí, simplesmente incrível. Desde o início, este livro é absolutamente cativante e viciante. Com personagens muito peculiares e razões suficientes para mergulhar na história e se empolgar na busca da personagem. Verdadeiramente um livro incrível. Mas, devo dizer, não é só sombrio, há também um tema abrangente de amor e de redenção, Daphne, na tentativa de encontrar o seu coração e Truman procurando alguém para confiar e razões para viver. Recomendo a todos essa leitura!


  
Capa Americana:

13 comentários:

  1. capa americana *0*
    parabéns pela resenha flor me deixou com vontade de ler *-*
    bjs bjs

    seguindo sua fanpage se quiser retribuir é só entrar lá no blog que vc encontra a nossa ^^
    http://blogstyledrops.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa que show de livro, sua resenha me deixou completamente com vontade de lê-lo.... Adoro o sobrenatural sombrio....

    ResponderExcluir
  3. Uau filha de Lúcifer com Lilith? Então ela já é sobrenatural de natureza e vem para o nosso mundo? Bem diferente do convencional! Vou até colocar ele na minha lista de desejados no skoob! Bem diferente mesmo, quero mto ler!

    Miquilis: Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
  4. Nossa a capa americana é realmente linda, uma pena por não terem mantido ela. Sairam perdendo pois tem muitas pessoas(EU rs) que sempre compram pela capa e o livro não ia chamar minha atenção sem ler uma sinopse ou resenha...
    Parece ter um enredo interessante, diferente ja sendo filha de seres 'sobrenaturais' e nenhum sendo humano rs, vou ler para saber se ela encontra o irmão e se acha um amor rs também, beijos.

    ResponderExcluir
  5. A capa americana é show. Poderiam ter se inspirado nela e colocado aqui também. Nós gostaríamos mais ainda. A estória me parece ser bem interessante e vou ver se consigo ler. Quem sabe eu o ganhe? Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Esse livro parece ser show! Realmente capa brasileira não chama muita atenção, mas adoro a temática escolhida, esse enredo de demônios e anjos parece ser muito interessante, me lembrou um pouco Instrumentos Mortais , fiquei com vontade de ler! ;)

    ResponderExcluir
  7. Também achei essa capa brasileira bem feinha. A americana é muito bonita, mas o que matou foi essa modelo nela. A posição dela está muito estranha.
    Em relação à trama gostei bastante. Apesar de já ter muitos livros que trazem anjos caídos, arcanjos, demônios e relação entre humanos e demônios, acho que esse deve ser bem interessante. Fiquei bem curioso pra ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  8. Adorei! Super interessante a temática, nunca tinha visto nenhum livro parecido. Gostei muito da questão de tentar mudar de rumo e dessa metafora sobre família. Muito interessante. Alem disso o livro é lindissimo. Preferi a capa americana, mas a brasileia tb é lindissima!

    ResponderExcluir
  9. Essa mistura do Lúcifer com a Lilith traz, consequentemente, um ser bem diferente. Gostei muito da sua resenha e estou curiosíssima para ler o livro. Também gostei muito da capa americana.

    ResponderExcluir
  10. Nossa, que história interessante :O
    Quero muito lê-lo!
    Apesar da minha visão de Lilith ser outra, rsrsrs
    Boa tarde e beijos.

    Conversas de Alcova

    ResponderExcluir
  11. Eu não esperava que esse livro fosse tão bom, amei <3
    A Capa americana é super linda Uau!

    ResponderExcluir
  12. Não consigo arranja-lo, aqui em Portugal, em portugues... so em ingles
    alguém mo pode enviar?
    xaninha170273@hotmail.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...