Blogger Widgets

[Resenha #336] À Sombra da Lua - Marcos de Brito @Marcos_DeBrito @editorarocco



Título Original: À Sombra da Lua
ISBN: 978-85-325-2816-2
Editora: Rocco
Pág.:286
Ano: 2013
Skoob

Classificação: 3 estrelas
Compre: Saraiva


Durante o dia, Vila Socorro é apenas uma pacata cidade do interior de São Paulo, reduto da imigração italiana no Brasil. Mas, quando o sol se põe, uma criatura desconhecida aterroriza os moradores, que cobram uma solução das autoridades locais, afinal, há décadas o vilarejo sofre com mortes misteriosas, cometidas por um assassino que não deixa rastros e desafia a lógica humana. Estreia do cineasta Marcos de Britto na literatura, À sombra da lua já nasce um forte candidato a clássico do terror nacional ao explorar o mito universal do lobisomem contrapondo, numa narrativa madura e vigorosa, racionalidade e mistério.


Resenha:


Com um prólogo surpreendente, onde vemos o mito do primeiro Licaón, um lobisomen feroz e perverso, que devido à uma atrocidade terrível que que cometeu foi punido por Zeus. O autor já prepara o leitor para uma história excepcional.

A história alterna fatos narrados entre os séculos XIX e XX, no povoado da Vila Socorro, situado no interior de São Paulo.  Em 1897, nasce Álvaro, da família Bastiano Cesari que vieram ao Brasil para ter uma vida melhor, eles vivem feliz até a adolescência de Álvaro, mas uma tragédia acontece, e sua mãe e irmãs são assassinadas de forma violenta. Álvaro, então segue sua vida com o cultivo de vegetais, assim como seu pai fazia, e um dia quando ele estava na cidade para vender seu cultivo, ele vê Alana, que é filha do médico local, e se apaixona, só que Alana já está prometida para seu amigo de infância que é apaixonado por ela, chamado Vicente. Acontece que sua amiga, Flávia, também é apaixonada por Vicente, e acaba ajudando Alana a ficar com Álvaro, para assim ela poder ficar com Vicente para ela. Assim, Álvaro e Alana começam a namorar escondidos.



Nessa cidade, estão ocorrendo homicídios violentos, e ninguém sabe quem está fazendo isso, uns acham que pode ser um maníaco, outros um monstro ou animal. E todos as mortes acontecem na Lua Cheia. Os habitantes estão com medo, e uma decisão tem que ser tomada, pois assim não pode ficar, senão todos da vila serão mortos e não restará ninguém. A partir daqui a história fica interessante.

Este é o primeiro livro de Marcos DeBrito que é diretor e roterista, e percebemos nesse livro sua experiência com roteiros, pois da maneira como foi escrita, cheio de detalhes, descrições perfeitas, e narrativa muito bem elaborada, será facilmente adaptado para o cinema, o que seria bem interessante.



Achei a capa muito simples, mas bonita. A diagramação e revisão estão ótimos.

A história apesar de num primeiro momento parecer clichê acabou me surpreendendo com a reviravolta que eu não poderia esperar. Muito bem escrito, pude perceber que o autor fez muitas pesquisas para escrever este livro. Se você gosta de uma boa história de lobisomen com mistérios, este livro é para você.

 

5 comentários:

  1. Parece ser um livro bem interessante, uma boa estreia.

    ResponderExcluir
  2. Estou curiosa e ansiosa pra ler este livro. Adorei seus comentários sobre a estória e amei a capa do livro. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Adoraria lê-lo, curto histórias de lobisomen....

    ResponderExcluir
  4. Eu simplesmente amei esse livro, está na minha lista de favoritos de lobisomens, alias foi o culpado por eu mudar de ideia qt aos homens lobos hehehe!

    Miquilis

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...