Blogger Widgets

[Resenha #347] A Donzela e A Rainha - Nancy Goldstone @grupopensamento


Título: A DONZELA E A RAINHA
Autor(es): Nancy Goldstone
Assunto: Biografias e Memórias
ISBN: 978-85-98903-69-9
Edição: 1ª edição 2014
Número de Páginas: 312
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Editora Pensamento


Esta biografia histórica explora o vínculo misterioso e secreto entre a mundana e poderosa Iolanda de Aragão, rainha da Sicília, e a mística Joana d'Arc. Envolvida na complicada batalha dinástica da Guerra dos Cem Anos, Iolanda defendeu a causa do delfim contra as forças da Inglaterra e da Borgonha, valendo-se de sua inteligência, diplomacia e vasta rede de espiões. Mas o inimigo parecia invencível. E justamente quando as esperanças da França se esvaíam, Joana d'Arc surgiu dos confins do reino dizendo-se portadora de uma mensagem divina - mensagem que mudaria o curso da história, levando por fim à coroação de Carlos VII e ao triunfo da França.


Resenha:



A lenda de Joana D'Arc sempre foi bem conhecida por todos: a empregada pobre e sem instrução, foi tocada com a orientação divina, e levou os exércitos da França para várias vitórias importantes sobre o exército Inglês, e foi queimada na fogueira por seus captores com 19 anos de idade. Vinte e cinco anos depois de sua morte, ela foi considerada uma mártir e canonizada em 1920. Essa é a história. No entanto, a autora Nancy Goldstone nos diz que, até agora, nós apenas ouvimos metade da história. E nesse livro vamos conhecer a história toda, não somente dela, como também de sua ligação com a Rainha Iolanda de Aragão.





Iolanda de Aragão tornou-se apenas uma nota de rodapé nos livros de história. Embora, Joana D'Arc ainda é muito bem conhecida, o papel de Iolanda de Aragão na história foi perdida. É uma pena, porque esta líder inteligente e capaz era uma das mulheres mais poderosas de seu tempo, ela era bonita, ambiciosa, e educada na maneira dos homens de seu tempo. Não só isso, mas sem Iolanda de Aragão, Joana D'Arc nunca teria sido capaz de ascender na hierarquia francesa como ela fez. Portanto, este livro começa sua história com esta mulher fascinante, para ajudar o leitor a entender as bases que estavam em vigor antes de Joana D'Arc.

A França se envolveu na Guerra dos Cem Anos com a Inglaterra e Borgonha. O trono da França estava com problemas, com Charles VII incapaz de reivindicar seu direito devido à ocupação pela Inglaterra e pela traição de seus pais, pois estes declararam que ele não podia ser rei, já que ele era o produto de um caso com Rainha Isabel. Temendo por sua vida, Charles fugiu com Iolanda de Aragão. Ela iria fornecer-lhe proteção e seria uma esposa. Iolanda começou a usar sua perspicácia política, ela tinha uma impressionante rede de espiões para ver se Charles poderia reivindicar seu trono. Alguns de seus estratagemas saiu pela culatra, como o assassinato do primo de Charles, mas ela logo foi impulsionada mais do que nunca para encontrar o que reforçaria à Charles virar a maré contra os ingleses, e isso se deverá graças à Joana D'arc.

Joana D'arc cresceu em Domrémy, na fazenda de seu pai, situada no ducado de Bar, Joana tinha uma conexão com Iolanda. Iolanda de Bar, mãe de Iolanda de Aragão. Na época da juventude de Joana, Domrémy estava na linha de frente do conflito, com soldados da Borgonha do outro lado do rio. E uma vez que Iolanda estava buscando uma heroína, alguém que foi tocada por Deus e quem poderia acender o fogo do combate.

O livro é dividido em três seções: a vida de Iolanda, a vida de Joana, e o desfecho dos eventos que se segue a vida de Joana, o impacto sobre a França, e os anos finais da vida de Iolanda. Citando fontes medievais apenas escritas em francês, bem como documentação do julgamento de Joana, a noção de que Iolanda puxou as cordas que levaram ao sucesso da França são bastante plausíveis.

A autora tece uma dupla biografia notável. As intrigas da história e do miraculoso desenrolar da história de Joana fazer o livro parece tão emocionante quanto qualquer romance. Entre os grandes pontos positivos é que ele se move a um ritmo incrivelmente rápido. Este livro permanece como uma nova visão fascinante sobre o legado e a lenda de Joana D' Arc, e uma ótima introdução para a Rainha Iolanda de Aragão, frequentemente negligenciada.



A capa é muito bonita, e todo o trabalho gráfico do livro é muito bem feito, belas ilustrações e a diagramação e revisão perfeitos.

"A Donzela e A Rainha" é um romance fascinante sobre duas mulheres poderosas, que estavam à frente de seu tempo, lutando para sobreviver em um mundo dominado pelos homens. Um livro memorável de se ler. Recomendo a todos!


14 comentários:

  1. Tenho muita curiosidade em saber mais sobre a Joana, sei que ela foi mal compreendida, e foi uma mulher vanguarda. Então um romance a seu respeito soa bem interessante! Além que agrega outra personalidade cuja qual eu não sei nadinha hehehe. Adorei as ilustrações!

    Miquilis: Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
  2. Poxa. Estava doida e ansiosa pra conhecer mais sobre este livro. Amei seus comentários e fiquei mais curiosa ainda a respeito de Joana. A história dela sempre foi a que mais me marcou e não vejo a hora de ler algo sobre ela. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Sua resenha foi uma das melhores que li sobre esse livro que já se encontra na minha lista de livros para ler esse ano. Sempre gostei de ler sobre Joana D'Arc e esse livro vai acrescentar mais um pouco de história a já tão conhecida lenda da Joana. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  4. Gosto de tudo relacionado a Joana D´Arc, com certeza esse livro é memorável, muito boa a sua resenha, rica em detalhes, só me faz querer lê-lo.

    ResponderExcluir
  5. Acho a história de Joana bem interessante e curiosa. Meus amigos me falam muito deste livro e aparenta ser bem interessante. O livro já está em minha WishList haha *-*
    Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  6. Que livro bacana, fiquei curiosa, também quero conhecer a história toda de de Joana D'Arc conforme o livro promete! Adoro histórias de mulheres corajosas, é uma inspiração p/ mim!! :)

    ResponderExcluir
  7. Confesso que sei pouquíssimo em relação à Joana D'Arc e nada sei sobre Iolanda de Aragão. Fiquei super curioso pra ler esse livro, pois mesmo tendo essa pegada mais biográfica, ela tem um ritmo bem interessante. Quero ler em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  8. Adorei essa resenha. Fiquei curiosa sobre esse livro. Que diagramação linda. Beijos, F -SEL

    ResponderExcluir
  9. Sua resenha ficou ótima,me fez querer ler e ter o livro...amo livros baseados em fatos históricos, e a Joana é uma das minhas personagens favoritas..tenho certeza que vou amar esse livro. Além disso, essa capa é linda.

    bjs

    ResponderExcluir
  10. Gostei bastante da resenha e me interessei em ler.
    Mas fico um pouco receiosa com livros biograficos, mas pensando bem..isso é muito estranho para essa historia.Uma das mais bem guardadas.

    ResponderExcluir
  11. Do pouco que sei sobre Joana gosto muito mais nunca ouvi falar de Iolanda e quero muito conhecer esse livro e saber da relação das duas, parece ser um livro muito revelador e bonito, gosto de livros com ilustrações.

    ResponderExcluir
  12. Adoro livros históricos, sempre tive uma certa admiração pela Joana D'arc e poder conhecer melhor essa história seria fantástico. A capa e desenhos estão lindos!

    ResponderExcluir
  13. Primeira vez que leio sobre esse livro e já dispertou meu interesse. Adoro livros que se baseiam em fatos historicos. Nos faz enxergar com mais facilidade a historia.
    Espero em breve poder lê-lo.
    Bjs.
    Adoro seu blog!

    ResponderExcluir
  14. Olá Michelle,

    Esse livro parece bem interessante e faz o meu estilo, personagem importante da história mundial... dica anotada...parabéns pela resenha....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...