Blogger Widgets

[Resenha #377] Julieta - Anne Fortier @editoraarqueiro


Título: Julieta
Título Original: Juliet
Autor: Anne Fortier
Editora: Arqueiro
Skoob
Classificação: 3 estrelas


Julie Jacobs e sua irmã gêmea, Janice, nasceram em Siena, na Itália, mas desde os 3 anos foram criadas nos Estados Unidos por sua tia-avó Rose, que as adotou depois de seus pais morrerem num acidente de carro. Passados mais de 20 anos, a morte de Rose transforma completamente a vida de Julie. Enquanto sua irmã herda a casa da tia, para ela restam apenas uma carta e uma revelação surpreendente: seu verdadeiro nome é Giulietta Tolomei. A carta diz que sua mãe havia descoberto um tesouro familiar, muito antigo e misterioso. Mesmo acreditando que sua busca será infrutífera, Julie parte para Siena. Seus temores se confirmam ao ver que tudo o que sua mãe deixou foram papéis velhos – um caderno com diversos esboços de uma única escultura, uma antiga edição de Romeu e Julieta e o velho diário de um famoso pintor italiano, Maestro Ambrogio. Mas logo ela descobre que a caça ao tesouro está apenas começando. O diário conta uma história trágica: há mais de 600 anos, dois jovens amantes, Giulietta Tolomei e Romeo Marescotti, morreram vítimas do ódio irreconciliável entre os Tolomei e os Salimbeni. Desde então, uma terrível maldição persegue essas duas famílias. E, levando-se em conta a linhagem e o nome de batismo de Julie, ela provavelmente é a próxima vítima. Tentando quebrar a maldição, ela começa a explorar a cidade e a se relacionar com os sienenses. À medida que se aproxima da verdade, sua vida corre cada vez mais perigo. Instigante, repleto de romance, suspense e reviravoltas, Julieta – livro de estreia de Anne Fortier – nos leva a uma deliciosa viagem a duas Sienas: a de 1340 e a de hoje. É a história de uma lenda de mais de 600 anos que atravessou os séculos e foi imortalizada por Shakespeare. Mas é também a história de uma mulher moderna, que descobre suas origens, sua identidade e um sentimento devastador e completamente novo para ela: o amor.


Resenha:


Julie Jacobs nasceu na Itália e perdeu a mãe quando tinha 3 anos e foi morar nos Estados Unidos com sua tia-avó Rose e com sua irmã gêmea Janice. Quando sua amada tia Rose morre, mais sofrimento vem a caminho. Sua tia deixou toda a sua fortuna para a sua irmã gêmea superficial e rabugenta, Janice. Para Julie, ficou uma carta que diz que ela na verdade não é Julie Jacobs e sim Giulietta Tolomei, uma descendente direta do século 14 de Giulietta Tolomei, que viveu em Siena, na Itália e foi imortalizada em Romeu e Julieta de Shakespeare. E que sua mãe descobriu um tesouro familiar na Itália e quer que Julie vá até lá buscar esse suposto tesouro, também ficou para ela uma chave, e um passaporte em nome real de Giuletta Tolomei.


Mesmo após ler a carta, ela não acredita que possa existir um tesouro mas essa é sua única esperança já que ela não tem mais nada a perder. Então logo quando ela chega em Siena, ela descobre que o que sua mãe deixou para ela foi um punhado de papéis velhos e mofados e, junto com eles está um exemplar muito antigo de Romeu e Julieta e um diário, o diário de Maestro Ambrogio que conta a verdadeira história de Romeo e Guilietta que deu origem a peça de Shakespeare. E quanto mais ela procura a verdade mais ela parece perdida. A história se passa em duas Sienas, a de 1340 e a de hoje. Armada com o diário antigo, relíquias, um afresco e uma pintura do século 14, ela se propõe a compreender o passado como uma forma de entender o presente e talvez o futuro dela.

Julieta é um livro muito bom! Guilietta tem que desvendar todos os mistérios e charadas que sua mãe deixou. A narrativa de Anne Fortier é boa, ela conseguiu me transportar pra dentro da história, da vida desses personagens acompanhando toda essa trama extremamente bem construída. Há várias referências à Shakespeare e a sua obra Romeu e Julieta. A mãe de Julie queria provar que a história era baseada em fatos reais e que a sua própria família descendia da verdadeira Julieta e que uma maldição assolava suas filhas.


A capa da nova edição ficou muito bonita, a diagramação e revisão ótimos, mas pecou na falta de orelha, o que me desagrada, pois parece ser uma edição econômica.

É um mistério sólido, cheio de suspense, com pistas sendo distribuías a um ritmo bom, algumas reviravoltas realmente surpreendentes, um fundo histórico e literário forte que leva a toda uma história de romance. É uma leitura divertida, e tem romance, intriga e mistério para manter o leitor envolvido. Recomendo.



0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...