Blogger Widgets

[Resenha #410] O Amor Não É Para Mim - Federica Bosco @BertrandBrasil @federicabosco



Nome: O amor não é para mim
Original: L`amore non fa per me
Autor(a): Federica Bosco
Editora: Bertrand Brasil
Skoob
Classificação: 4 estrelas
Compre: Saraiva


Monica está de partida para a Escócia, onde seu príncipe encantado, Edgar, a espera. Todos os seus sonhos estão prestes a se realizar: vai viver com o homem que ama, seu livro será publicado e a perspectiva de uma nova carreira a deixa bastante empolgada. Mas, de repente, tudo ameaça ruir.
Além disso, a convivência evidencia os “pequenos defeitos” de Edgar, o relacionamento com a sogra é turbulento e, de vez em quando, David, uma antiga paixão, manda mensagens sedutoras… Conseguirá Monica finalmente encontrar o equilíbrio e reconquistar a felicidade?
Em O amor não é para mim, Federica Bosco acrescenta um novo e divertido capítulo à história de Monica, a mesma protagonista de Sou louca por você, e explora toda a sua irreverente e saborosa ironia, elaborando um romance leve e comovente sobre os sentimentos e desejos das jovens mulheres – pelo menos daquelas que não param de sonhar com o grande amor.
Seu romance de estreia, Sou Louca Por Você, publicado pela Bertrand Brasil, foi um sucesso fantástico de público e crítica, e a história continua em O amor não é para mim, segundo volume da trilogia A Aventura Sentimental de Monica, que se encerra com O Amor Me Persegue.


Resenha:

 Monica Romano, uma italiana que vive em Nova York, depois de conhecer Edgar, o homem perfeito, pelo menos é assim que ela pensa no começo, decide se mudar para a Escócia para viver com seu novo amor, em sua casa, com uma rapidez de decisão que nos faz supor que ela esteja desesperada por um relacionamento sério, após seu ex namorado a ter traído.


O livro de Monica está sendo publicado, ela está com um novo amor em uma nova terra, um novo recomendo. O que mais ela poderia querer? Nada, é claro, mas a experiência nos ensina que nem tudo o que reluz é ouro. E, na verdade, como em qualquer relacionamento, ela começa a descobrir os grandes e pequenos defeitos que Edgar esconde. Além de uma sogra para lá de terrível e constantemente presente.


 Sozinha, em um país desconhecido para ela, Monica tem que aprender a conviver, entender seu homem e descobrir se de fato essas pequenas falhas são o que ela quer para a vida dela.

Monica é a perfeita personagem de chick-lit, hilária, insegura e neurótica. Pode chegar a irritar algumas pessoas que não estão acostumados ou que não se dão bem com o exagero, mas eu posso dizer que me diverti e muito com Monica. Torci muito para que ela encontrasse seu caminho para a felicidade.

Edgar é a prova mais que concreta de que nunca, mas nunca mesmo, devemos ir morar com alguém que não conhecemos direito. Além de ser muito mais velho que Monica, ele ainda é filhinho da mamãe mimado, cheio de manias, e traz a carga pesada da morte de sua perfeita esposa, que ele ainda está preso à sua memória e não consegue se inteirar completamente em um novo relacionamento.


A capa é super fofa e bonita. A diagramação com folhas brancas, revisão e tradução estão ótimos.

Confesso que o final não me agradou tanto, pois não tem um final feliz, que eu sempre espero, mas ainda tem mais um livro nessa trilogia, então terei que esperar o próximo para ver o que acontece. A escrita é simples e fluída, com diálogos rápidos, e muito humor, o que tornou uma leitura agradável e divertida. O livro nos fala de ir atrás de seus sonhos e de que é possível ser feliz com pouca coisa. Recomendo.

1 comentários:

  1. Bom diaa!
    Aaaah... Ver livros assim me da uma dor do coração! Tudo por que eu namoro a distância e morro de medo de me decepcionar. Não conhecia essa série e fiquei bastante cuirosa! Essa é a primeira resenha sua que eu leio e gostei bastante! Você escreve super bem! Leva a emoção do livro para jundo do leitod! Amei!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...