Blogger Widgets

[Resenha #416] No Limite da Ousadia - Katie McGarry @editorarecord @KatieMcGarry @Verus_Editora


Título: No Limite da Ousadia
Autor(a): Katie McGarry
Editora: Verus
Páginas: 420
ISBN: 978-85-7686-323-6
Ano: 2014
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Saraiva


No limite da ousadia conta a história de Beth Risk, a amiga durona de Noah, de No limite da atração. Este livro é um spin-off, passando-se no mesmo universo do primeiro, com participações especiais de Isaiah, Noah e Echo. Se você já é fã de No limite da atração ou está descobrindo este mundo agora, certamente vai se deixar envolver pela paixão perigosa e arrebatadora de Beth e Ryan. Beth é uma garota durona e tatuada que precisa cuidar da mãe drogada. Quando ela assume um crime para salvar a mãe, seu tio, um rico esportista aposentado, consegue a guarda da sobrinha e a leva para começar uma vida nova na cidadezinha do interior em que ele mora. E assim Beth se vê morando com uma tia que não a quer e frequentando uma escola onde ninguém a compreende. Exceto um único cara, que não poderia ser mais diferente dela... Ryan é o menino de ouro — um badalado jogador de beisebol, filho de um dos casais mais influentes da cidade. Ele e seus amigos gostam de fazer apostas envolvendo desafios que devem cumprir, e Ryan nunca perde. Por fora o atleta popular que todo mundo adora, ele está prestes a aprender que nem tudo é o que parece. O que começa como uma aposta se torna uma atração irresistível que nem Beth nem Ryan haviam previsto. Sem se dar conta, o cara perfeito vai arriscar seus sonhos — e sua vida — pela garota que ama. E ela, que não deixa ninguém se aproximar, vai se desafiar a apostar todas as fichas nesse amor. Com aparições de Noah, Echo e Isaiah, de No limite da atração, este livro conta a história de um amor que vai se construindo aos poucos, num jogo sedutor de vulnerabilidade e confiança.


Resenha:

Beth pode parecer como uma protagonista antipática. Ela é cínica, tagarela, e muitas vezes toma decisões por impulso, mas Beth está apenas tentando fazer todas as coisas normais de adolescente - ir para a escola, sair com os amigos, e um detalhe a difere dos outros, ela tenta proteger sua mãe alcoólatra e viciada em drogas de seu namorado abusivo. Portanto, é uma decisão fácil para ela quando ela escolhe levar a culpa por um crime que ela não cometeu para salvar sua mãe. Ela é presa e é socorrida por seu tio distante, Scott, que informa a ela que se ela quer proteger sua mãe, ela terá que ir morar com ele, e a mãe de Beth passa a custódia de Beth para Scott.

Beth vai morar com o tio rico e como sua esposa hedionda que a despreza. Assim, ela acaba em outra cidade, em uma nova escola e ela luta como um peixe fora d'água para se virar.


Então, nós encontramos Ryan, a quem ela conhece em um fast food. Ryan estava sendo um idiota. Ele pediu seu número de telefone por causa de uma aposta com seus amigos. E quem diria que a única pessoa capaz de fazer Beth se sentir amada seria a única pessoa que parece ser seu completo oposto. Ryan está sob enorme pressão de seus pais para ser perfeito, para ser o melhor jogador de beisebol que já existiu, e para manter suas verdadeiras emoções enterradas dentro dele.

Beth e Ryan passam por intensas jornadas internas, e eles terão que passar por muitas provações até eles poderem ficar juntos. Ambos têm de lidar com os pais horríveis, situações sociais complicadas, e, claro, todos os sentimentos entre eles. E eles precisam perceber o quão certo um para o outro eles são.

No começo, não gostei de Beth, ela é muito má e irritada com todos, incluindo seu tio, Scott, e Ryan. Mas, depois entendi o porque desse comportamento dela,
pois sua mãe é uma bêbada, usuária de drogas, com um namorado abusivo. O pai de Beth a deixou quando ela era muito criança, e ela não tinha nenhum adulto para assumir a responsabilidade por ela e teve que crescer por conta própria. Então, ela é definitivamente uma menina resistente, mas ela se faz de pessoa amarga, que bloqueia todos para fora. Ela tem dificuldade em se abrir, e nunca deixa ninguém chegar perto o suficiente para que ela se apaixone. Consequentemente, ela não é um personagem fácil de gostar, mas depois passamos a simpatizar com a sua situação, e vemos Beth crescer conforme a história avança. Beth e Ryan vão aprender a ser adultos, tomar decisões, determinar seus próprios valores e código moral; aprender o que significa cuidar de alguém, mas também aprender a ter coragem e saber cuidar de si mesmo.

Eu realmente gostei de como a história mostrou que, às vezes, não importa o quão duro você tente, você não pode cuidar de pessoas que não querem ser cuidadas. Às vezes, você tem que deixar as pessoas irem. E você tem que ser capaz de reconhecer que nem sempre é possível salvar as pessoas. Beth passou tanto tempo protegendo  a mãe dela, que ela não vê a longo prazo que pode ser prejudicial. Ela ama e só quer cuidar dela, mas Beth precisa ver quando parar de correr e começar a viver sua vida e aprender a confiar. Também gostei muito do personagem Ryan, sua vida pode parecer perfeita por fora, mas é completamente o oposto.

Katie McGarry tem uma forma de escrita que faz com que cada um de seus personagens seja reais e com que nos importamos. A autora nos traz tanta vida e emoções com suas histórias. Uma leitura viciante, fluída, e rápida.


A capa é extremamente linda, não tem como não querer ler esse livro. A diagramação, revisão e tradução estão perfeitos!

"No Limite da Ousadia" é uma história muito cativante, emocional, e gratificante. Nos faz refletir como o amor pode crescer em circunstâncias desesperadas, e que ele pode transformar a vida das pessoas. Mal posso esperar para ler o próximo livro dessa autora incrível, mas que recomendo este livro!!

37 comentários:

  1. Oi Michele
    Pelo visto a Beth começa irritante como em No limite da atração... mas por sorte ela decide mudar, adorei a capa deste, mas decididamente a capa do terceiro livro é a mais linda, espero que a Verus mantenha como tem feito. =)
    Já tinha ideia do que a Beth sofria com a mãe, foi apontado por alto no anterior. Me pergunto se os outros personagens dão o ar da graça aqui. Independente disso preciso conferir essa leitura, pois gostei da escrita da autora. =)

    Minha Velha estante
    Leitura Nossa de Cada Dia

    ResponderExcluir
  2. Bela estória, é uns dos livro da minha "lista", que é interminável ♥

    ResponderExcluir
  3. Uau,eu amei a sinopse,mas pela resenha deu pra sentir melhor o quanto o livro é profundo!
    Já estou louca pra ler!Bacana os personagens do outro livro aparecerem nesse!

    ResponderExcluir
  4. Olá Michele!
    Estou lendo No Limite da Atração e estou amando a escrita da autora, e a história de Noah e Echo <3 <3
    Fiquei muito feliz em saber que o livro é tão bom quanto o primeiro e, principalmente, que o primeiro tem um final nele mesmo, e este não é uma continuação. Amo livros assim!
    Adorei a resenha :D
    Beijos,
    Ana M.
    www.vicioemlivros.com

    ResponderExcluir
  5. Não é o tipo de livro que vai para minha lista de compras, mas é do tipo que se cair na minha mão eu leio pq eu gosto de histórias de vida- por isso me torne psicóloga- não só por isso rs. Assim posso ouvir várias rs!

    Miquilis: Bruna Costenaro

    ResponderExcluir
  6. Eu adorei o primeiro livro e claro que quero muito ler este.
    Eu confesso que não curti a mocinha deste rs, achei ela muito chata, mas como você diz que é so fachada e que tem uma explicação...o livro parece ser tão bom quanto
    o primeiro livro foi.
    A capa é linda e adorei que a editora manteve a capa americana.
    Pretendo ler em breve, beijos.

    ResponderExcluir
  7. Mais um para a minha lista, gosto de histórias assim ;)

    ResponderExcluir
  8. Oi Michelle, tudo bom?? Essa trilogia é muito desejada por mim, tenho o livro 01 - No Limite da Atração e adorei não só a trama mas os personagens principais tb. E pelo visto, a Katie se superou nesse livro, pois a história de Beth e Ryan é mais profunda, intensa e tem mais drama que o casal anterior.. Estou louca pr aler e ter esse livro. parabéns por sua resenha, me deu um gostinho maravilhoso da história...bjs

    ResponderExcluir
  9. primeiro eu me apaixonei pela capa e lendo sua resenha me apaixonei pela historia... quero mt ler... está na minha lista de desejados...

    ResponderExcluir
  10. Ousadia contém genialidade poder e magia o amor e o desejo são as asas do espírito liberdade é a essência viva da alma uma vida inteira os caminhos.

    ResponderExcluir
  11. Mi!
    A capa é um show a parte, muito sensual e sugestiva.
    Todos que passam por uma situação que Beth passou, tem uma revolta interior e acredito que por esse motivo é seja 'rebelde' e durona.
    Ryan parece a perfeição, né?
    Quero muito poder acompanhar o desenrolar desse romance entre personalidades tão diferentes e poder saber se eles realmente se completam.
    Muito boa resenha.
    cheirinhos
    Rudy
    Blog Alegria de Viver e Amar o que é Bom!

    ResponderExcluir
  12. Ainda nao li "no limite da atraçao", mas ja deu pra notar que "no limite da ousadia" parece ser perfeito. Quero conhecer a vida desses personagens, de vida diferentes. Que parecem que vao superar as dificuldades com o amor.

    ResponderExcluir
  13. Oi Mi, eu já estava namorando este livro na época em que ele foi lançado, mas infelizmente ainda não tive oportunidade de ler.
    Pelo que notei Ryan é D+, é isso mesmo? Espero ler em breve para conhecê-lo melhor.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  14. Adoraria ler esse livro pois tem uma pitada de tudo que gosto, romance, superação de dificuldades no amor e pela sua empolgação na resenha com certeza vai ser um deleite....

    ResponderExcluir
  15. Parece ser bom, porém parece que já conheço a história!! Rsrsrs.

    ResponderExcluir
  16. Amei No limite da atração, esse parece ser ótimo também, estou doida pra ler!

    ResponderExcluir
  17. Adoro livros YA/NA, quero ler ele pelos assuntos abordados, e a maioria das resenhas são positivas, espero gostar tanto quanto você *-*

    ResponderExcluir
  18. Eu adorei o primeiro livro. Achei a história muito boa e a escrita da autora também é ótima. Esse livro parece ser realmente bom também, e ele parece ser emocionante mesmo. E os personagens parecem ser bem construídos. Espero ter oportunidade ler logo =)
    Bjss

    ResponderExcluir
  19. Não sei a você... Mais o primeiro livro, pra mim, foi bem melhor. Os personagens mais intensos e charmosos. Agora esta história... Beth não me convenceu muito. Pelo menos lendo a resenha deu a impressão de ser bem chata. Mas assim mesmo vou tentar ler. Gosto da autora. Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Não é meu tipo de leitura preferido, mas parece ser um livro cativante, com um bom enredo.

    ResponderExcluir
  21. Adorei a capa, é realmente linda! Ainda não li o primeiro, mas já ouvi falar muito bem da série e estou com vontade de ler. Achei a história muito legal, com momentos emocionantes e personagens cativantes. Com certeza quero ler!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Não conheço a autora ou seus livros, mas confesso que adorei a resenha, esse spin-off parece realmente valer a pena ler. Sou meio desconfiado com spin-off's já me decepcionei algumas vezes, e acho ainda mais complicado quando se trata de romance.
    Porém No Limite da Ousadia, parece diferir bastantes dos romances que estamos acostumados a ver por ai. Não gosto muito dessa história de menininha perfeita + bad boy problemático. Acredito que não exista pessoas perfeitas, então quando encontro livros com personagens descritos assim desanimo imediatamente.
    Esse livro parece diferente, já que Beth é a garota problemática, com um passado conturbado, e Ryan não se difere muito, mesmo visto como o carinha perfeito, também tem seus problemas, ou seja, ambos não fogem da realidade que encontramos a nossa volta. Com certeza quero ler esse livro!

    Julielton Souza - Dialética Proposital

    ResponderExcluir
  23. Não li No Limite da Atração, mas sua resenha foi bastante clara e me deixou com vontade de ler este livro, quero tentar entender o que levou Beth a assumir a culpa da mãe e como será o envolvimento com Ryan. Parabéns pela resenha.
    ronida_sindi@hotmail.com

    ResponderExcluir
  24. Estou bem curiosa p/ ler os livros da Katie McGarry, principalmente o 1º da trilogia, No limite da atração.
    No caso de No limite da ousadia, a curiosidade fica por conta de querer descobrir de que maneiras os protagonistas irão se despir dessa "casca" que os protege de seu eu verdadeiro.
    E como foram elogiadas aqui na resenha, c/ certeza quero conferir a diagramação e, claro, a revisão do texto, pois confesso que sou um pouquinho neurótica em relação a isso, e fico procurando os erros enquanto leio... mas todos os leitores fazem isso, não é mesmo?!?!
    Pfv, diga que sim! kkk

    Adriana Estevam
    dri.cas@bol.com.br
    @AdrianaEstevam3
    https://www.facebook.com/adriana.estevam.7

    ResponderExcluir
  25. Adoro livros com personagens complexas como essas. A Beth, realmente aparenta ser uma daquelas adolescentes mimizentas, mas, depois de conhecer sua vida, todas as suas atitudes tornam-se justificáveis. É o instinto de proteção que todos nós temos. O legal é ver que todas as personagens vão crescendo e amadurecendo. Enfim, quero conhecer essa série em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  26. Adorei a resenha, porém convenhamos que essa capa tá um show. Sei que é feio julgar um livro pela capa, mais essa capa é daquelas que nos enche de vontade de saber mais sobre a história.

    ResponderExcluir
  27. Eu gostei muito da escrita dessa autora no primeiro livro e acho que vou me apaixonar de vez depois de ler esse sendo um livro com tema tão atual e real.Gosto muito quando a editora mandem a capa lá de fora, muito bonita e sugestiva.

    ResponderExcluir
  28. Oooi Michelle,
    Faz muito tempo que quero ler no Limite da Atração, e agora esse no limite da ousadia, mas infelizmente a grana ta curta rs triste realidade.
    Eu odeio meninos que iludem garotas por causa de apostas e vice e versa, mas me parece que vai rolar um arrependimento bem profundo kk
    Sua resenha ficou ótima, você escreve muito bemm!

    ResponderExcluir
  29. Oi Michelle, as estórias abordadas pela Katie sempre nos emocionam muito! Ela é capaz de escrever temas tão fortes de maneira leve que cativa e prende até o final da leitura.
    Adorei a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Gostei muito da resenha, já li No Limite da Atração,e estou bem curiosa para ler este

    ResponderExcluir
  31. Quero muito ler esse livro, adoro essa capa,mas esse nome é meio zuado kkkkk
    Adorei a resenha e me animou mais em ler esse livro.
    beijos

    ResponderExcluir
  32. Sempre li bons comentários sobre o primeiro livro, mas, mesmo assim, nunca havia me interessado por ele. Gostei de sua resenha, de como a protagonista muda... ainda bem que é pra melhor hahahahaha
    Não sei, mas acho que agora vou ter que correr atrás desta série!

    ResponderExcluir
  33. ADOREI a resenha!!
    Já tinha lido comentários sobre esse livro, agora me deixou com mais vontade de ler!!!
    OK, mais um para "A LISTA" kkk

    ResponderExcluir
  34. Gostei muito. Esse livro promete, adoro essas histórias ;)

    ResponderExcluir
  35. Após ler a resenha, fiquei com muita vontade de ler o livro.
    Espero poder ler toda a série muito em breve.

    ResponderExcluir
  36. Como a vida e as situações podem mudar uma pessoa não é?
    Acredito eu que todas nos temos um pouco da personagem mesmo que com menos ousadia
    Adoraria ler o livro todo!!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...