Blogger Widgets

[Resenha #472] Cartas de Amor Aos Mortos - Ava Dellaira @editoraseguinte @avadellaira


Título: Cartas de Amor aos Mortos
Título original: Love Letters to the Dead
Autor: Ava Dellaira
Páginas: 344
Editora: Seguinte
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Submarino


Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop… apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky. Mas Laurel não pode escapar de seu passado. Só quando ela escrever a verdade sobre o que se passou com ela e com a irmã é que poderá aceitar o que aconteceu e perdoar May e a si mesma. E só quando enxergar a irmã como realmente era — encantadora e incrível, mas imperfeita como qualquer um — é que poderá seguir em frente e descobrir seu próprio caminho.



"Cartas de amor aos Mortos" é narrado em primeira pessoa, e em forma de cartas, e conta a história de Laurel, uma adolescente de 14 anos, lutando com a morte de sua irmã May. É uma história sobre luto. Mas, é também a história de começar uma nova escola no ensino médio, do primeiro amor, da relação pai e filha e descobrir quem você é.



Para começar uma nova vida, Laurel muda de escola, assim evita ver as pessoas que a conhecia e que possa ficar com piedade e dó dela. Mas, não é só isso, Lauren está se sentido perdida, sem amigos e sem o apoio da família, sua mãe foi embora para a Califórnia para superar a morte da filha, deixando a família desestruturada. É muito sofrimento para uma só pessoa. Ver Lauren assim, é de partir o coração.




No primeiro dia de aula de Inglês, a professora pede para os alunos escreverem uma carta para alguém que já morreu. Ela escolhe Kurt Cobain, principalmente porque sua irmã recém-falecida, May, o amava. Como a carta é um grande desabafo, ela não tem coragem de entregar essa carta para a professora, mas ela toma gosto por escrever e continua agora como um verdadeiro diário, no qual ela escreve para outras pessoas famosas que morreram de forma trágica, incluindo Heath Ledger, Amelia Earhart, River Phoenix, Heath Ledger, Amy Winehouse, e muitos mais. Nessas cartas Laurel escreve sobre sua vida, como está sendo iniciar o ensino médio, as novas amizades, seu primeiro amor, e sua família e como estão sendo lidar com a morte de May. É através dessas cartas que Lauren vai examinar a sua própria vida.



Nessa nova escola, Lauren faz amizade com Natalie e Hannah, duas adolescentes lindas e extrovertidas, mas que aceitam o jeito tímido e retraído dela, assim como seus segredos. Lauren também conhece Sky, um bod boy enigmático, pelo qual ela se apaixona. Mas, apesar de tudo, ela só pensa na irmã. Laurel é a única pessoa que realmente sabe o que aconteceu com May e ela não conta a ninguém. Ela está tentando perdoar May por algo que aconteceu pouco antes de morrer ao mesmo tempo, ela tem que lidar com a crença de que a morte de sua irmã pode ter sido sua culpa, e assim ela está carregando o peso do mundo sobre seus ombros. Externamente Lauren aparenta que está bem, mas por dentro há muitas coisas acontecendo.


Laurel idolatrava a irmã, May era cheia de vida, extrovertida, descolada, com muitos amigos, era inspiração para sua irmã, sua melhor amiga, sempre pronta para lhe ajudar. Assim, ela e tem dificuldade em chegar a um acordo com o que aconteceu com May. E, conforme a história progride você aprende que é porque o relacionamento delas era extremamente complicado. No início, vemos que Laurel tem uma versão muito idealizada de sua irmã em sua cabeça. Ela tentava imitar a irmã. Mas através das cartas, ela finalmente começa a aceitar que sua irmã tinha falhas e defeitos, e vai amadurecendo e se libertando da culpa.


Laurel é uma personagem inesquecível. Seu vínculo com May é memorável e diferente de tudo que eu já li. Laurel é um protagonista forte, porque conforme a história avança, descobrimos que ela passou por muito mais do que nós pensamos que ela tinha passado, e cada novo evento choca o leitor. Seu relacionamento com seu pai foi provavelmente o meu favorito. Sua família ficou destruída, primeiro pela morte de sua irmã, e depois pelo abandono de sua mãe. Laurel e seu pai são deixados tentando reconstruir a família. Fiquei com raiva da mãe de Laurel, não dá para entender como se justifica abandonar sua filha e marido para superar a morte de uma filha, nada a ver, ela foi extremamente egoísta e sua atitude não tem perdão. E May foi uma personagem bastante conturbada, e que mais machucou do que protegeu sua irmã.


Os outros personagens também foram bem desenvolvidos. Adorei Sky, o bad boy misterioso, mas quando você passa a conhecê-lo você vê que ele é realmente atencioso e gentil, e também vemos que ele teve uma vida sofrida assim como a Laurel. Hannah e Natalie foram personagens notáveis também a sua história foi muito interessante. Eu amei os flashbacks da relação de May e Laurel.

Adorei que ao longo da história muitas músicas são mencionadas, e procurei escutar para entrar no clima do livro, e também para entender melhor os personagens, já que cada música tem uma ligação ou importância para cada um.



A capa é simplesmente linda. A diagramação ficou perfeita, e a revisão e tradução também estão ótimos.

"Cartas de amor aos Mortos" é uma história pesada, intensa, com temas polêmicos, mas reais. Sobre perdas, dores, segredos, culpa, superação e perdão. É um livro com palavras delicadas, personagens vulneráveis, mas memoráveis e lembranças sofridas. Quando Laurel finalmente começa a revelar a verdade sobre si mesma e o que aconteceu com May, a autora me levou às lágrimas. Está história te faz refletir sobre a vida e te envia lições. Recomendo a todos!

43 comentários:

  1. Oiee ^^
    Esse foi um dos melhores livros que eu li este ano ♥ Ameei a história e os personagens, estou torcendo para que a autora escreva mais livros assim ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Puxa fiquei curiosa pra ler...essa capa é super linda...amei as fotos...s2

    ResponderExcluir
  3. Acho esse livro mto criativo! Já dei uma espiada nele pessoalmente e acredito que vai ser bem interessante a leitura dele!
    Miquilis

    ResponderExcluir
  4. Acho o livro diferente, eu nunca tinha lido nada em que voce escreve aos mortos...rs,
    achei legal. QUe bom que o livro te agradou, eu tenho bastante curiosidade
    sobre ele, eu acho o enredo diferente e criativo,
    fora que a capa é muito linda,
    beijos.

    ResponderExcluir
  5. muito curiosa para ler esse livro...
    adorei o tema adorei a capa....

    ResponderExcluir
  6. Mi!
    Não li ainda, entretanto tenho a maior conexão com esse enredo.
    Adoro escrever cartas, embora ainda não tenha escrito nenhuma aos mortos, mas acredito que através delas, podemos realmente fazer uma catarse e aliviar as dores interiores.
    Quero muito apreciar a leitura.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. Não posso ler sua resenha, quero muito ler o livro primeiro!!!! :)
    beijooos!

    ResponderExcluir
  8. Que amor! Só ouço e leio coisas boas a respeito desse livro *___* Amei a resenha!!

    ResponderExcluir
  9. Morro de vontade de ler esse livro. O que me chamo a atenção foi a capa logo de cara. Ler sua resenha só aguçou ainda mais a minha vontade de ler esse livro que está sendo tão ocmentado ultimamente.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Quero mto ler esse livro.Trata de temas fortes,e eu adoro isso.
    Tbm só ouço resenhas positivas e isso me anima mais ainda em ler.
    Bjus

    ResponderExcluir
  11. Resenha bem escrita, abordando o conteúdo de forma simples e inteligente, familiarizando os leitores com o livro e despertando o interesse de quem lê.

    ResponderExcluir
  12. Gostei do enredo! Nunca é fácil perdoar ou aceitar as pessoas com suas imperfeições!! Todos somos imperfeitos, porém acredito que cada um tem algo bom a oferecer!!

    ResponderExcluir
  13. Gosto de livros que tem alguma coisa a nos ensinar!! Pela resenha o livro parece ser muito emocionante e vale ressaltar como foi dito na resenha com temas reais!!

    ResponderExcluir
  14. Gostei da temática do livro, e pelo que li sei que vou me emocionar ao ler, mais uma para minha lista de livros.

    ResponderExcluir
  15. Que historia diferente e forte né! Conforme lia a resenha, fiquei morrendo de pena da Laurel por passar por tudo isso e ainda a mãe deixa-la tão desamparada, foi muito egoismo, ainda mais partindo de uma mãe! Adoro historias que nos emocionam e nos apresenta coisas reais, que pode acontecer em nossas vidas, a leitura se torna muito mais interessante! Também gosto quando tem nomes de musicas nas historias, vou correndo procurar pra ver se eu gosto e se realmente tem a ver com a historia, enfim, o livro parece maravilhoso e quero ler!

    ResponderExcluir
  16. Já li algumas resenhas sobre este livro e cada uma delas só me reforçou a vontade de ler... Amei sua resenha... Obrigada!!! Bjinhos

    ResponderExcluir
  17. Oieee.
    Eu vi alguns blogs falando sobre esse livro e de cara não me interessei, então sua resenha é a primeira que leio.
    Achei bem interessante ela escrever as cartas para artistas tão conhecidos. Porém o livro tem tantos "mas", tipo, "o livro é bom mas o final deixa a desejar", o livro é bom mas tem hora que é arrastado", o livro é bom mas...
    Tantos mas me incomodou um pouco, porém quero lê-lo para tirar minhas próprias conclusões.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  18. Ooooooooi! A capa é maravilhosa mesmo rs
    Aconteceu comigo o mesmo que com a Iêda, são tantos mas que desanima um pouco, entretanto meu gosto literário é bem oposto aos das(os) várias(os) blogueiras(os) por aí, então é bastante provável que eu goste rs veremos o/

    ResponderExcluir
  19. No primeiro momento, não fiquei tão interessada na premissa, mas descobrir a historia por trás de tudo isso e conhecer o final, me deixam muito curiosa!

    ResponderExcluir
  20. Achei bem chato como o livro se desenvolve, ainda mais por ela contar coisas sobre famosos que eles mesmo já sabem sobre eles, mas ao mesmo tempo achei Laurel meiga e sensível, assim como ela pode fazer na escrita. Achei que ela se expressa através dessas escritas e conta sobre o que sente, sobre ela ser sozinha e cheia de segredos.
    Beijos e até mais.
    ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  21. Preciso muito desse livro. É perfeito demais.

    ResponderExcluir
  22. Falou que tem lágrimas eu já quero ler, nunca vi mas gosto muito de histórias reais, que nós fazem pensar em todos que estão a nossa volta, bom quero ler por ser sobre pessoas que já se foram e nós lembrar dos que ainda estão por aqui.

    ResponderExcluir
  23. Deve ser um livro para ler e refletir bastante! Gostei achei bem diferente a história dele e achei a capa linda!
    :)

    ResponderExcluir
  24. Já estava bastante interessada em ler esse livro só pela capa, título e sinopse, depois de ver essa resenha fiquei ainda mais ansiosa pra conferi essa história, parece maravilhosa.

    ResponderExcluir
  25. Já me interessei pela capa desde que bati o olho, aí alguém comentou num grupo que amou, sua resenha só me fez querê-lo ainda mais *----*

    ResponderExcluir
  26. Esse livro tem tantos atrativos! Até os ídolos da menina qq

    ResponderExcluir
  27. Nossa já vi muitas resenha deste livro e todas são assim, emocionantes. Sempre tive interesses por ele, mas depois da sua resenha quero mais ainda.
    Gosto de livros com teor mais pesado as vezes. Não são todos que me agradam, mas este com certeza me fará chorar muito e lembra de minhas próprias percas e superações

    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Escrever cartas a quem já morreu pode ser uma válvula de escape. Pela resenha do livro a personagem parece ter um problema sério, um segredo, e consegue amenizar escrevendo
    carta aos que já partiram. Este seria um livro que eu leria de imediato.

    ResponderExcluir
  29. Fiquei curiosa para ler esse livro, gostei muito do tema!

    ResponderExcluir
  30. Se há algo que adoro ao decorrer de uma leitura, são as citações, principalmente quando se trata de música. Acho que literatura e música tem absolutamente tudo a ver e são coisas que eu adoro e não vivo sem. Por essa razão, achei interessante a proposta do livro. É perceptível o quanto essa leitura é intimista, não só pelos conflitos da protagonista, mas também pelo texto em si, que é escrito através de cartas. A capa é linda, sem mas.

    http://umadosemaisforte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Que livro fofo! Tudo nele tem aquele jeitinho de favorito: citações, remetentes, cartas....Adoro quando a leitura é diferente e cheia de elementos. Quando tem personalidade na escrita. Essa trama me pareceu muito interessante quando vi a sinopse e as resenhas são um amor! Só dá vontade de ler. Me deixou curiosa e se a leitura é tão boa a ponto de fazer chorar...hummm, quero ler logo!

    ResponderExcluir
  32. Fantástica resenha! É o tipo de livro que prende o leitor até a última página, e sobre um tema ainda tão polêmico nos dias de hoje, que é a morte! Adoro livros assim!

    ResponderExcluir
  33. Resenha ótima, quero ler logo. minha lista n para de crescer .. :>

    ResponderExcluir
  34. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  35. Sempre achei a capa bem bonita, mas não imaginava que dentro dele haveria uma história assim tão profunda. estou louca pra ler.

    ResponderExcluir
  36. A cada resenha que leio me dá mais vontade de ler esse livro! Adoro livros contados por meio de cartas, pois aborda os sentimentos da personagem como se ela estivesse desabafando com você... E a capa é linda de morreeeeer *-----------*
    Já está na minha lista de leitura para 2015 com certeza!
    Beijos

    ResponderExcluir
  37. Adoro escrever cartas, mas nunca pensei em escrever cartas para os mortos, eu gostei muito da ideia que o livro traz. Você sintetizou as ideias de forma brilhante, me fez querer ler ainda mais esse livro. Cartas de amor aos mortos promete ser um livro encantador, acredito que será uma leitura incrível, espero não me decepcionar >< . Essa personagem parece ser deveras interessante, assim como essa ideia de entender a história da morte dos outros ( Kurt Cobain *-* ) enquanto tenta entender sua própria história .
    Ninguém é perfeito, seja homem ou mulher.
    Parabéns, sua resenha ficou incrível .

    ResponderExcluir
  38. Pela sinopse a gente só tem aquela noção básica do livro: que a protagonista ainda não conseguiu superar a morte da irmã e toma gosto pela escrita, mas eu nunca imaginaria que ia ter esse "quê" de mistério sobre a forma que a May faleceu. Fiquei bastante curiosa e ainda mais interessada no livro.

    bibliotecacolorida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  39. poxa gostei muito to doida pra ler o livro...

    ResponderExcluir
  40. Ainda não pude ler o livro, mas o enredo é de se chamar bastante atenção. Fora que adoro cartas, adoro ter a oportunidade de expressar-me em uma folha e então com ela poder dividir os acontecimentos de minha vida... Adoro escrever cartas para mim, para amigos, para todos aqueles presentes e até aqueles que tenho receio de conversar certos assuntos pessoalmente e adoraria saber qual foi a sensação que Lauren teve ao fazer tal coisa, porém com pessoas já mortas.
    Estou ansiosa pela leitura de "Cartas aos mortos", pois parece sensacional!
    Beijos,
    Alice dos Santos

    ResponderExcluir
  41. Essa trama é super elogiada.
    Parece bem emocionante e tocante.

    ResponderExcluir
  42. Gostei muito da proposta do livro. Porque todo mundo já perdeu alguém importante com quem não conseguiu ter um último diálogo em que todos os pingos nos is são colocados.
    E quando ficam muitas palavras entaladas gera-se um sentimento de culpa.
    Dai que nós vemos que a personagem principal do livro vai desabafando aos poucos, através das cartas aos ídolos, até conseguir se esvaziar e assim seguir em frente.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...