Blogger Widgets

[Resenha #483] Ícones - Margaret Stohl @mstohl @galerarecord



Título: Ícones
Autor (a): Margaret Stohl
Editora: Galera Record             
Ano: 2014                 
Nº págs: 384
Gênero: Sci-Fi, distopia
Skoob
Classificação: 4 estrelas
Compre: Saraiva


Após a Terra ter sido invadida por seres alienígenas misteriosos, Dol, a única sobrevivente de sua família, passou a morar em uma pacata cidade camponesa junto de seu melhor amigo, Ro. Apesar da relativa segurança, os amigos sempre suspeitaram que possuíam algo de especial, até que, repentinamente, são capturados pela Embaixada. Agora, juntos de Tima, outra prisioneira, e Lucas, filho da poderosa embaixadora e garoto por qual Dol nutre uma perigosa atração, todos perceberão que o encontro dos quatro não é mera coincidência: é uma conspiração.



Ícones é ambientado em um futuro distópico, onde os alienígenas invadiram a Terra, causando destruição em massa no mundo inteiro, e 1 bilhão de pessoas morreram, quase destruindo a população da Terra, incluindo a família de Dol, nossa protagonista. Seus corações pararam de bater e ela foi deixada chorando no berço, perdendo sua família quando ela tinha apenas um ano de idade, ela foi a única sobrevivente de sua família. Agora Dol vive uma vida supostamente comum e simples, longe da cidade e criada por um padre no campo, mas Dol está ciente de que ela é diferente, e vive sob o medo dos invasores, alienígenas conhecidos como Lordes. Eles só conseguiram estender o seu poder através dos Ícones, que são elementos cercados por campos de força que sugam a energia de tudo e todos, matando qualquer coisa perto, nos seres humanos causa algo como uma hemorragia cerebral, assim fica praticamente impossível destruir esses Ícones, que são ao todo treze e estão interligados, e através desses Ícones que os Lordes mantém seu domínio na Terra. Mas nem tudo esta perdido, ainda há uma luz no fim do túnel, uma esperança na Terra que são as crianças Ícones, que são dotadas de poderes e imunidade contra os Ícones, e nossa protagonista Dol, é uma dessas crianças.


A vida de Dol começa a mudar no dia de seu aniversário de dezessete anos, quando soldados da embaixada invadem e capturam ela e seu melhor amigo Ro, o qual tem forte ligação com ela, com sentimentos bem além da simples amizade. Assim, eles são levados para a embaixada, e são submetidos à experimentos. Imediatamente Dol e Ro ficam preocupados e têm muitas perguntas do que vai acontecer a seguir. Na embaixada, Dol e Ro conhecem outros reféns, Tima e Lucas. E quando eles passam a se conhecer um ao outro melhor, eles percebem que eles são mais parecidos do que parece. Estes quatro adolescentes talentosos, tem cada um suas próprias habilidades únicas e peculiares, e também marcas de nascença estranhas. Eles devem aprender a trabalhar em conjunto para ajudar a salvar a si mesmos e, possivelmente, o futuro da humanidade. Eles unem forças e aprendem a aproveitar os seus poderes, a fim de escapar. Mas primeiro, eles devem resolver o mistério de seu passado, o mistério por trás das crianças Ícones Assim, eles podem ser capazes de mudar o destino do mundo.


Sobre os personagens, Dol é a nossa personagem principal e a história é contada a partir de seu ponto de vista. Dol pode sentir as emoções de todos e se ela te tocar, ela pode ver as suas memórias e sentir seus pensamentos. Às vezes é difícil para ela controlar seu poder. Ela é uma pessoa muito leal e confiante, mas ela fica em apuros em alguns momentos.

Ro tem dificuldade em controlar suas emoções. Quando ele fica chateado, é como se ele fosse fogo e ele é incomparável. Ele nem sempre tem o controle completo de si mesmo e e assim ele pode ser muito perigoso. Mas ele pode inflamar esse sentimento em outros também e se quiser ele consegue que as pessoas se reúnam. Ele conhece Dol praticamente toda a sua vida. Eles sempre foram amigos, mas ele sente um algo a mais por ela. Ele realmente se preocupa com Dol e faria qualquer coisa por ela. Dol também se preocupa com o Ro, mas ela não sabe se ela pode ser mais do que amigos. Eu realmente não vejo que estes acabem juntos, senti que eles não tinham muita química.


Lucas é filho do embaixador. Seu talento é que ele é um encantador. Ele pode levar as pessoas a fazer o que ele quer e todo mundo adora ele. Você pensaria que com alguém que tem esse tipo de influência iria utilizá-lo para a sua vantagem, mas Lucas realmente não o faz. Ele não quer manipular os outros, e ele realmente se esforça para ser uma boa pessoa. Ele começa a desenvolver alguns sentimentos por Dol e eu realmente gostei deles juntos.

A última criança ícones é Tima. Ela é o mestre do medo. Ela usa o medo e a ansiedade para motivar perfeccionismo e tática no campo de batalha, mas ela raramente vai participar de qualquer combate físico. Ela é um gênio da informática e tem uma queda por Lucas, mas ele não parece notar. Ela realmente não gostava de Dol ou Ro quando eles apareceram, mas ela acabou aprendendo a respeitá-los.

Há um certo apelo bem interessante na premissa desse livro que, em face do potencial da extinção da humanidade, há quatro pessoas que vão salvar a todos nós, quatro adolescentes cujos caminhos se cruzam e, em seguida, devem aprender a utilizar o seu potencial. Margaret Stohl conseguiu conquistar com essa historia, e é interessante como cada jovem tem seu poder apresentados ordenadamente. Isso faz você pensar como esses poderes serão capazes de deter a invasão da Terra. A tecnologia moderna contra as pessoas que podem manipular as emoções? Essa idéia peculiar faz você querer ler até o final. Ícones leva você em um mundo destruído por alienígenas, com uma humanidade destruída e lutando para unir forças para destruir o que foi considerado indestrutível. Em meio à invasão, você vê como a humanidade conseguiu sobreviver, como a sociedade foi moldada em face da tragédia, a disparidade de vida, o abuso de poder. Margaret Stohl foi capaz de mostrar o que é ser um escravo e servir sob um mestre poderoso o suficiente para matar todos.


Sobre a capa, confesso que não gostei. Se estivesse em uma livraria e visse somente a capa sem ver o nome da autora, pensaria se tratar de um livro adulto, e jamais acharia se tratar de um livro jovem e distópico. Queria, sinceramente, que a editora tivesse mantido a capa original americana. Bom, sobre a diagramação, está boa, assim como a revisão e tradução.

Como o primeiro livro em qualquer série, a principal tarefa deste é estabelecer seu mundo e introduzir os leitores com os personagens. Como tal, ele começar um pouco lento, mas eu gostei das cenas introdutórias de Dol e sua melhor amiga Ro no campo. Depois houve ação e algumas reviravoltas que eu não estava esperando. A resiliência da humanidade em face do desespero é palpável neste livro, e não é apenas uma história de quatro adolescentes que vão salvar o mundo, mas uma história futurista de vidas perdidas e amores inesperados, e apesar das situações terríveis cada personagem sabe enfrentar. Mesmo com os defeitos, eu ainda gostei e estou ansiosa para o próximo livro da série. Eu recomendo este livro para qualquer um que aprecie distópias ou ficção científica.


0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...