Blogger Widgets

[Resenha #572] O Espelho de Cassandra - Bernard Werber @BertrandBrasil @Werbernard


O Espelho de Cassandra
Bernard Werber
ISBN-13: 9788528616873
ISBN-10: 8528616878
Ano: 2015
Páginas: 560
Editora: Bertrand Brasil
Skoob
Classificação: 3 estrelas
Compre: Submarino

O que você faria se pudesse prever o futuro, mas ninguém acreditasse?
Cassandra Katzenberg, de 17 anos, nunca teve uma vida normal. Sem lembranças de sua existência até os 13 anos, quando seus pais faleceram em um atentado no Egito, a jovem é considerada excêntrica, até mesmo louca, por todos à sua volta. Principalmente após começar a ter visões do futuro, tal qual sua homônima da mitologia grega, prevendo grandes tragédias para a humanidade com uma assustadora riqueza de detalhes.
Determinada a recomeçar sua vida em outro lugar, a jovem Cassandra Katzenberg foge da escola onde estudava, levando consigo um misterioso relógio que calcula sua probabilidade de morrer dentro de cinco segundos. Na fuga, encontra uma aldeia onde pessoas banidas da sociedade vivem em um verdadeiro Estado livre e independente. É ali que suas premonições finalmente serão ouvidas, e encontrará aliados com os quais poderá contar na tentativa de salvar o mundo das tragédias iminentes que somente ela tem conhecimento.
Confesso que quando li a sinopse do livro pensei que este se tratava de uma história do gênero fantástico e com elementos de sobrenatural, mas "O Espelho de Cassandra" se mostrou ser um livro totalmente diferente do que eu estava esperando, ele é na realidade uma história focada nos problemas do futuro da humanidade e é cheio de críticas sociais. É mais um livro reflexivo, e assim tenho que dizer que pode não agradar a todos.




A história segue Cassandra Katzenberg, uma adolescente de 17 anos que não se lembra do seu passado antes dos treze anos, momento no qual seus pais morreram em um atentado terrorista no Egito. Ela tem uma extraordinária sensibilidade e a incrível capacidade de prever o futuro, assim como sua homônimo na mitologia grega, Cassandra de Tróia. Cassandra não prevê o futuro de cada indivíduo, mas o futuro da humanidade, o destino das gerações futuras. Infelizmente, as pessoas não acreditam nela, acham que é uma louca.





Um dia, Cassandra decide fugir da escola e morar em outro lugar, onde ela seja ouvida e aceita. Consigo ela carrega um tipo de relógio que calcula a sua probabilidade de morrer dentro de cinco segundos. Ela acaba indo viver no lixão de Paris, onde se encontra vagabundos que se tornarão seus melhores amigos. Este é o início de uma corrida desenfreada, Cassandra e seus amigos irão tentar o impossível: salvar a humanidade. Ela também irá tentar descobrir o mistério do seu passado e compreender a razão por que motivo ela tem esse dom.



Este livro é muito mais do que apenas um romance sobre uma adolescente que prevê ataques terroristas, é também uma reflexão sobre o futuro do planeta, a percepção de que estamos em uma encruzilhada, há uma escolha entre continuar no caminho atual, satisfazendo as necessidades próprias sem se preocupar com o planeta ou, perceber que precisamos mudar para que haja um futuro para as próximas gerações.



Bernard Werber aborda no livro sua preocupação com o futuro da humanidade, falando sobre a poluição, superpopulação, esgotamento dos recursos naturais, guerras, epidemias e terrorismo. Também aborda todos os excessos de nossa sociedade do consumismo: comprar e jogar tudo fora, causando um grande desequilibro ambiental. Outros temas mencionados são que as pessoas são egoístas e estão só focadas no agora, o ódio gera ódio, as pessoas não são o que parecem ser, o problema da violência sexual e entre outros.


A capa é muito bonita e chama a atenção, a diagramação está ótima, assim como a tradução e revisão.

"O Espelho de Cassandra" é uma daquelas histórias metafísicas na qual o que importa é o subtexto e não o texto real. A história é mais concentrada nas questões sobre o futuro da humanidade e seu habitat, a Terra. Na minha opinião esse livro ganha pontos em tentar conscientizar as pessoas que todos precisamos melhorar e agir agora para salvarmos a Terra, mas perde pontos no desenvolvimento dos personagens e da história da protagonista. Sendo esse um livro mais filosófico e reflexivo, a leitura não é tão fluída, e deve-se ler com calma, em especial o começo que é bem lento. Recomendo este livro para aqueles que gostam dos assuntos abordados. 

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...