Blogger Widgets

[Resenha de Filme] Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)


Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)
Diretor: Alejandro González Iñárritu
Gênero: Comédia dramática; Humor negro
Distribuição: Fox Searchlight Pictures
Ano: 2014
Duração: 119 minutos
Classificação: 4 estrelas


Sinopse: No passado, Riggan Thomson (Michael Keaton) fez muito sucesso interpretando o Birdman, um super-herói que se tornou um ícone cultural. Entretanto, desde que se recusou a estrelar o quarto filme com o personagem sua carreira começou a decair. Em busca da fama perdida e também do reconhecimento como ator, ele decide dirigir, roteirizar e estrelar a adaptação de um texto consagrado para a Broadway. Entretanto, em meio aos ensaios com o elenco formado por Mike Shiner (Edward Norton), Lesley (Naomi Watts) e Laura (Andrea Riseborough), Riggan precisa lidar com seu agente Brandon (Zach Galifianakis) e seu relacionamento conturbado com sua ex-esposa (Amy Ryan) e com sua filha (Emma Stone). No meio dessa tensão da pré-estreia, ele começa a ser atormentado por uma estranha voz que insiste em permanecer em sua mente.



    O que dizer de Birdman? Fui assistir com altas expectativas, principalmente por conta das nove indicações ao Oscar. Porém, infelizmente, o filme não superou minhas expectativas. Não que tenha sido ruim, eu apenas imaginei algo um pouco diferente quando assisti ao trailer.




    Mesmo assim, o filme é ótimo. Como diz a sinopse, o ator Riggan Thomson é conhecido por ter interpretado o Birdman (Homem pássaro) nos cinemas. No entanto, sua carreira vem decaindo desde que ele recusou fazer o quarto filme do personagem. Riggan busca, desesperadamente, a fama que ele perdeu em Birdman e, para isso, ele monta uma peça para a Broadway.




    O filme se passa quase que completamente dentro do teatro, nos bastidores, camarins e no palco propriamente. É um filme claustrofóbico, daqueles que nos deixam com uma sensação de estar sem ar. Em determinados momentos, há um toque de bateria ao fundo que é enlouquecedor. 




    Riggan ouve uma voz, constantemente, estimulando-o e desafiando-o. É um filme confuso e estranho que às vezes faz você se questionar “O que está acontecendo?”. Não vou dar mais detalhes para evitar spoilers, mas, posso dizer que é um filme intrigante e interessante.




    Não poderia deixar de comentar a montagem do filme. Para quem não sabe, a montagem é um processo pós-produção que seleciona e ordena os planos do filme criando a sequencia de cenas que vemos no cinema. Enfim, a montagem de Birdman é fantástica. É como se quase todo o filme fosse filmado de uma só vez, sem aqueles cortes comuns que vemos nos filmes quando a cena muda. Isso torna o filme um tanto atemporal.



    A fotografia do filme também merece ser destacada. Em certos momentos, a câmera fica muito próxima dos personagens, causando até mesmo uma sensação de distorção dos rostos. Além disso, há cenas em que a câmera gira em torno dos personagens, o que aumenta ainda mais a sensação de mal estar. Porém, vale destacar que esse mal estar faz parte do clima do filme e não é desconfortável. Apenas faz com que você entre na atmosfera do longa.
Em relação às atuações, estão todas impecáveis. Não é a toa que Michael Keaton, Edward Norton e Emma Stone receberam indicações ao Oscar. Norton está especialmente cômico, enquanto Stone possui algumas cenas de destaque que quase me faz esquecer a mocinha Gwen Stacy.




    Recomendo o filme, mas, aviso: esteja preparado para um filme estranho e denso, mas também, cheio de cenas ricas em detalhes. Um filme que merece ser admirado, com um brilhantismo inegável e que superou o meu estranhamento ao me deparar com um filme diferente do que eu imaginava.

Trailer:

5 comentários:

  1. Gostei muito da resenha, vou assistir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Que bom que você gostou. =)
      Assiste sim. Você vai gostar!

      Excluir
  2. Ótimo filme! Este filme realmente te faz entrar no universo proposto por ele. Sem palavras. A montagem do filme faz parecer realmente que tudo foi gravado em apenas um type. As atuações foram excelentes, sem falar nas cenas em que você não sabe o que é real e o que não é. Maravilhosa esta resenha, retrata muito bem como o filme é, parabéns.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...