Blogger Widgets

[Resenha #607] O Segredo de Indie - Tara Taylor e Lorna Schultz Nicholson @Butterfly_ed


Título: O Segredo de Indie
Autores: Tara Taylor e Lorna Schultz Nicholson
ISBN-13: 9788568674017
ISBN-10: 8568674011
Editora: Butterfly
Páginas: 296
Ano: 2015
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Submarino


O que você faria para se encaixar em padrões estabelecidos?
Mais do que qualquer outra coisa, Indigo Russell anseia para se encaixar. E se ela não pode fazer isso, então ela vai se contentar em esconder-se no fundo, o que ela conseguiu fazer muito bem ao longo dos últimos anos. Para a maioria de seu colégio, o Ridgemont High, ela é apenas mais uma adolescente andando pelos corredores, rabiscando em seu caderno durante a aula, sem nunca levantar a mão. Um aluno médio. Isso é o que ela gostaria que você pensasse. Mas Indie não é média; ela é diferente. Ela tem visões, e visões que lhe permitem ver o futuro. Somente sua família e sua melhor amiga, Lacey, sabem sobre isso. Mas quando ela vê o namorado de Lacey com outra garota, Indie tem de decidir se passa a confiar em seus instintos ou em suas amigas. Como ela se aproxima de John, um solitário e enigmático garoto, recém-transferido para sua escola, as visões se intensificam, ameaçando não só para alterar a vida dos outros, mas também expor seu segredo tão bem guardado até agora.


Aparentemente, Índigo Russell é apenas uma adolescente comum de 17 anos. Ela não se destaca na multidão e não é popular na escola. Ela é uma estudante normal que prefere ficar na sua e não chamar muita atenção para si mesma. Mas ela esconde um segredo, desde criança, ela ouve vozes, tem visões do futuro, e vê fantasmas. Somente sua família e sua melhor amiga, Lacey, sabe sobre isso. Com medo de ser mal interpretada, julgada ou simplesmente chamada de anormal, ela mantém tudo em segredo e tenta o seu melhor para se misturar. 





"...por que me registrariam com um nome como Índigo Russell? Sim, meu nome é Índigo, o nome de uma cor; um tom de azul bem próximo do violeta. Nem chega a ser uma cor definida. Por que motivo alguém, em sã consciência, dá ao filho o nome de uma cor?"


 "Eu seria sempre uma estranha neste mundo porque tinha visões; visões que se tornavam realidade. Era algo que me acontecia desde a infância."

Quando Índigo tem uma de suas visões, ela vê o namorado de sua melhor amiga a traindo, e ela não sabe como lidar com a situação. Será que ela deveria dizer à Lacey? Essa é a coisa certa a fazer? Além disso, as visões de Índigo se tornam mais e mais frequentes quando ela conhece John, garoto pelo qual ela se apaixona. E essas visões mostram coisas que ela nunca quis ver. Coisas que a atormentam e afetam sua vida e o seu futuro de muitas maneiras.




Quando surge uma festa, Índigo vê uma oportunidade perfeita para evitar que uma de suas visões se concretize e também irá aproveitar essa festa para finalmente se aproximar mais de John. Infelizmente, Índigo não podia esperar que sua visão pudesse mudar completamente o rumo dessa história. 


''Estava cantando para mim mesma. E era isso o que realmente importava. Cada passo, cada respiração do meu corpo, era para me manter viva e seguindo em frente. Se eu estava no mundo, era por algum motivo. E eu tinha a capacidade de fazer e construir algo, mesmo que ainda não soubesse o que poderia ser.''



Todos os personagens deste livro foram muito interessantes de se ler. Eu gostei  de Índigo, ela é uma personagem simpática e cativante. Vulnerável, sensível às necessidades e sentimentos de outras pessoas, tranquila, carinhosa e atenciosa, ela é uma heroína muito complexa que tem algumas decisões muito difíceis para tomar. Ela luta com a sua capacidade psíquica, tanto em forma física quanto emocional. Seus pensamentos e sentimentos são o foco principal da história e eles são explorados em profundidade, com sensibilidade e precisão incrível. Houve momentos em que me senti um pouco frustrada com algumas de suas decisões e ações, mas ao mesmo tempo eu sempre entendi o que as motivou e isso é o que fez este livro para mim tão bom. Outros personagens, especialmente Lacey e John, são bem desenvolvidos também. A dinâmica entre Índigo e Lacey é fascinante, realmente uma incrível amizade. A ligação entre elas era muito forte, elas realmente se preocupavam uma com a outra, sempre tendo confiança e apoiado uma a outra a cada passo do caminho. Sua história realmente me comoveu.






A escrita é excelente, fluída. A leitura deste livro foi uma experiência agradável, eu sinceramente desejava que eu tivesse tempo para sentar e ler tudo de novo. O fluxo da história foi fácil e o ritmo era bom. Todos os diálogos, bem como monólogos interiores de Índigo, foram convincentes, vívido e realista. Para ser honesta, eu não sabia o que esperar quando eu peguei este livro. Eu definitivamente fui surpreendida por ele. Dentro de minutos, eu estava totalmente imersa na trama e freneticamente virando as páginas. Eu não queria que este livro acabasse. Foi uma experiência de leitura fenomenal e uma que vai ser lembrada por muito tempo!




A capa é bonita, e todo o trabalho gráfico está lindo. A diagramação, revisão e tradução estão ótimos.

Eu recomendo a leitura deste livro a todos. Você não vai se arrepender. É uma história inteligente, perspicaz e muito agradável de se ler e cheio de emoções fascinantes e observações interessantes sobre a vida, amor, família, e amizade. Não hesite em ler. Você ficará surpreso com o quanto você vai adorar!


1 comentários:

  1. Eu jurava que Índigo era homem hahahahahha
    A história de só a família e a melhor amiga saber das visões me lembrou As Visões de raven hahahah
    Amei essa capa e essa diagramação. Quero esse colar!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...