Blogger Widgets

[Resenha #623] Tocando as Estrelas – Rebecca Serle @Novo_Conceito @RebeccaASerle


Tocando as Estrelas
Rebecca Serle
ISBN-13: 9788581637334
ISBN-10: 8581637337
Ano: 2015
Páginas: 224
Editora: Novo Conceito
Skoob
Classificação: 3 estrelas
Compre: Submarino


Sinopse: Quando Paige Townsen deixa de ser uma simples aluna do ensino médio para se tornar uma celebridade, sua vida muda do dia para a noite. Em menos de um mês, ela troca as ruas da sua cidade natal por um set de filmagem no Havaí e agora está conhecendo melhor um dos homens mais sexies do planeta segundo a revista People. Tudo estaria perfeito se o problemático astro Jordan Wilder não fincasse o pé em uma das pontas desse triângulo cinematográfico. E Paige começa a acreditar que a vida, pelo menos para ela, imita a arte.



Paige Townson é um jovem que sonha em ser atriz, nascida em Portland, ela é a caçula de quatro irmãos. Ela já fez alguns pequenos comerciais e peças de teatro, mas nunca teve a oportunidade de fazer nada grande. Sem o apoio de sua família, Paige se vê sozinha para lutar pelo seu sonho. Sua vida começa a mudar quando ela descobre um teste para as filmagens do filme Locked, a adaptação cinematográfica de uma trilogia de livros que conquistou fãs ao redor do mundo. Ela não conhece os livros, mas, sua melhor amiga, Cassandra, ama a trilogia e lhe incentiva a fazer o teste.





Paige consegue o papel principal para Locked, que conta a história de um triangulo amoroso no maior estilo Crepúsculo. A partir disso, Paige entrará em contato com um mundo que, até então, ela desconhecia. A protagonista nunca foi muito ligada em notícias de celebridades, mas, a partir de agora, ela será lançada de cabeça nesse mundo de boatos e fofocas.





“Algo está acontecendo por aqui, algo que eu não esperava. Estou esquecendo quem eu sou. Está ficando normal estar em um set de filmagem, sair com a equipe, ter alguém para cozinhar para mim e fazer brotar na minha geladeira tudo de que eu gosto sem eu ter que deixar um bilhete para minha mãe. Não preciso me preocupar que meu cabelo e maquiagem estejam sempre perfeitos nem pedir que minhas mensagens de e-mail ou da caixa postal sejam constantemente verificadas por assistentes.” p. 129

Nos sets de filmagem, Paige conhece Rainer, um galante ator que já é sucesso no mundo do cinema. Os dois se aproximam e tudo seria perfeito se não fosse pela chegada de Jordan, o ator que completará o triangulo amoroso de Locked. Rainer e Jordan são o extremo oposto um do outro, além de inimigos públicos e Paige, por sua vez, se verá no meio do fogo cruzado. A vida imita a arte e, a partir da narrativa feita em primeira pessoa por Paige, seremos lançados às confusões e sentimentos controversos que a protagonista está vivenciando.



 
“É como um guarda-chuva no meio de uma tempestade depois de estar completamente molhado. Exatamente o que você precisava, o que você queria, mas já é tarde.” p. 158

O livro é curto, a capa é muito bonita e a diagramação está muito boa. A linguagem é simples e a leitura flui bem. Infelizmente, o livro não me agradou. Achei a temática muito simplória e pouco atrativa. Além disso, os personagens não me cativaram. Eu não curto triângulos amorosos e isso certamente contribuiu para que eu não tenha gostado do livro. Outro ponto negativo é que o livro parece corrido demais. Alguns acontecimentos poderiam ter sido mais bem explorados, mas, simplesmente, passam despercebidos no livro.



Basicamente, Tocando as Estrelas é um livro adolescente. Sem muito a dizer, mas que pode agradar aqueles que gostam de triângulos amorosos. Se você, assim como eu, quer um livro com grandes reflexões, dramas surpreendentes ou até mesmo um romance profundo e real, esse livro, certamente, não é para você. Porém, se você é jovem e quer um romance para se distrair, Tocando as Estrelas é uma boa aposta. É a velha história do livro lido na hora errada: se fosse há uns seis anos atrás, talvez eu tivesse gostado.

“Essa é uma verdade sobre o sucesso. Muita coisa muda, mas nem tudo. Você ainda tem dias de cabelo ruim. Amizades que se desfizeram não serão reparadas milagrosamente. E pessoas que não amavam você antes continuarão a não amar. Uma coisa que o sucesso não muda, não importa a que nível você chegue, são as coisas que já viraram passado.” p. 17

1 comentários:

  1. Oi Priscila,li por um acaso o livro, por conta de uma amiga, e talvez por não estar esperando muito dele, acabei gostando. Não que o enredo seja a quinta maravilha, mas fiquei satisfeita com o livro.
    bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...