Blogger Widgets

[Resenha #625] Neve na Primavera – Sarah Jio @Novo_Conceito @sarahjio


Neve na Primavera
Sarah Jio
ISBN-13: 9788581637211
ISBN-10: 8581637213
Ano: 2015
Páginas: 336
Editora: Novo Conceito
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Amazon

Sinopse:
Seattle, 1933. Vera Ray dá um beijo no pequeno Daniel e, mesmo contrariada, sai para trabalhar. Ela odeia o turno da noite, mas o emprego de camareira no hotel garante o sustento de seu filho. Na manhã seguinte, o dia 2 de maio, uma nevasca desaba sobre a cidade. Vera se apressa para chegar em casa antes de Daniel acordar, mas encontra vazia a cama do menino. O ursinho de pelúcia está jogado na rua, esquecido sobre a neve. Na Seattle do nosso tempo, a repórter Claire Aldridge é despertada por uma tempestade de neve fora de época. O dia é 2 de maio. Designada para escrever sobre esse fenômeno, que acontece pela segunda vez em setenta anos, Claire se interessa pelo caso do desaparecimento de Daniel Ray, que permanece sem solução, e promete a si mesma chegar à verdade. Ela descobrirá, também, que está mais próxima de Vera do que imaginava.


    Neve na Primavera se utiliza de um dos recursos que eu mais gosto na literatura: a narrativa alternada entre personagens e épocas diferentes. Em minha opinião, isso deixa qualquer livro muito mais interessante.

    Nesse livro, temos a história de Vera se passando no ano de 1933. Vera é uma mulher muito pobre que precisa trabalhar no turno da noite para poder sustentar o filho. Nesse ano, no dia 2 de maio, houve uma nevasca que deixou todas as pessoas surpresas por acontecer fora da época convencional. Nesse mesmo dia, um menino de três anos de idade, Daniel, filho de Vera, desapareceu.




“Coitado do Daniel, com apenas um acolchoado para esquentá-lo. Será que ele passou frio? Eu senti calafrios só de pensar na riqueza da cidade – quente e confortável sob milhões de plumas, comendo bolo à meia-noite – enquanto meu filho tremia na cama em um apartamento  sobre m bar de arruaceiros, sozinho. O que há de errado com o mundo?” p. 31

    Já em 2010, no mesmo dia (2 de maio), houve outra nevasca. Isso fez com que essas duas datas se interligassem. No entanto, há muitas outras relações entre as datas do que apenas a nevasca. Aqui, conhecemos Claire, uma repórter que vem enfrentando problemas no casamento. Seu chefe lhe pede para escrever sobre as nevascas cujas datas coincidem e o que parecia ser uma tarefa chata, desperta o interesse de Claire. Muitas coisas ligam essas duas mulheres, Vera e Claire. Diante disso, a repórter se vê desafiada a descobrir o que aconteceu com o menino desaparecido e com sua mãe.






“As coisas mais difíceis sempre se transformam nas mais recompensadoras.” p. 123

    Esse livro é muito intrigante. Mesmo quando eu não estava lendo, eu me pegava pensando, tentando decifrar os mistérios e solucionar o quebra-cabeça. Os capítulos são curtos, as letras são grandes, a diagramação está perfeita e a leitura flui com uma facilidade incrível.




    A narrativa é feita em primeira pessoa, por Vera e por Claire, alternadamente. O livro possui muitas reflexões a respeito da desigualdade socioeconômica e eu achei isso muito interessante. A capa, apesar de não ser muito bonita, se relaciona perfeitamente com a história. 


“Por que os privilegiados não podem fazer mais para ajudar os necessitados?” p. 147



    Ambas as personagens são muito reais e verdadeiras. A narrativa de Vera foi a que mais me conquistou e o desespero dela para encontrar o filho me deixou muito emocionada. Ela mostrou ser uma mulher muito determinada e que não mede esforços para conseguir o que quer. O desfecho da história é lindo. Algumas coisas eu já imaginava, outras me pegaram de surpresa. 


“Parecia ser mais fácil me perder na história de Daniel e Vera do que resolver a minha própria.” p. 202

    Enfim, Neve na Primavera é um livro ótimo, tem tudo o que um bom livro precisa ter, de romance à mistério. Eu recomendo para todas as pessoas.


1 comentários:

  1. Esse é o próximo livro que eu vou ler e adorei ter lido sua resenha!
    Me empolgou bastante e vou começar hoje mesmo.
    Amei suas fotos ;)
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...