Blogger Widgets

[Resenha de filme] Interestelar


Interestelar
Diretor: Christopher Nolan
Gênero: Ficção científica
Ano: 2014
Duração: 169 minutos
Classificação: 5 estrelas

Sinopse: Após ver a Terra consumindo boa parte de suas reservas naturais, um grupo de astronautas recebe a missão de verificar possíveis planetas para receberem a população mundial, possibilitando a continuação da espécie. Cooper é chamado para liderar o grupo e aceita a missão sabendo que pode nunca mais ver os filhos. Ao lado de Brand, Jenkins e Doyle, ele seguirá em busca de uma nova casa. Com o passar dos anos, sua filha Murph investirá numa própria jornada para também tentar salvar a população do planeta.



    Interestelar é, sem sombra de dúvida, um dos filmes mais intrigantes e inteligentes que eu já assisti. Na trama, em um futuro desconhecido, a humanidade regrediu para uma sociedade agrária. Cooper, interpretado pelo fantástico Matthew McConaughey, é um ex-piloto na NASA e agora cuida de uma fazenda com sua família.



    Eventos inexplicáveis começam a acontecer e Cooper e sua filha, Murphy, percebem que estão recebendo mensagens codificadas. As mensagens lhes dão coordenadas que os levam a uma instalação secreta da NASA. Lá, eles descobrem que foi descoberto um buraco de minhoca (um atalho através do espaço e do tempo) perto de Saturno que pode os levar para novos planetas que, possivelmente, podem ser habitados pela espécie humana. 




Cooper é chamado para pilotar a nave que irá até esses planetas com o objetivo de encontrar um que possa de fato receber a espécie humana. A decisão devasta sua filha e ele parte sem ter o apoio dela. No entanto, esses planetas estão orbitando um buraco negro e isso causa a chamada dilatação gravitacional (temporal). Ou seja, o tempo passa mais rápido na Terra. Dessa forma, seus filhos irão envelhecer e Cooper continuará jovem. Ele chega a dizer a sua filha que pode ser que eles tenham a mesma idade quando ele voltar.




Parece complexo? E é! O filme está permeado por teorias físicas desenvolvidas pelo físico alemão Albert Einstein. Muitas dessas teorias ainda não foram comprovadas, mas, mesmo assim, possuem explicações plausíveis.




É altamente recomendado que você tenha algum conhecimento a respeito dessas teorias. Se você sabe o que é buraco de minhoca, buraco negro e dilatação gravitacional já é um bom começo. Mesmo assim, não deixe de assistir o filme se você não entende nada desses assuntos. Afinal, essa pode ser uma ótima oportunidade de aprender.

O filme é longo, complicado e belíssimo. As imagens são incríveis, a fotografia é maravilhosa e as atuações são sensacionais. Enfim, o filme é fantástico. Nolan é um diretor brilhante. O filme foi todo gravado com apenas uma câmera e a computação gráfica foi pouco usada, já que o diretor queria deixar o filme mais realista.


O filme pode ser cansativo por conta dos temas abordados. Porém, eu recomendo para qualquer pessoa. Afinal, além da física, as relações humanas também são retratadas e a relação de Cooper com Murphy é o ponto alto nesse quesito. O filme é muito emocionante e, certamente, te fará chorar. Esse é o típico filme que te faz refletir por dias.

2 comentários:

  1. Adorei o filme, os efeitos especiais, adorei a resenha. beijos Pris....

    ResponderExcluir
  2. Esse filme é demais, ganhou cinco estrelas e já entrou pra lista dos filmes mais inteligentes que já assisti na vida :))
    Beijão!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...