Blogger Widgets

[Resenha #676] Perdão Mortal - Robin LaFevers @VREditorasBR @RLLaFevers


Perdão Mortal
O Clã das Freiras Assassinas # 1
Robin LaFevers
ISBN-13: 9788576839132
ISBN-10: 857683913X
Ano: 2015
Páginas: 408
Editora: V&R Editoras Brasil
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Amazon


Por que ser uma ovelha, quando você pode ser o lobo? Ismae, dezessete anos, escapa da brutalidade de um casamento arranjado no santuário do convento de São Mortain, onde as irmãs ainda servem deuses antigos. Lá ela aprende que o deus da Morte abençoou-a com perigosos dons e um violento destino. Se ela optar por ficar no convento, será treinada como uma assassina e servirá a Morte. Para reclamar sua nova vida, deve destruir a vida de outros. A mais importante atribuição de Ismae leva-a direto para o tribunal superior da Bretanha—onde se encontra terrivelmente sob preparada não só para os jogos mortais de intriga e traição, mas pelas impossíveis escolhas que deve fazer. Como entregar a vingança da Morte em cima de um alvo que, contra sua vontade, roubou seu coração?




A história se passa no século XIV Bretanha, e Ismae Rienne está prestes a ser obrigada a se casar com um homem bruto por seu pai que quer se livrar dela. Na verdade, ele nem é seu pai, sua mãe se deitou com o Deus da Morte, St. Mortain e engravidou, mas tentou aborta-la com um veneno letal, só que não funcionou, mas deixou terríveis marcas nas costas de Ismae. Sua mãe a abandonou e acabou tendo que morar com o pai que sempre a odiou. Assim, ele a vende por uma moeda para um homem horrível que acha que mulher só presta para satisfazer seus prazeres e fazer serviços domésticos.




Na noite de núpcias de Ismae, seu marido vê as marcas em suas costas, e percebe quem ela é na verdade e a agride, depois a tranca no porão para chamar o padre para queimá-la como bruxa ou algo do tipo. Mas ela é resgatada pelo padre e pela curandeira que deu o veneno à sua mãe. Eles a levam para o Convento de St. Mortain. Nesse local, as freiras são treinadas em morte e servem ao Deus da Morte. Lá, Ismae descobre seu valor, bem como algumas habilidades especiais.




Ismae é treinada por três anos no convento e aprende a se defender e a matar, além de trabalhar com venenos, e descobrir que ela é em grande parte imune a eles, ela também irá descobrir outras habilidades. Tornando-se assim mortal.

Agora com dezessete anos, Ismae é enviada para a sua primeira missão; seu alvo é um traidor trabalhando para os franceses contra os interesses do governante. O trabalho foi cumprido com bastante sucesso.


Ismae tem grande gratidão ao convento, mas ao longo da história, ela percebe que as freiras de St. Mortain não são tão infalíveis em seus julgamentos quanto ela foi levada a acreditar. Sua inquietação aumenta quando lhe é dada a missão de proteger a duquesa e seu ducado, pois o controle de seu reino está sendo ameaçado pelos franceses e muitos querem ter a duquesa como esposa afim de deter o poder para si. Foi lhe dito para ficar de olho em Duval, irmão bastardo da Duquesa, já que ele é motivo de desconfiança da abadessa e de Crunnard por armar pelas costas da duquesa, mas será que foi ele mesmo ou não? Mas, para Ismae, a ideia de ter que, eventualmente, talvez matá-lo torna-se mais difícil, pois os dois ficam mais próximos ao longo do tempo.

Nessa corte se instala uma rede de intrigas que está ficando cada vez mais difícil saber em quem confiar. Ismae terá que confiar em seus instintos e a aprender a não só seguir ordens, mas a pensar por si mesma, e terá também que decidir se é capaz de amar e não só servir ao Deus da Morte.




Quando eu li a sinopse desse livro, eu já imaginava se tratar de uma história original e envolvente, e acertei, pois é exatamente isso, um grande livro, a autora tece tantos elementos incríveis nesse livro, freiras que adoram a Morte, meninas assassinas, mistério, traição, intriga política, amor, enfim, tudo se encaixa de forma espetacular. Os personagens são bem desenvolvidos e cativantes. Ismae é uma personagem que cresce muito ao longo do livro e mostra que é capaz de cuidar de si mesma. Ela é retratada como uma personagem feminina forte, com inteligência e habilidade, especialmente considerando que a história se passada durante a era medieval onde as escolhas para as mulheres eram limitadas.



A capa é extremamente linda, e a diagramação está ótima, juntamente com a revisão e tradução.

Adiciono este livro para minha lista de favoritos, e mal posso esperar para ler o próximo livro da série, espero que não demore muito para a editora lançar. Mais que recomendo a todos esse livro fantástico.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...