Blogger Widgets

[Resenha #687] Como Ser Feliz (ou, no mínimo, menos triste) – Lee Crutchley @EditoraParalela @leecrutchley


Como Ser Feliz (ou, no mínimo, menos triste)
Lee Crutchley
ISBN-13: 9788584390076
ISBN-10: 8584390073
Ano: 2015
Páginas: 160
Editora: Paralela
Classificação: 4 estrelas
Skoob
Compre: Submarino / Saraiva

Sinopse:
Com perguntas divertidas e instruções surpreendentes, Como ser feliz (ou, no mínimo, menos triste) ajuda os leitores a verem a vida com novos olhos e redescobrir os prazeres simples que trazem alegria.



    Como Ser Feliz não pode ser considerado um livro de autoajuda, mas sim, um livro de autoconhecimento. O objetivo parece ser fazer com que o leitor se conheça, explore seus medos, seus anseios e reconheça seus motivos de felicidade e bem-estar. Mais do que isso, o livro propõe desafios ao leitor, buscando tirar-lhe de sua zona de conforto e proporcionar-lhe novas experiências.



    Nunca tinha tido contato com um livro interativo antes e, infelizmente, me decepcionei. Achei as atividades bastante repetitivas e, em alguns momentos, me vi influenciada a pensar em coisas que me deixaram triste. Além disso, algumas atividades são muito confusas.





    O mais interessante foi entrar em contato com sentimentos e lembranças que dificilmente tomariam meu tempo. No entanto, o melhor do livro foi a criatividade que ele despertou em mim. Algumas questões não oferecem instruções detalhadas, o que nos dá a possibilidade de realizar da forma que julgarmos melhor.











    As reflexões proporcionadas pelo livro não são das mais profundas, mas, mesmo assim, foram interessantes. O livro te coloca em contato com seus maiores medos e preocupações, o que te faz pensar em como evitá-los. Também entramos em contato com nossos sonhos e motivos de alegria, o que, novamente, nos faz refletir sobre como alcançá-los.




    Enfim, não superou minhas expectativas, mas também não foi ruim. Achei o livro muito bonito e a edição está caprichada. Infelizmente, como parece ser comum em livros interativos, esse livro não possui orelhas e, conforme realizamos as atividades, escrevemos e pintamos, o livro vai ficando com aquela aparência que nós, leitores, odiamos.


1 comentários:

  1. Eu gosto desse tipo de livro, mas nunca termino nenhum, prometi pra mim mesma que não iria mais comprar nenhum kkk. Acho lindo aqui! ♥
    modaflorescer.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...