Blogger Widgets

[Resenha #737] Soldier - Sam Angus @Novo_Conceito


Soldier
Leal até o fim
Sam Angus
ISBN-13: 9788581634029
ISBN-10: 8581634028
Ano: 2015 
Páginas: 256
Editora: Novo Conceito
Skoob
Classificação: 4 estrelas
Compre: Saraiva


Quando Tom Ryder é convocado para lutar na Primeira Guerra Mundial, não imagina o quanto o seu irmão mais novo, Stanley, sentirá sua falta. A única alegria do garoto são os filhotes de Rocket, a cadela premiada que é o orgulho da família. Porém, ao descobrir que Rocket teve filhotes mestiços, o pai de Stanley fica furioso e ameaça afogar os cãezinhos. Inconformado e desejando reencontrar Tom, Stanley foge de casa. Mentindo a idade, consegue se alistar no exército britânico. Somente o amor incondicional pelos animais será capaz de fazê-lo sobreviver à brutalidade e à frieza dos campos de batalha. Uma prova de que a inocência e a sensibilidade podem ser mais poderosas do que a guerra. SOLDIER: Leal até o fim é um livro emocionante e intenso, recomendado para leitores de todas as idades, especialmente para os apaixonados por cães.



É Maio de 1917, a Primeira guerra ainda está sendo travada, e Stanley Ryder de quatorze anos acabou ficando sozinho com seu pai, ao qual ele chama de Da e de sua cadela Rocket, quando seu irmão mais velho foi servir o exército.




As coisas entre Stanley e seu pai não tem sido muito fácies desde a morte de sua mãe e seu pai sempre favoreceu mais o irmão mais velho. Quando, Rocket foge de casa e volta prenha e os filhotes nascem mestiços, Da fica muito bravo e diz que irá dar-los embora aos ciganos quando os filhotes desmamarem. Stanley acaba ficando com um filhote ao qual ele se identifica mais e lhe dá o nome de Soldier, mas Da já tinha avisado que não queria nenhum dos filhotes em sua casa, assim uma noite enquanto seu filho dormia, ele pega Soldier e o leva até o lago para se livrar dele. Stanley fica tão indignado com o que o pai fez e resolve fugir de casa.




Stanly decide mentir e se alistar no exército para que ele possa ser enviado para a França para encontrar seu irmão. É claro que o Stanley é muito jovem para o combate, e ele passa a ser adestrador de cães. Ele fica responsável por Bones, um cão preto muito inteligente que logo se torna um excelente cão mensageiro. Depois, ele recebe outro cão para cuidar e pensa que não terá tanto afeto à ele quanto ele tem por Bones, mas esse outro cão tem um afeto fora do comum para com ele, e a vida de Stanley mudará para sempre.



Esta é uma das mais convincentes histórias de animais em tempos de guerra que eu li, diferente de Cavalo de Guerra de Michael Morpurgo. Ambos os livros têm lugar nos campos de batalha da Primeira Guerra Mundial, mas as verdadeiras batalhas sendo travadas são as pessoais.

Stanley é um personagem forte, cativante e bem desenvolvido. A raiva de seu pai é volátil e, por vezes, muito assustadora, mas ele nunca agride fisicamente Stanley ou seus cães. Eu tenho que ser honesta e dizer que eu não gosto de pessoas que possuem esse temperamento explosivo e imprevisível, mas eu achei que o autor fez um excelente trabalho em fazer o personagem do pai crível, mas não demasiado assustador.


Grande parte deste livro ocorre na primeira guerra mundial. As cenas de batalha são um pouco gráficas, mas não exageras. Apenas o suficiente para fazer os jovens leitores perceberem que a guerra é uma coisa terrível.

Eu adorei a capa, muito mais bonita do que a capa original americana, a editora está de parabéns pelo belo trabalho. A diagramação, assim como a tradução e revisão estão ótimos.


Este é o livro de estreia do autor, e li que ele teve a ideia para a história depois de ouvir uma história no rádio sobre os animais utilizados na Primeira Guerra Mundial, e havia alguns heróis caninos reais. Você pode ler sobre os cães mensageiros reais que inspiraram este romance e muito mais no site do autor. "Soldier - Leal até o fim" retrata a guerra, mas também o amor incondicional que temos pelos animais, e também que apesar de todas as coisas ruins de uma guerra, ainda pode existir amor. Recomendo.



1 comentários:

  1. Particularmente amei esse livro. Tenho uma queda por livros que tenham animais no contexto. Tive uma raiva danada do pai dele...mas no fim perdoei! Beijos grandes!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...