Blogger Widgets

[Resenha #739] Beleza Perdida - Amy Harmon @Verus_Editora @aharmon_author


Beleza Perdida
Amy Harmon
ISBN-13: 9788576863748
ISBN-10: 857686374X
Ano: 2015
Páginas: 336
Editora: Verus
Skoob
Classificação: 5 estrelas e favorito
Compre: Saraiva


Ambrose Young é lindo — alto e musculoso, com cabelos que chegam aos ombros e olhos penetrantes. O tipo de beleza que poderia figurar na capa de um romance, e Fern Taylor saberia, pois devora esse tipo de livro desde os treze anos. Mas, por ele ser tão bonito, Fern nunca imaginou que poderia ter Ambrose… até tudo na vida dele mudar.
Beleza perdida é a história de uma cidadezinha onde cinco jovens vão para a guerra e apenas um retorna. É uma história sobre perdas — perda coletiva, perda individual, perda da beleza, perda de vidas, perda de identidade, mas também ganhos incalculáveis. É um conto sobre o amor inabalável de uma garota por um guerreiro ferido.
Este é um livro profundo e emocionante sobre a amizade que supera a tristeza, sobre o heroísmo que desafia as definições comuns, além de uma releitura moderna de A Bela e a Fera, que nos faz descobrir que há tanto beleza quanto ferocidade em todos nós.


Este livro é profundamente comovente e nos lembra que a beleza é verdadeiramente mais profunda e vai além do que os olhos veem. Este é apenas um dos temas desta história cativante. Este livro também profere uma mensagem de fraternidade e amizade, aceitação de coisas que você não pode mudar, sobre encontrar sua verdadeira força interior no meio da dor.


Nossa protagonista, Fern Taylor é apaixonada por Ambrose Young desde que eles eram crianças. Fern é uma jovem doce, inteligente e solidária. Além de sua família e seus amigos mais próximos, ela passa completamente despercebida pela maioria. Seu cabelo vermelho, óculos, sardas e aparelho nos dentes, a torna uma garota comum. Desde criança, Fern se sente um patinho feio, devido à uma conversa que ela escutou entre a mãe e a tia dizendo que ela nunca seria bonita. Seu melhor amigo, é seu primo Bailey, ela é seu anjo de guarda, está sempre ao lado dele, o ajudando, pois ele tem uma doença degenerativa. Sua outra amiga é Rita, é uma das garotas mais lindas da escola, e sempre elogiada pela sua família, e isso só faz ela se sentir ainda mais insegura sobre sua aparência.



Rita fica interessada em namorar Ambrose, e pede ajuda à Fern para escrever uma carta à ele. E Ambrose fica tão encantado com a carta, que passa a namorar Rita, e Fern continua a escrever cartas à ele como se ela fosse a Rita. O único problema é que Fern é completamente apaixonada por ele, e Ambrose parece não vê-la. Através das cartas Fern descobre um Ambrose diferente, ela conseguiu ver o verdadeiro Ambrose que estava escondido de todos, ela viu diretamente em sua alma, tomando conhecimento de todos os seus pensamentos e paixões. Quando ele descobre que Rita nunca escreveu as cartas, ele termina o namoro, e mesmo descobrindo que Fern as escrevia, e que havia uma conexão entre eles, ele passa a evitá-la.



Ambrose Young é tudo o que Fern não é. Ele é popular, incrivelmente bonito, um atleta excepcional e parece que ele tem o mundo na palma de suas mãos. Ele é a estrela do time de luta da escola com uma bolsa de estudos para a universidade, mas não é isso o que ele quer, ele está infeliz e sente que ele não está pronto para as pressões da faculdade e das expectativas que a cidade tem dele. Ele, então, decide se alistar no exército, após o 11 de setembro, e convence seus quatro amigos mais próximos para ir junto com ele. Só que a realidade da guerra é outra. Quando faltava pouco para receber a dispensa do serviço militar, uma bomba explode, seus amigos morrem e somente ele sobrevive. Ambrose consegue voltar para casa, mas ele é o único que voltou. Com um rosto que ficará deformado permanentemente, a vida de Ambrose muda para sempre quando ele chafurda na sua culpa e se esconde.



À medida que a história avança, vemos Fern sair da sua concha invisível. Ela empurra suas vulnerabilidades de lado e decide ir atrás do que quer. E Ambrose pode estar escondido de todos, mas ele não contava com Fern e Bailey, eles não irão desistir dele, e não irão deixa-lo sentir pena de si mesmo. E o amor de Fern irá trazê-lo de volta à vida e aprender que há sempre uma fresta de esperança e que todos merecem uma segunda chance.

"Talvez todo mundo represente uma peça do quebra-cabeça. Todos nós nos encaixamos para criar essa experiência que chamamos de vida. Nenhum de nós consegue enxergar o papel que desempenha ou a forma como tudo vai acabar. E talvez a gente apenas não reconheça as bênçãos que resultam de coisas terríveis."


"A verdadeira beleza, aquela que não se desvanece ou se esvai, precisa de tempo, de pressão, precisa de uma resistência incrível. É o gotejamento lento que faz a estalactite, o tremor da Terra que cria as montanhas, o constante bater das ondas que quebra as rochas e suaviza as arestas. E da violência, do furor, da ira dos ventos, do rugido das águas emerge algo melhor, algo que de outra forma nunca existiria. E assim suportamos. Temos fé na existência de um propósito. Temos esperança em coisas que não podemos ver. Acreditamos que há lições na perda e poder no amor, e que temos dentro de nós o potencial para uma beleza tão magnífica que o nosso corpo não pode contê-la."

Há tanta beleza a ser encontrada nesta história, e palavras não são o suficiente para honrá-la adequadamente. Este livro começa simples, até mesmo discreto mesmo, mas com uma profundidade inegável. Eu caí de amores pelos personagens, a autora soube desenvolve-los de forma muito real. Até mesmo os personagens coadjuvantes. Eu amei Bailey, ele trouxe sabedoria e humor para as páginas. Ele nunca deixou suas limitações o impedi-lo de ir onde queria. Sua tenacidade e força são para ser admirados juntamente com sua sabedoria.


A profunda amizade que se desenvolveu entre Ambrose, Bailey, e Fern foi um resultado direto de seus triunfos e tragédias pessoais, e um lembrete de ver além das aparências exteriores, e olhar mais para a alma e o coração de uma pessoa.

Eu sempre prefiro quando a capa é mantida igual a original, mas nesse caso, eu tenho que dizer que a editora fez um belo trabalho. A capa está mil vezes mais linda que a original. A diagramação está impecável, assim como a tradução e revisão.


"Beleza Perdida" vai te inspirar, iluminar, e tocar no fundo de sua alma. A história se estende por vários anos com flashbacks quando necessários e perfeitamente escritos para contar a história e permitir que o leitor se conecte ainda mais com os personagens. Você vai sentir cada emoção, cada experiência junto com esses personagens, e terminará com a sensação de profundo encantamento com a obra. Embarque nessa viagem que abrange a sua mente e seu coração. Este é um livro comovente, profundamente tocante sobre onde a verdadeira beleza reside em uma pessoa. Trata-se de heróis da vida real e que é preciso ter coragem insuperável. É sobre amizade, amor e como lidar com a perda. É uma história inesquecível que vai ficar comigo por muito tempo.


3 comentários:

  1. tenho lido muitas resenhas deste livro e confesso que inicialmente tinha uma outra visão dele que de cara me fez repudiá-lo... só que agora eu quero muito lê-lo, não só pelos seus elogios, mas também porque percebi que a trama tem um poder de evolução e conquista muito forte!
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Esse livro... lindo lindo...
    Chorei muito. Imagino um filme desse livro. Seria perfeito, né Michele?!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Um dos livros mais emocionantes de 2015. Chorei horrores! Escrita perfeita!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...