Blogger Widgets

[Resenha #767] One Man Guy - Michael Barakiva @EditoraLeya


One Man Guy
Michael Barakiva
ISBN-13: 9788544102503
ISBN-10: 8544102506
Ano: 2015
Páginas: 272
Editora: LeYa
Skoob
Classificação: 4 estrelas
Compre: Saraiva

Sinopse:
Um romance sobre dois garotos, dois mundos e um encontro. Ethan é tudo o que Alek gostaria de ser: confiante, livre e irreverente. Apesar de estudarem na mesma escola, os dois garotos pertencem a mundos diferentes. Enquanto Ethan é descolado e tem vários amigos, Alek tem apenas uma, Becky, e convive intensamente com sua família e a comunidade armênia. Mesmo com tantas diferenças, os destinos de Ethan e Alek se cruzam ao precisarem frequentar um mesmo curso de férias. Quando Ethan convence Alek a matar aula e ir a um show de Rufus Wainwright no Central Park, em Nova York, Alek embarca em sua primeira aventura fora de sua existência no subúrbio de Nova Jersey e da proteção de sua família. E ele não consegue acreditar que um cara tão legal quer ser seu amigo. Ou, talvez, mais do que isso. One Man Guy é uma história romântica, comovente e engraçada sobre o que acontece quando as pessoas saem de suas zonas de conforto e ajudam o outro a ver o mundo (e a si mesmo) como nunca viram antes. “Só sei que gosto de estar aqui com você e não consigo me imaginar querendo mais ninguém. Isso basta para você?”



One Man Guy é um relato romântico entre dois jovens, Alek e Ethan. Alek é um rapaz descendente de armênios que teve uma formação familiar rigorosa, onde os pais exigiam que ele fosse mais que perfeito desde seu comportamento pessoal a suas notas na escola. Sendo assim ele sempre foi um garoto extremamente estudioso e centrado. Possui uma única grande amiga chamada Becky, uma menina corajosa e divertida. Por outro lado temos Ethan, um jovem descolado, que tem muitos amigos e adora andar de skate.

Alek e Ethan acabam por se conhecere na escola de verão e a vida de Alek dá uma guinada quando ele se vê atraído por Ethan. Eles começam há passar muito tempo juntos e Ethan ensina a Alek a levar a vida de maneira mais alegre e descontraída, além de ensiná-lo a ser mais otimista. Ethan quer ser muito mais do que um bom amigo para Alek, mas Alek que nunca tinha conjecturado ter um namorado não sabe que decisão tomar.


One Man Guy é um romance onde Alek tem que enxergar a si mesmo e principalmente se descobrir como um garoto gay. Ao longo da narrativa, ele esmiúça sua percepção de como sua descendência, família e amizades exerceram influência sobre sua personalidade. As descrições tão bem escritas do autor Michael Barakiva lançam o leitor no mundo de descobertas de Alek, sem falar na química surpreendente entre os dois que é um sopro de refrescância na leitura.


A confiança de Ethan e a certeza sobre sua sexualidade é algo natural e ver Alek aprendendo sobre sua identidade sexual é realmente especial.

Realmente é uma leitura muito gostosa e pura. Recomendo bastante, pois a forma como este livro promove uma cultura de acolhimento e entendimento, onde o amor é engrandecido, não incomodando a opção sexual dos envolvidos quebra preconceitos e nos remete a uma sociedade realmente civilizada.

12 comentários:

  1. A Verdade Em Poesia, está a tentar visitar a todos os seus seguidores,para deixar abraço amigo e agradecer por termos ficado juntos mais um ano,desejar também que este ano lhe traga muitas alegrias, e grandes vitórias.
    Atenciosamente. António.
    PS. tive de seguir outra vez porque estava sem foto, ou sem endereço.

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esse livro, mas, já estou louca pra ler.
    Eu adoro romances homossexuais e amo livros sobre autoconhecimento.
    Esse livro parece ser muito bonito e singelo.
    Com certeza, vou ler.
    Beijosss!!!

    ResponderExcluir
  3. Ainda não tinha visto esse livro e nunca imaginei que seria um romance entre dois garotos porque eu vi esse de blusa rosa e pensei que fosse uma menina! Mais enfim! Esse livro me chamou a atenção principalmente pelos garotos serem de culturas totalmente diferentes. One Man Guy deve ser um livro bem bonito e tocante. Espero poder lê-lo algum dia! Sua resenha desse livro foi ótima Nádya, Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é tocante e fala de descobertas! Uma excelente leitura!

      Excluir
  4. Já tinha visto esse livro antes, mas nunca tinha chamado minha atenção, parece ser bom e bem genuíno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thaise a história é muito singela! Leia um dia! Beijos!

      Excluir
  5. Parece um livro bom e uma historia bonita.
    Mas eu acho que não conseguiria ler...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pq Luana? Dê uma oportunidade, quem sabe você não curta? Beijos!

      Excluir
  6. Oi Nadya!

    Esse livro tá na minha lista de desejados desde que vi o Victor do Geek Freak falando dele. Sem contar que eu adoro romances gays, são sempre tão fofos, mesmo com a quantidade de problemas. Sei lá, acho que esse tipo de livro é bom pra propagar o amor sem preconceito, né?

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...