Blogger Widgets

[Resenha #768] A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida - Laura Tait E Jimmy Rice @EditoraLeya


A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida
Autores: Laura Tait E Jimmy Rice
Capa comum: 356 páginas
Editora: LeYa
Idioma: Português
ISBN-10: 8544102301
ISBN-13: 978-8544102305
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Submarino / Saraiva

Sinopse:
O primeiro amor. Uma segunda chance. Todo mundo faz planos para o futuro. Mas será que a vida sempre leva aos caminhos desejados? Viajar pelo mundo, ter o emprego dos sonhos, um grande amor do passado. Cada um imagina que sua vida acontecerá de uma maneira diferente. Perto de completar trinta anos, Holly e Alex, que não se veem há onze anos, voltam a se encontrar por acaso. Como o reencontro vai afetar a vida desses velhos amigos de infância? Na adolescência a amizade escondia uma grande paixão não revelada. E que, mesmo com o passar dos anos, continuou na memória como lembrança ou arrependimento do que poderia ter sido. O que aconteceria se o destino reservasse a possibilidade de viver uma segunda chance, tanto na vida quanto no amor? A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida tem esse gostinho de primeiro amor. Com um enredo leve, romântico e engraçado, este casal de protagonistas te conquistará logo nas primeiras páginas.



A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida relata a história de dois amigos de Holly e Alex, que foram amigos desde o início da adolescência e eram simplesmente inseparáveis.

Alex sempre foi um apaixonado por Holly e ela não tinha certeza do que sentia realmente por ele. Alex como todo típico adolescente sempre teve muito receio de falar para Holly dos seus reais sentimentos com medo de ser rejeitado ou até mesmo perder a amizade que ele tanto estimava. Somente no fim do ensino médio nossa mocinha por fim reconhece que também sente algo por Alex e quando ela finalmente dá o primeiro passo ele simplesmente a ignora, fingindo que não está nem aí para ela e sua afeição (fiquei passada com essa atitude dele).


Alex continua na cidade de Mothston enquanto Holly vai fazer faculdade em Londres. Com isso eles perdem o contato e só vão reacender aquela velha amizade onze anos depois, quando já estão beirando os trinta anos.

Passado esse tempo, Alex deixou Mothston, sua antiga cidade, sua vida pacata e certinha, mudando-se para Londres. Ele é professor e tem mania de zombar de si mesmo e de tentar mudar a vida de seus alunos adolescentes problemáticos. Ele nunca se esqueceu do sua amiga Holly, que foi embora fazer faculdade e nunca mais voltou.


Já Holly agora está em um relacionamento um pouco estranho com seu chefe, que mantém isso em segredo e ela fica naquela eterna espera que um dia ele declare o seu amo por ela. Holly é obstinada, arrojada e está presa em um emprego que não traz satisfação para sua vida.

E como essas duas pessoas que tomaram rumos tão distintos se reencontram? Elementar meus caros amigos, a mãe da Holly fica sabendo que Alex está em Londres e com a melhor das intenções manda o e-mail da filha para o pai de Alex para que este entregue ao filho, afim de que ele entre em contato com sua amiga da adolescência. Dessa maneira eles se reencontram e acabam por reacender aquela velha amizade, dividindo segredos, sonhos, bons vinhos, e de quanto eles tinham um relacionamento extremamente satisfatório para ambos. Porém aquele velho medo da adolescência vem à tona e ambos têm medo de nutrirem sentimentos não correspondidos. Será que mais uma vez duas pessoas que parecem terem sido feitas um para o outro vão deixar o receio de lado e por fim deixar o amor assumir as rédeas do relacionamento? Muita coisa vai acontecer nesse reencontro e infelizmente mais nada posso revelar.


O livro mescla passado e presente e nos oferece uma grande visão sobre os personagens e o que eles passaram. É ótimo parar e ler os dois lados da mesma história sobre a visão da Holly e Alex. Você consegue entender melhor os personagens e o que se passa na cabeça de ambos.

A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida é uma excelente comédia romântica, uma narrativa clichê mais altamente contagiante. É uma história sobre oportunidades perdidas, amores esquecidos e também sobre aquelas segundas chances surpreendentes que raramente acontecem, mas quando existem e são bem aproveitadas é capaz de mudar vidas de maneira irremediável.

15 comentários:

  1. Adoro quando a narrativa alterna entre o passado e o presente.
    Gostei muito da proposta do livro e amei sua resenha.
    Fiquei suuuuper curiosa para ler.
    Sem falar nessas ilustrações LINDASSSS.
    Beijossss!!

    ResponderExcluir
  2. Sua resenha foi ótima Nádya!☺
    Adoro quando o livro mistura passado com o presente e a proposta desse livro parece ser genial. E como eu nunca dispenso um drama, é claro que vou dar uma chance! E essa história de amor de infância ou de jovens é sempre complicada quando chega a vida adulta!
    E essas ilustrações na capa???!!! São lindas demais!

    ResponderExcluir
  3. Parece ser uma estória fofa! fiquei com muita vontade de ler... e para mim tem um atrativo a mais: o livro se passa em Londres! hahaha <3

    ResponderExcluir
  4. Eu amoooooooooooooooooooo livros clichês e esse parece ser muito bom! Adoro quando a narrativa é contada pelo presente e passado <3
    Amo essa capa e estou com muita vontade de ler!!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ná!
    Adorei! Quero ler. Esse tipo de livro é o que gosto.
    Pela capa, parece um romance um pouco triste. Mas sua resenha mudou essa visão, me deixou com vontade de ler.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  6. Oi Nadya!

    Ai esses draminhas adolescentes... Ainda bem que meu melhor amigo é gay, imagina que lokura. Tenho vontade de reencontrar o meu primeiro amor daqui alguns anos, deve ser muito estranho e ao mesmo tempo emocionante. Se tem uma coisa que eu gosto é de livros que narram passado e presente, a gente tem uma visão bem melhor da história. Fiquei bastante curiosa!

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkk... adorei. Tb sonho em encontrar amores do passado, mas quando penso na trabalheira que vai dar desisto! 😄😄😄😄😄

      Excluir
  7. Adoro esse tipo de história e essa viagem no tempo... Já quero ler!!! Próximo da lista.

    ResponderExcluir
  8. Enquanto lia a resenha só minha à cabeça o livro "Simplesmente acontece", devido a algumas semelhanças bem notáveis hahaha mas enfim, essa parece uma leitura bem leve e divertida, sem falar a capa... um charme!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...