Blogger Widgets

[Resenha #770] Tropas Estelares - Robert Heinlein @editoraaleph



Tropas Estelares
Robert A. Heinlein
ISBN-13: 9788576572206
ISBN-10: 8576572206
Ano: 2015 
Páginas: 364
Idioma: português
Editora: Aleph
Skoob
Classificação: 4 estrelas
Compre: Submarino

Sinopse:
Alistar-se no Exército foi a primeira – e talvez a última – escolha livre que Juan Rico pôde tomar ao sair da adolescência. Apesar do árduo e rigoroso treinamento pelo qual é obrigado a passar, o perseverante recruta está determinado a tornar-se um capitão de tropas. No acampamento militar, ele aprenderá a ser um soldado. Mas apenas ao final de seu treinamento, quando, enfim, a guerra chegar (e ela sempre chega), Rico saberá por que se tornou um. Vencedor do prêmio Hugo e um dos maiores clássicos da ficção científica mundial, Tropas estelares traz um enredo repleto de ação, tecnologia, superação de desafios, guerras espaciais e complexas relações políticas e humanas. A obra foi adaptada para o cinema pelo diretor Paul Verhoeven.


Resenha:

Em Tropas Estelares, o mundo é regido por uma ordem mundial chamada Federação Terrana. Nesta sociedade moderna, a cidadania bem como o direito a votar, não é mais uma garantia coletiva e a forma de conquistar essa cidadania é se voluntariar para o serviço militar. 


Assim, construido em um futuro onde as viagens espaciais são normais, o romance é uma narrativa em primeira pessoa contada por Juan Rico (Johnny), filho único de uma família rica amadureceu com tranquilidade e relativo conforto, e acaba se alistando na juventude no serviço militar por impertinência indo de encontro aos sonhos e aspirações de seu pai. Ele falha na tentativa de ingressar na Federação Terrana, e acaba se tornando um membro da Infantaria Móvel da Federação, linha de frente do Exército. Assim, Rico registra seu alistamento e seu tempo no campo de treinamento.


A história prossegue com Rico através de seu treinamento, quando a guerra se inicia, colocando Rico em circunstâncias aonde ele de fato testemunhará a luta entre mundos distintos. O inimigo é uma espécie aracnídea, também conhecidos por Bugs. Eles formam uma sociedade avançada, e possuem tamanhos correspondentes aos dos seres humanos e em alguns casos alturas descomunais.




A descrição dos combates é realmente atrativa, e possui uma leitura rápida e descomplicada, mas o que me chamou a atenção é que o autor Heinlein tenta construir uma sociedade ideal com pessoas imperfeitas. Em seu mundo, as pessoas só podem ganhar o direito de votar caso se inscrevam no exército e sirvam por pelo menos dois anos. Para ele o direito de votar é uma forma de poder e uma pessoa só está apta a tomar decisões para uma sociedade, caso também esteja disposto a morrer por ela. Bem extremista na verdade essa opinião, mas extremamente revolucionária.

A edição do livro está elegante, folhas amareladas e fonte agradável para a leitura. No final da obra temos uma entrevista realizada com Ugo Bellagamba e Éric Picholle, dois biógrafos do autor Robert A. Heinlein, no qual aprendemos a influência do autor para o gênero da ficção científica.

18 comentários:

  1. Que livro lindo!
    Já conheço a história, mas, nunca li o livro.
    Adorei saber que a leitura é rápida e descomplicada.
    Geralmente, livros como esse são densos e chatos de ler.
    Adorei a resenha!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  2. Já ouvi falar da história e li algumas resenhas desse livro em alguns blogs. Confesso que perdi um pouco o interesse com Distopias, por vários motivos, mas foi bom saber que esse livro tem uma leitura rápida e descomplicada!
    Sua resenha foi ótima! ^_^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Wagner. Quem sabe um dia você retome o gosto pelas Distopias. Beijo grande!

      Excluir
  3. Uau, confesso que fiquei bem curiosa pra ler o livro!
    Ei, confira o nosso blog, um post fresquinho de como surgiu o blog Grande Metamorphose ♥
    Grandemetamorphose.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Vou passar por lá sim! Beijos!

      Excluir
    2. Que maravilha que o livro despertou seu interesse! Beijos!

      Excluir
  4. Fico com medo dessas leituras serem massivas, mas fico contente em saber que esse livro é diferente, com uma leitura descomplicada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem sabe um dia você não dê uma oportunidade a história? Beijos!

      Excluir
  5. Oi, Nadya. Me encantei, primeiramente, pela capa quando vi o lançamento de Tropas Estelares. Mas, gostei bastante da premissa e narrativa criada pelo autor, toda a história envolvendo política e militar. Com certeza, o livro aparenta ser bem denso com uma proposta reflexiva enorme. Gostei!

    Resenha | O Garoto Quase Atropelado ||| ➸ Participe do nosso Top Comentarista ❤!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ycaro! Muito obrigada pela presença! Fico feliz que tenha gostado! Beijos!

      Excluir
  6. Olá! Nunca tinha ouvido falar desse livro, acredita? Acho que seria uma boa pra mim, já que quase nunca leio livros de ficção científica. Essa temática de vida "vida na Terra após muitos e muitos anos" é bastante interessante :B
    Thaís na Cidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois te indico a leitura amiga! Acredito que você iria adorar!

      Excluir
  7. Não conhecia o livro e a historia não me chamou muita atenção. Achei linda as fotos, a diagramação parece ser muito linda!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peninha Luana. Mas vamos encontrar uma leitura que te agrade! Você curte o que? Beijos!

      Excluir
  8. Oi Nadya!

    A Aleph sempre capricha nas edições, não é mesmo? Dá vontade de ler só pela capa e diagramação maravilhosos. Fiquei curiosa para ler por causa das descrições dos combates, esses temas me atraem demais, fazem a leitura ficar mais rápida mesmo.

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, Ná!
    Ouvi falar que vai ter um filme ou é uma série desse livro. o/
    Adoro ficção-científica. Com certeza vou gostar.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  10. Gosto de histórias intergaláticas e coisas afins... Mas detestei o ser arac... (não gosto nem de dizer o nome)....kkkk.... Mas a resenha está excelente!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...