Blogger Widgets

[Resenha #805] O cemitério - Stephen King @Suma_BR


O Cemitério
Stephen King
ISBN-13: 9788581050393
ISBN-10: 8581050395
Ano: 2013
Páginas: 424
Editora: Suma de Letras
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Saraiva

Sinopse:
Louis Creed, um jovem médico de Chicago, acredita que encontrou seu lugar naquela pequena cidade do Maine. A boa casa, o trabalho na universidade, a felicidade da esposa e dos filhos lhe trazem a certeza de que fez a melhor escolha. Num dos primeiros passeios familiares para explorar a região, conhecem um "simitério" no bosque próximo a sua casa. Ali, gerações e gerações de crianças enterraram seus animais de estimação.



Para além dos pequenos túmulos, onde letras infantis registram seu primeiro contato com a morte, há, no entanto, um outro cemitério. Uma terra maligna que atrai pessoas com promessas sedutoras e onde forças estranhas são capazes de tornar real o que sempre pareceu impossível.

Sim! Mais um livro do King! Depois de um prévio preparo lendo outros livros mais “leves” do Stephen King”, comecei a ler os mais “pesados”, ou seja, aqueles que os leitores julgam ter mais medo quando leem. Tenho que concordar com todas as opiniões que vi, esse é o livro de King que li e tive mais medo... até agora.


A editora Suma de Letras está publicando novas edições com diferentes capas dos livros de Stephen King, e estou amando! Acho elas bem mais harmoniosas e bonitas do que as antigas... a desse livro não foi diferente, ponto para a edição e para a capa! Quanto a escrita do autor não tenho nem o que falar, ela é clara, envolvente como dos outros, não é à toa a fama que o King tem como escritor, virei fã na primeira página do primeiro livro que li!


Nesse livro o médico Louis Creed se muda de Chigaco, com a sua mulher Rachel, e seus dois filhos, Ellie e Gage, em busca de uma nova vida no Maine onde ele vai assumir um cargo de médico no ambulatório da Universidade local; só a título de curiosidade, muitas estórias que o King escreve se passam no estado do Maine, nos Estados Unidos, onde ele nasceu.

“ Na madeira, em tinta preta meio apagada, liam-se com dificuldade as palavras “simitério” de bichos” “. Pág 43





 
Ao chegar na casa nova, cheio de esperanças com a sua família, Louis não tem noção do que lhe aguarda ali; logo no início do livro ele conhece seus vizinhos Jud e Norman, que vão desempenhar papel essencial na estória. Quando se muda através do vizinho, Louis fica sabendo que há um “simitério” de bichos em um bosque por trás do seu terreno, onde as crianças locais enterram seus animais; um tempo depois o vizinho Jud leva ele e toda família para conhecer o tal “simitério”.




As coisas começam a desandar para Louis quando no seu primeiro dia de trabalho, um estudante morre em circunstâncias diferentes no seu ambulatório e lhe fala sobre a existência de outro cemitério muito pior e misterioso por trás do “simitério” dos bichos; o protagonista tenta ignorar as coisas sem sentido que escuta, mas isso se torna difícil com o desenrolar de acontecimentos sobrenaturais após a morte do rapaz.


“Louis tentou gritar e tudo a sua volta girou...Mas ainda ouvia, na profundeza enluarada daquela noite, o chocalhar dos ossos em movimento”. Pág 91



Num dos episódios estranhos que começam a cercar a vida de Louis Creed, ocorre quando o gato de sua filha, Church, é atropelado na rodovia, seu vizinho, Jud, o leva até o tal cemitério misterioso e lá ele enterra o gato. E Louis pela primeira vez começa a desconfiar que algo estranho existe naquele lugar quando o gato aparece “vivo” na sua casa no dia seguinte.

“Era por volta de uma hora da tarde quando Church voltou como um gato de conto de fadas”. Pág 156


“ – Posso lhe fazer mais uma pergunta? – disse Louis.
  - Faça – responde Jud.
  - Alguém já enterrou uma pessoa lá em cima? “ pág 175

Todos os personagens são bem desenvolvidos ao longo da estória, e em todo livro de King você sabe que ele não menciona um personagem à toa durante o enredo. Terminei a leitura do livro com pena e apegada a estória mais uma vez! O que vocês estão esperando? Leiam King!


“ – Você sabe porque estou aqui – disse Jud – Você está pensando em coisas que não devem ser pensadas, Louis”. Pág 269

3 comentários:

  1. Menina que resenha maravilhosa! Como grande fã do Stephen King esse é um dos livros que mais gosto dele. Adoro todo o clima da história, o suspense que penetra por nossa pele. Com certeza uma leitura imperdível! Um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Nádya! Amo o King! É difícil escolher um preferido, mas " O cemitério" é um deles! bjs

      Excluir
  2. Amo o autor, é um dos meus favoritos (senão O Favorito! hahaha), já li dezenas de livros dele, mas pasme: nunca li O Cemitério, que é um dos mais clássicos de todos.
    Tenho certeza que deve ser um ótimo livro, pois sou puxa-saco mesmo hahahaha Logo logo tirarei esse atraso. :)

    Mago e Vidro

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...