Blogger Widgets

[Resenha #831] Onde Cantam os Pássaros - Evie Wyld @DarkSideBooks



Onde Cantam os Pássaros
Evie Wyld
ISBN-13: 9788566636529
ISBN-10: 856663652X
Ano: 2015
Páginas: 256
Editora: DarkSide® Books
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Submarino


Jake Whyte vive sozinha em uma velha fazenda, em alguma ilha britânica anônima, um lugar de chuvas incessantes e ventos violentos. Apenas ela, seu companheiro indomado, Cão, e um rebanho de ovelhas. Mas algo tem vindo atrás dos animais – de tempos em tempos algo surge à noite, arrebata uma ovelha e a faz em pedaços. Poderia ser qualquer coisa. Há raposas na mata, um rapaz estranho e um homem esquisito, rumores sobre uma fera obscura e formidável. E há o passado desconhecido de Jake, talvez invadindo seu presente, uma história escondida há anos e há milhares de quilômetros, em uma paisagem de cores e sons diferentes. Uma história contada nas cicatrizes que cobrem suas costas.




Em "Onde Cantam os Pássaros", Evie Wyld cria uma personagem inesquecível em Jake Whyte, uma mulher australiana alta, grande e forte com um passado conturbado, que, no presente, emigrou para uma ilha remota na costa da Inglaterra para viver sozinha em uma fazenda de ovelhas isolada, com apenas um cachorro de companhia.





Seu único contato humano é Don, o homem de quem ela comprou a fazenda, ele está sempre tentando lhe encorajar para ser mais sociável, para ir para a cidade e conhecer pessoas, porque embora ela seja capaz de fazer tudo sozinha na fazenda, ele vê sua teimosia e comportamento anti-social como não natural, e insiste em que, os agricultores precisam formar uma espécie de comunidade, e seu isolamento é prejudicial a si mesma, e para o sucesso do rebanho.




Parece que algumas vidas estão apenas destinadas a seguir um caminho implacavelmente trágico, e a vida de Jake parece estar atravessando isso muito claro, como ela agora encontra-se determinadamente a perseguir um monstro indescritível que está perseguindo e matando suas ovelhas. Inicialmente, Jake acredita que é o trabalho dos adolescentes locais, mas, em seguida, outras coisas estranhas começam a acontecer - ruídos no meio da noite, a sensação de estar sendo observada, rumores de um animal misterioso... e depois uma noite Jake conhece um homem, Lloyd, e os dois entram com um arranjo que se torna uma espécie de amizade, apesar das reservas de Jake e sua resistência emocional.


"Outra ovelha, mutilada e coberta de sangue, as vísceras ainda frescas e o vapor subindo dela como um pudim recém-cozido. Corvos esvoaçam e crocitam, com os bicos reluzentes, e quando agito meu cajado eles voam para as árvores, observando, abrindo suas asas."

"Não existe fuga. Não existe proteção. O passado sempre nos encontra, no meio ou no fim da nossa curta jornada"






Intercaladas com a história de Jake e Lloyd é a história do passado de Jake, em ordem inversa, como nós aprendemos o que a levou a fugir da Austrália, e a fonte de suas cicatrizes físicas e emocionais. A estrutura dessa narração é bastante inteligente e muito eficaz, com duas narrativas interligadas, uma no dia de hoje, e outra no passado. Esta estrutura foi um pouco confusa no início, mas logo veio o entendimento que a história não poderia ter sido contada de outra forma. Em vez de estragar a tensão ao revelar o que aconteceu, os capítulos australianos aumentarão progressivamente a tensão como cada capítulo mostra o que aconteceu antes, deixando o leitor com fome de saber mais, e cada vez mais preocupado com o que se pode encontrar. Também aumenta a pungência, com o leitor sabendo que algumas esperanças e expectativas estão condenados a se cumprir, como seu resultado já foi revelado.





Que capa mais linda tem esse livro? Que trabalho excepcional que a editora fez! Tenho que dizer que é uma das capas mais bonitas que tenho em minha estante. A editora mais uma vez nos traz um trabalho primoroso, com tudo perfeito, desde a diagramação, revisão até a tradução. Digo novamente, queria que todas as editoras fossem iguais a Darkside e nos presenteassem com um livro mais lindo do que o outro.




"Onde Cantam os Pássaros" tem um enredo fascinante, a escrita da autora é de tirar o fôlego. Sombrio, inquietante, estranho e selvagem. Este é um romance estranho e maravilhoso. Com segredos obscuros e perseverança em situações impossíveis, e apesar do final ambíguo, eu gostei, pois tem que saber apreciar a obra, e ler com calma. Recomendo está história emocionante com muita profundidade e surpresas.




6 comentários:

  1. Acho esse livro tão lindo. Adorei as fotos e a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  2. Adorei as fotos Mi!! Também vi esse na livraria, a editora sempre faz um ótimo trabalho.
    Parece ser um bom livro mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha! faz tempo que quero ler esse livro, espero ler em breve!!!! bjs...

    ResponderExcluir
  4. Mi!
    Livro onde tem animais é sempre interessante aos meus olhos.
    E uma protagonista tão reservada, vale a pena acompanhar o enredo para ver o que irá acontecer.
    “Não basta saber, é preferível saber aplicar. Não é o bastante querer, é preciso saber querer.” (Johann Goethe)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de março com 4 livros 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Parece que esse livro é muito 8 ou 80, né? Tenho visto ou resenhas super elogiando o livro, ou outras malhando pra caramba hahaha

    Mago e Vidro
    | Sorteio DamnedGirls | NOVE livros pra você!

    ResponderExcluir
  6. Oi Mi!

    Tenho esse livro aqui em casa há muito tempo que comprei unicamente para completar a minha coleção DarkLove, porque dizem que a gente não pode deixar essa capinha rosa fofinha enganar a gente, né? Fico com medo da forma de narração também, todo mundo acha um pouco confusa. A DarkSide sempre faz esses livros maravilhosos, melhor editora ever!

    Beijo!
    http://www.roendolivros.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...