Blogger Widgets

[Resenha #839] Tubarão - Peter Benchley @DarkSideBooks


Tubarão
Limited Edition
Peter Benchley
ISBN-13: 9788566636369
ISBN-10: 8566636368
Ano: 2015
Páginas: 276
Idioma: português
Editora: DarkSide® Books
Classificação: 5 estrelas
Compre: Saraiva

Sinopse:
Devore, ou seja, devorado!
Você não está vendo, mas ele está lá no fundo, observando suas pernas se mexerem nas águas turvas. A mais perfeita máquina assassina da natureza, o predador que mantém seu posto no topo da cadeia alimentar desde a época dos dinossauros. Um torpedo de carne, ossos e dentes. Não há para onde fugir. Se você sempre devorou livros, chegou a hora da revanche.
Tubarão é o clássico romance de Peter Benchley que deu origem ao primeiro blockbuster de Steven Spielberg. Mas, mesmo antes do sucesso na telona, o frenesi alimentar de Jaws se transformou num fenômeno de vendas. O best-seller internacional foi o principal responsável em elevar a fera de barbatanas dorsais ao status de perfeita encarnação do mal. Se já existiu um bicho-papão na natureza, ele está dentro d'água.
A história se passa em Amity, um balneário ficcional situado em Long Island, Nova York. Quando o corpo de uma turista é encontrado na praia o chefe de polícia Martin Brody ordena o fechamento das praias da região. Mas o prefeito Larry Vaughan, mais preocupado com o dinheiro dos veranistas, consegue abafar a notícia e libera o banho de mar na cidade. O banquete está servido.
O impacto dessa obra pop foi tão violento, que gerações passaram a pensar duas vezes antes de cair no mar. O resultado, além das intermináveis semanas do tubarão na TV a cabo, foi a perseguição desenfreada a esses peixes de dentes afiados. Benchley se tornou um ativista contra a matança indiscriminada dos tubarões.
Ao completar 40 anos, Tubarão volta às praias brasileiras com aquele toque feroz que só a DarkSide Books consegue dar.



Tubarão de Peter Benchley nos traz a história de um colossal tubarão branco que escolheu o balneário de Long Island, no pequeno município de Amity como seu local predileto no mundo inteiro para devorar turistas desavisados. Sua fome voraz e assassina aterroriza os turistas e prejudica toda a economia da ilha que basicamente vive do turismo no verão para passar o restante do ano.




O protagonista da história, além do espécime glutão, é Brody, um homem de meia idade que é o chefe de polícia da pequena ilha. Brody é o típico pai de família, casado há 20 anos com Ellen Brody, tem três filhos e se envaidece do fato de que não houve uma fatalidade em Amity desde 1957.




Infelizmente nem tudo são flores para Martin Brody, sua esposa Ellen, é infeliz com a vida que leva e sempre desejou ter tido um futuro mais estimulante.  Em uma certa noite Brody é repentinamente desperto com uma chamada de seu assistente, o policial Len Hendricks, de que uma turista está desaparecida e ao investigar o ocorrido ele nota se tratar de um ataque de tubarão.

Brody se vê divido entre manter o balneário aberto e preservar a sobrevivência dos comerciantes já que ele tem um grande entrave no caminho, que é o prefeito Larry, que não permite a evacuação imediata dos veranistas, pois ele também se encontra em grande pressão por parte dos hoteleiros, empresas locais e claro, sua cobiça pessoal em manter a praia aberta e faturar sempre mais com os turistas que movimentam o comércio local. 






Como já era esperado, Brody tem uma decisão difícil, e pressionado entre a cruz e a espada não sabe o parecer correto a se tomar, interditar a ilha e salvar veranistas, amigos e população local de serem a próxima refeição da máquina mortífera branca ou partir numa expedição suicida em busca do tubarão e fazer um sushi do grande predador.




k


O livro com certeza trouxe a comodidade de conhecer mais profundamente informações que se encontravam por trás dos ataques do tubarão, não se dirigindo apenas aos arroubos canibais do predador, mas mostrando o temor de um fechamento prematuro de uma praia que atraia banhistas que eram a fonte de renda principal dos habitantes local.




O melhor fato do livro Tubarão com certeza foi o estilo de escrita extremamente simples e os personagens bem desenvolvidos, incluindo o próprio Tubarão, onde muitas vezes pudemos experimentar a investida mortal, a partir da perspectiva do mocinho assassino. Um sacada de mestre por assim dizer!


Para quem assistiu ao filme garanto que tem algumas mudanças em relação a história, principalmente quando a esposa de Brody se revela uma vadia completa ao se sentir negligenciada pelo marido, que embora fosse irritante, tentava realizar um trabalho bem atribulado. A mulher entediada resolve se envolver com o biólogo Hooper, que irrefletidamente resolve fechar o pacote completo: amigo e consultor de Brody e nas horas vagas amante de Ellen.


Exclusivo em sua linguagem e narrativa, Tubarão não se tornou um grande clássico do dia para a noite. Este é um livro consideravelmente excelente que tive a felicidade de perscrutar, uma daquelas obras que o leitor pode devorar sem medo.





Quanto a edição que tive o prazer de ler, foi em capa dura. A diagramação é primorosa e as páginas externamente são vermelhas! A DarkSide está produzindo apenas clássicos de qualidade e garanto que a cada livro lançado eu vou ficando mais e mais apaixonada e falida. Leitura mais do que recomendada moçada! Aproveitem!



11 comentários:

  1. O livro parece ser lindo! Realmente a darkside capricha bastante em seus livros! Eu não acredito que esse é meu tipo de leitura, mas, se tivesse a oportunidade, sem dúvidas eu daria uma chance!
    Beijos,
    Déia
    Own Mine

    ResponderExcluir
  2. Olá :)
    Sou louco por esse livro e estou juntando um dinheiro para comprar uns livros da Drakside porque tem ada livro bom <3 Fiquei com mais vontade ainda de ler esse livro depois de sua resenha.
    Abraço
    http://interessantedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. eu já li tem uns anos e quando vi que a DarkSide ia lançar, pirei. Pretendo ter a versão brochura em meu acervo, que eu gostei mais do que a de capa dura... mas ambas são bonitas... a história é incrível, e eu já vi o filme tbm, quando era pequena... preciso nem dizer que minha torcida é pro Tubarão, né??? kkkkkkkkkkkkkk


    bjs...

    ResponderExcluir
  4. Oiii, tudo bem?
    Eu ainda não tive oportunidade de realizar a leitura deste livro, porém eu tenho uma das primeiras edições lançada deste livro, que é bem diferente! Essa eu pirei quando soube iriam lançar, quem sabe eu compre ainda kkkkkkkkk sempre amei o Tubarão.
    Beijão

    ResponderExcluir
  5. Nádya, que resenha ótima!
    Infelizmente não sou muito de ler esse tipo de livro, mas é impossível não ficar babando.
    Sei que não lerei, mas vou indicar para meu noivo que gosta do estilo.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  6. Sou apaixonada pelos livros da Darkside, a começar pelas capas. Ainda não tive oportunidade de ler "Tubarão", mas sua resenha (e fotos) aguçaram ainda mais minha curiosidade!

    Parabéns!Bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Nádya, adorei sua resenha, parabéns! Essa é uma obra incrível, já faz um tempinho que estou querendo adquirir esse edição capa dura (a DarkSide vai me falir), acho que a editora tem um carinho sem igual para com suas obras, para a alegria dos leitores.
    A história é nostálgica, adorava assistir o filme na "Sessão da tarde".

    Abraços
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  8. Oie.
    Sou apaixonada pela Dark. Então, óbvio que ia adorar esse livro.
    Ainda não, mas já me apaixonei pela capa, diagramação, o detalhe nas folhas. Tudo!
    Eu já não entro muito no mar por conta de ter ouvido uma vez que o fenômeno de "grudência" após sair do mar é causado pelo esperma da baleia, agora é definitivo que eu não entro.
    Mesmo eu sabendo que o tubarão não tem instinto assassino, mas sim curiosidade, é bom prevenir do que remediar.
    Claro eu este livro também entrou para a minha lista de desejados!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Hello!
    A capa de Tubarão feito pela Darkside está linda e dá medo!
    Já tinha visto o filme e agora fiquei curiosa com o livro.
    Bom saber que o estilo de escrita é extremamente simples e os personagens bem desenvolvidos, faz mta diferença para mim.
    Essa edição de luxo está arrasando mesmo.
    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    As Edições da DarkSide são maravilhosas e essa capa é de dar medo!
    Gostei da sua resenha e fiquei bem curiosa com a história, eu não assisti ao filme então não sei como é e tal. Espero ter a oportunidade de conferir e saber como essas pessoas da ilha irão lhe dar com esse tubarão.

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Nádia,
    Esse é mais um dos livros da DarkSide que eu sou louca pra ler, passei a infância e parte da adolescência sendo aterrorizada por esse tubarão na sessão da tarde e quero muito que ele me aterrorize lendo também. Beijks

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...