Blogger Widgets

[Resenha #841] A Indomável Sofia - Georgette Heyer @editorarecord



A Indomável Sofia
Georgette Heyer
ISBN-10: 8501401226
ISBN-13: 978-8501401229
Ano: 2016
Páginas: 406
Editora: Record
Idioma: Português
Classificação: 5 estrelas
Skoob
Compre: Submarino


Sinopse: Sofia Stanton-Lacy é alegre, impulsiva e de uma franqueza desconcertante, características que não combinam com o que se espera de uma mulher em sua posição na sociedade londrina do início do século XIX. Educada durante as viagens de seu pai, órfã de mãe, ela chega à casa de sua tia em Berkeley Square para derrubar as convenções e surpreender a todos com seus modos independentes e sua língua afiada. E Sophy parece ter chegado no momento certo: seus primos estão com muitos problemas. O tirânico Charles está noivo de uma jovem tão maçante quanto ele, já Cecilia está apaixonada por um poeta, e Hubert tem sérios problemas financeiros. A prima recém-chegada decide então ajudar a todos com sua determinação e impetuosidade, e acaba enfrentando agiotas, roubando os cavalos de seu primo e atirando de raspão em um honrado cavalheiro. Embora sejam sempre mirabolantes e arriscados, seus planos sempre dão certo e tudo parece estar sob seu controle. O que ela não espera, porém, é que seu primo Charles, que aparentemente não vê a hora de arrumar um marido para ela, de repente passa a enxergá-la com outros olhos...



O livro A Indomável Sofia foi realmente uma grata surpresa. A narrativa nos apresenta Sofia, filha única de um renomado diplomata, Sir Horace que foi enviado ao Brasil na primavera, deixando – a sob os cuidados de sua tia Lady Ombersley e primos em Londres. Ela encontra uma família desestruturada, onde a prima Cecilia está completamente apaixonada por um poeta inconsequente, Hubert está realmente com sério problemas financeiros e Charles além de tomar pra si todas as responsabilidade das finanças da casa, que por sinal está afundada em dívidas de jogo, herança que seu pai deixara, ainda está noivo da senhorita Wraxton, uma mulherzinha sem sal e por assim dizer, insuportável.

 

Claro que o espírito livro, rebelde e irreverente de Sofia não deixaria toda essa crise passar em branco, e assim ela resolve ajudar a todos... O problema é que ela é repleta de boas intenções, mas seus métodos com certeza não são nada ortodoxos e acaba sempre por metê-la, e a todos, em grandes confusões.


[...] Prima, meu tio Horace nos informou que você era boazinha, que não nos causaria problemas. Está conosco menos da metade de um dia. Estremeço ao pensar na devastação que terá provocado no final de uma semana! [...]





A história é irrepreensível, e a autora Georgette Heyer nos brinda com detalhes históricos impulsionadores. Claro que o grande atrativo da narrativa é a heroína Sofia que quebra as convenções de uma sociedade repleta de regras, nunca perdendo sua honestidade, respeitabilidade e feminilidade. 





A narrativa é alegre, engenhosa e superou todas as minhas expectativas. O lado cômico e sagaz também se faz presente, principalmente nos embates verbais entre Sofia e seu primo Charles. Os personagens secundários são extremamente bem construídos e ganharam um papel de destaque por toda a história. 





Enfim a autora uniu todos os elementos necessários a uma obra de sucesso: detalhes históricos fidedignos, personagens bem delineados, heroína brilhante e diálogos consistentes.






A capa é elegante, a diagramação e fonte aprazíveis e as folhas em papel pólen um convite irresistível a um romance singular. Leitura mais do que recomendada.



1 comentários:

  1. Oi, Ná!
    Parece um romance bem bacana.
    Adoro quando as mocinhas de romances de época fazem as estruturas tremeram. hahaha...
    Beijão!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...