Blogger Widgets

[Resenha #850] Aristóteles e Dante descobrem os segredos do Universo – Benjamin Alire Sáenz @editoraseguinte @BenjaminAlireSa


Aristóteles e Dante descobrem os segredos do Universo
Benjamin Alire Sáenz
ISBN-13: 9788565765350
ISBN-10: 8565765350
Ano: 2014
Páginas: 392
Editora: Seguinte
Classificação: 5 estrelas
Skoob
Compre: Saraiva

Sinopse:
Dante sabe nadar. Ari não. Dante é articulado e confiante. Ari tem dificuldade com as palavras e duvida de si mesmo. Dante é apaixonado por poesia e arte. Ari se perde em pensamentos sobre seu irmão mais velho, que está na prisão. Um garoto como Dante, com um jeito tão único de ver o mundo, deveria ser a última pessoa capaz de romper as barreiras que Ari construiu em volta de si. Mas quando os dois se conhecem, logo surge uma forte ligação. Eles compartilham livros, pensamentos, sonhos, risadas - e começam a redefinir seus próprios mundos. Assim, descobrem que o amor e a amizade talvez sejam a chave para desvendar os segredos do Universo.


Resenha:

    “Posso ensinar você a nadar.” Essa é a primeira frase que o inteligente e confiante Dante fala para Ari, que está boiando no canto da piscina. E é com essa simples e singela frase que uma grande amizade começa. Ambos possuem nomes de grandes pensadores e, aparentemente, é só isso que eles têm em comum.


“Eu não entendia como alguém podia viver em um mundo mau e não absorver um pouco dessa maldade.” p. 28



    Dante é culto, autentico e tem um bom relacionamento com os pais. Ari se sente desajustado, é quieto e sua casa é repleta de segredos, segredos de seu pai que lutou da guerra do Vietnã, segredos sobre seu irmão que está preso e que nunca é mencionado. Em meio ao silencio, nada mais natural do que se calar. E é isso que Ari faz.


“Para ser conhecido, era preciso fazer as pessoas acreditarem que você era divertido e interessante. E eu simplesmente não era um bom fingidor.” p. 33




    A amizade que nasce entre Dante e Ari é tão bela e tão pura que nos emociona ao longo de todo o livro. Os dois leem, nadam, brincam e riem, riem muito. Juntos, eles se completam. Juntos, eles são mais felizes. Juntos, eles podem ser quem realmente são.

“Um dia vou desvendar todos os segredos do Universo.” p. 54



    Com o passar do tempo, um sentimento diferente surge entre Ari e Dante. Nenhum dos dois está pronto para lidar com isso, mas, a felicidade parece depender disso e eles dois terão de enfrentar seus próprios fantasmas.


“Imaginei como meu pai era quando tinha a minha idade. Minha mãe contou que ele era bonito. Será que era tão bonito quando Dante?” p. 75

    Acidentes, desencontros, segredos, relacionamentos, amizade e muito amor. É isso que encontramos em Aristóteles e Dante descobrem os segredos do Universo. Esse é um daqueles livros que lemos com um sorriso estampado no rosto.


“Estranhamente, minha amizade com Dante tinha feito com que me sentisse ainda mais solitário.” p. 95

    Narrado em primeira pessoa por Ari, a escrita é fluída e agradável. O livro pode ser lido rapidamente e a diagramação está perfeita. Todos os personagens são apaixonantes, inclusive os pais de Dante e de Ari. Esse é um livro que, com certeza, vale a pena ser lido por todos.


3 comentários:

  1. Eu também adorei esse livro! Sem dúvidas, a leitura é bem gostosa, e também senti o mesmo que você quanto à amizade de Dante e Ari!

    Adorei a resenha!

    Beijos,
    Déia
    Own Mine

    ResponderExcluir
  2. Sempre que vou na biblioteca pego esse livro, mas acabo desistindo de levar porque acho outro que estou com mais vontade de ler pelo caminho.... vou dar uma chance a ele! bjs

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei do livro mas não tanto quanto você.
    Faltou alguma coisa que não consigo explicar mas o livro é bom.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...