Blogger Widgets

[Resenha #905] Novembro de 63 - Stephen King @Suma_BR



Novembro de 63
Stephen King
ISBN-13: 9788539005277
ISBN-10: 8539005271
Ano: 2013
Páginas: 727
Idioma: português
Editora: Suma de Letras
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Saraiva

Sinopse:
A vida pode mudar num instante, e dar uma guinada extraordinária. É o que acontece com Jake Epping, um professor de inglês de uma cidade do Maine. Enquanto corrigia as redações dos seus alunos do supletivo, Jake se depara com um texto brutal e fascinante, escrito pelo faxineiro Harry Dunning. Cinquenta anos atrás, Harry sobreviveu à noite em que seu pai massacrou toda a família com uma marreta. Jake fica em choque... mas um segredo ainda mais bizarro surge quando Al, dono da lanchonete da cidade, recruta Jake para assumir a missão que se tornou sua obsessão: deter o assassinato de John Kennedy. Al mostra a Jake como isso pode ser possível: entrando por um portal na despensa da lanchonete, assim chegando ao ano de 1958, o tempo de Eisenhower e Elvis, carrões vermelhos, meias soquete e fumaça de cigarro. Após interferir no massacre da família Dunning, Jake inicia uma nova vida na calorosa cidadezinha de Jodie, no Texas. Mas todas as curvas dessa estrada levam ao solitário e problemático Lee Harvey Oswald. O curso da história está prestes a ser desviado... com consequências imprevisíveis. Em Novembro de 63, livro inédito de Stephen King, a viagem no tempo nunca foi tão plausível... e aterrorizante.



Não é novidade para ninguém que eu sou fã de carteirinha do King, e preciso dizer que esse livro me surpreendeu muito, primeiro porque foi uma leitura que saiu daquele gênero terror/suspense e tratou de uma viagem no tempo; e segundo porque mesmo não sendo fã número um desse temática, King prendeu minha atenção de jeito!

John F. Kennedy foi o 35° presidente dos Estados Unidos, ele exerceu seu mandato de 1961 até 1963, quando foi assassinado em Dallas durante uma visita política no dia 22 de novembro, por uma figura controvérsia, Lee Oswald. Lee foi preso pelo disparo que matou o presidente, mas dois dias depois foi assassinado durante sua transferência para a cadeia estadual. Esses acontecimentos marcaram não só o povo norte americano, mas também todo o mundo, e desde então é especulado se Oswald agiu sozinho ou não.





Nesse livro, King vai nos fazer refletir, e se Kennedy não tivesse falecido naquele fatídico dia? Como estaria a política mundial agora? A guerra do Vietnam teria acontecido? A história começa quando o professor universitário Jake Epping lê uma carta de uma turma de redação para adultos e se depara com o relato do assassinato de uma família presenciado pelo zelador da escola, Harry, Jake fica impressionado com tamanha violência em que esse homem sofrido perdeu sua mãe e seus irmãos, pouco tempo após a leitura dessa redação ele recebe um chamado urgente de Al Templeton, dono de uma lanchonete local que Jake frequenta.





Chegando lá Jake encontra Al com um câncer avançado, e este lhe diz que precisar contar uma coisa para ele. O professor fica então sabendo que na dispensa da lanchonete existe uma “toca do coelho” que permite que ele se transporte para setembro de 1958. Al pede a Jake que volte no tempo e fique até o ano de 63 para evitar a morte de JFK, o dono da lanchonete tentou fazer isso, mas devido ao estágio avançado da doença não pode esperar até o fatídico dia.


“ Isso mesmo – disse ele. – Tive de desistir. Mas você não está doente amigo. Está com saúde e na flor da idade. Pode voltar e impedir.
Ele se inclinou à frente, os olhos não apenas brilhantes, eles estavam ardentes.
- Você pode mudar a história, Jake. Entende isso? John Kennedy pode viver”. Pág 60.




Al acredita que evitando a morte do presidente Kennedy muitos acontecimentos ruins posteriores a 63 serão evitados, mas pede para Jake que só mate Lee Oswald se tiver 99% de certeza que ele agiu sozinho. Jake, fica tentado com a possibilidade de voltar no passado e não só mudar o rumo da história, mas também com a possibilidade de salvar a família de Harry, zelador da escola. Depois, de fazer um teste, e munido com as anotações de Al, Jake embarca na viagem, e assume o nome de George Amberson.

A ambientação que King faz no livro é fantástica, no próprio posfácio ele fala das inúmeras viagens que fez a Dallas para poder dar a maior veracidade possível a sua história, sem falar nas entrevistas que foram realizadas a cerca do assassinado de Kennedy e da vida de Oswald. Nesse livro também encontramos personagens do livro “IT a coisa” que parecem na cidade de Derry, nada que comprometa o entendimento do enredo se você nunca leu IT.


“ A resistência à mudança é proporcional a quanto o futuro pode ser alterado por qualquer ato dado, eu dissera a Al com a minha melhor voz professoral, e era verdade. Mas não fizera ideia do custo pessoal. Agora fazia”. Pág 229

No passsado, jake, ou melhor, George Amberson, vai passar por muitas situações e mudar o passado não vai ser tão fácil como ele imaginava, porque de alguma forma o passado se protege.  Ele também vai encontrar inesperadamente o amor da sua vida durante sua estadia no passado, além de bons amigos... mas o efeito borboleta é cruel, e mecher com o passado dessa forma pode alterar drasticamente o futuro.


“Lar é ver a lua nascer sobre a terra ampla e adormecida e ter alguém que podemos chamar à janela para olharmos juntos. Lar é onde dançamos com os outros, e dançar é viver”. Pág 346



Adorei a história, a ambientação e a escrita; esse livro é daqueles que desperta curiosidade sobre o tema abordado. A capa do livro é linda, fosca e adorei o fato da capa ser o jornal com a reportagem do assassinato logo de cara.

Estreou recentemente a mini série do livro, produzida pela Hulu, os produtores executivos são J.J.Abrams e o próprio King, e no elenco James franco interpreta Jake Epping; pretendo conferir a série em breve!






8 comentários:

  1. Oi!
    Nossa, já amei o livro, a série... vou ler com certeza! Amei a tua resenha, que me deixou super curiosa.
    Eu sou medrosa e por isso, não lei muito King, vou começar por esse que parece ser mais leve.
    Obrigada pela dica. Beijos!
    Lua.

    http://luahmelo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da resenha! Esse é um livro mais tranquilo do king para começar! bjs

      Excluir
  2. Oi Thaise, tudo bem?
    Menina, antes da sua resenha eu imaginava que esse livro era algo completamente diferente, hehe. Muito bom saber do que realmente se trata! Antes não tinha muita vontade de ler, confesso - principalmente por ser beeem grandinho - mas gente, agora simplesmente quero! Adoro esse tópico de viagem no tempo <3

    Um beijo,
    http://winterbird.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. os livros do Stephen King sempre tem uma grande quantidade de páginas kkk mas as histórias são ótimas!!! bjs

      Excluir
  3. Se tem uma coisa que sou nessa vida, é suspeita para falar dos livros do King.
    Simplesmente é raro de se encontrar alguém que não curta.
    Ainda não tive a oportunidade de conferir de perto esse livro, mas com a sua resenha tenho certeza que será outra obra prima que vou conseguir absorver!

    ResponderExcluir
  4. Nossa, muito diferente do que eu imaginava pela capa! Já quero ler :D
    E é esse que tem um seriado agora?

    Bjinhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É esse mesmo que têm um seriado agora! :) bjs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...