Blogger Widgets

[Resenha #925] Os Príncipes Encantados Também Viram Sapos - Megan Maxwell @Suma_BR @MeganMaxwell


Os Príncipes Encantados Também Viram Sapos
Megan Maxwell
ISBN-13: 9788581052892
ISBN-10: 8581052894
Ano: 2015
Páginas: 376
Idioma: português
Editora: Suma de Letras
Skoob
Classificação: 4 estrelas
Compre: Submarino


Um conto de fadas moderno e apaixonante que tem como cenário as ilhas paradisíacas do Havaí
Kate e Sam se conheceram muito jovens, durante férias de verão na Califórnia, e se apaixonaram à primeira vista. O amor entre eles supera o tempo e a distância e, ao terminarem a faculdade, ele a pede em casamento.
Os anos se passam e o casal parece ter construído a vida perfeita: eles têm uma carreira de sucesso, duas filhas lindas e ainda são apaixonados. Sam, que cresceu em um orfanato, conseguiu com Kate tudo o que sempre quis: uma grande família. Até que um telefonema muda tudo...
Megan Maxwell, autora da série best-seller Peça-me o que quiser, conta uma história sobre amor, infidelidade e segundas chances.



Quando você pega uma livro da autora Megan Maxwell você nunca sabe o que esperar, ou melhor, até sabe. O primeiro livro que tentei ler da autora não me agradou e esse com uma promessa de ser uma leitura mais leve me fez dar outra chance pra autora! Se eu me arrependo? Logico que não!


“Não conseguia tirar os olhos da garota. Era linda. Tinha cabelos louros que reluzia e uns olhos verdes encantadores que o deixavam sem ar.”



Sam e Kate se conheceram em um curso, enquanto ela ficava observando aquele surfista lindo ele não sabia quem Kate era, até os olhares deles se cruzarem em um bar. Foi amor à primeira vista e logo surgiu uma amizade incrível entre os dois. Michael é “irmão postiço” de Sam e sempre acreditou nos dois.

“Kate adorava observa-los. Eram atraentes, descontraídos e com um look casual.”



Kate e Sam se casaram cedo e sempre foram o casal perfeito com a família perfeita, filhas perfeitas, empregos maravilhosos e bem sucedidos, amigos incomparáveis e um amor invejável.  Porém nem tudo são flores, correto? Segredos do passado deles serão revelados por uma fatalidade e veremos como eles vão conseguir seguir com a vida.

“Os anos passaram. As meninas cresceram e o negócio prosperou até se tornar um dos escritórios de advocacia mais importantes de Nova York. E Sam conseguiu o que sempre quis: uma grande família.”



Confesso que é meio complicado falar sobre esse livro sem dar spoilers porque tudo é preciso e cada acontecimento leva a outro. Os personagens, e eu quero dizer todos, são incríveis, com personalidades fortes e marcantes. São adoráveis mas quero falar sobre três. Primeiro tem a Ollie que é a filha mais nova de Kate e Sam, ela é sabia e madura, consegue fazer com que cada um se apaixone por ela.

“Sam estava tão nervoso que não conseguia falar. Cat e Ollie, por sua vez, estavam adorando ver seus pais juntos na mesma casa, e Terry e Michael tentavam não olhar um para o outro, a fim de evitar um curto-circuito.”

Também temos Terry, irmã mais velha e Kate e essa é complicada! Enquanto Kate é doce, Terry não consegui ficar calada e ser amável e isso é fascinante porque ela defende sua família com unhas e dentes, percebemos que sempre tem um clima entre ela e Michael e o mesmo é incrivelmente carismático. 



A leitura foi muito boa e traz conselhos e ensinamentos (acreditem), onde percebemos que o perdão é algo divino em um casal e que todos erramos pois é impossível. O livro é narrado em terceira pessoa e foi uma ótima tática pra sentirmos o que cada personagem passa. A escrita da Megan me agradou muito e recomendo o livro pra quem quer conhecer uma escrita mais leve da autora. 



4 comentários:

  1. Nunca li nada da autora, mas esse livro parece ser daqueles que tem uma trama que prende o leitor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Thaise!
      O livro consegue te prender e você precisa saber o que tem na próxima pagina...
      Beijos

      Excluir
  2. O estilo da Megan, pelo menos nesse livro, me lembrou um pouco Meg Cabot e não faço nem ideia do por quê - o título, talvez? Essas histórias costumam não me atrair de longe, mas quando começo a leitura não tem que me faça soltar o livro!
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca li nada da Meg então não tenho como comparar. Agora posso falar que fiquei altamente surpresa com o livro e adorei!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...