Blogger Widgets

[Resenha #939] Arena 13 - Joseph Delaney @BertrandBrasil @editorarecord


Arena 13
Alguns perdem a vida. Outros a alma
Arena 13 # 1
Joseph Delaney
ISBN-13: 9788528620610
ISBN-10: 8528620611
Ano: 2016
Páginas: 320
Idioma: português
Editora: Bertrand Brasil
Skoob
Classificação: 4 estrelas
Compre: Saraiva

Sinopse:
Primeiro livro da nova trilogia do autor best-seller de As Aventuras do Caça-Feitiço.
Leif tem uma única ambição: tornar-se o melhor lutador da famosa Arena 13. Lá, os espectadores apostam em qual lutador vai derramar sangue primeiro. E, em ajustes de contas, apostam em qual lutador vai morrer. Mas a região é aterrorizada por Hob, um ser maligno que se deleita torturando a população e exibe o seu poder devastador desafiando combatentes da Arena 13 a lutas até a morte quando bem entende. E isso é exatamente o que Leif quer, pois ele conhece bem os crimes de Hob. E, no cerne da sua ambição, arde o desejo de vingança. Leif procura revanche contra o monstro que destruiu a sua família. Mesmo que isso lhe custe a vida.



Resenha:

Midgard é aterrorizada por Hob, um ser maligno que percorrem as ruas de Gindeen de noite, à procura de sua próxima vítima. Uma criatura assustadora, que aterroriza até mesmo os lutadores mais corajosos, Hob espalha o terror e a dor entre os habitantes da cidade, que esperam quem será a próxima vítima, esperando que o cadáver seguinte não será um deles.

Ocasionalmente, a criatura faz a sua aparição na Arena 13, onde luta com um combatente em uma luta até a morte. Embora lendas contam sobre a coragem de um guerreiro que derrotou Hob inúmeras vezes, ele sempre volta à vida e recupera a sua forma, aparentemente invencível.




Em Gindeen, há um adolescente órfão de quinze anos chamado Leif, nosso protagonista, pobre e meio morto de fome, que tem dois objetivos na vida: se tornar o melhor lutador da Arena 13, que é a arena mais prestigiada, o último nível, mas também é a mais perigosa e matar Hob, para vingar a morte de sua família. Com uma alma pura e ingenuidade características da pouca idade, Leif tem certeza que irá concretizar seus desejos. Para isso, ele precisa de um bom treinador. Tyron é o melhor e o mais talentoso treinador de Gindeen, mas claro que Tyron não está disposto a aceitar um garoto como ele, assim logo de cara. No entando, coragem é o que não falta para Leif, e essa coragem acaba por impressionar Tyron, que acaba por aceitar que ele seja seu aprendiz, o recebe em sua casa por um período probatório e impõe um rigoroso calendário de aulas e treinamento. Há também Kwin, a filha de Tyron, e ela também não irá facilitar as coisas para Leif.



A ameaça paira sobre toda a narrativa e isso vai crescendo até o confronto final. Neste primeiro volume Joseph Delaney nos apresenta um universo muito impressionante e interessante. É complexo, bem pensado e muito bem descrito, embora a princípio tive certa dificuldade em compreender tudo. Temos de compreender o mundo em que os personagens vivem, mas também as regras de batalha em arenas. Em suma, desde as primeiras páginas, o autor nos leva em seu mundo com as explicações da Arena 13 e os habitantes da terra de Midgard. Mas, gradualmente, aprendemos coisas novas, o quando Leif procura provar que ele é capaz de lutar e livrar o país de Hod, esse ser que aterroriza todos. Eu gostei que a história acontece no futuro, mas sentimos que é no passado, mas com tecnologia. Um ambiente bem desenvolvido, personagens agradáveis e uma trama que reserva algumas surpresas, aqui estão os ingredientes deste primeiro volume, que promete uma série muito interessante!








Gostei do protagonista, Leif é um jovem corajoso e determinado, e durante a leitura podemos sentir toda a raiva e o desejo dele de lutar. Sua tenacidade é sentida durante seu aprendizado. A ambição de Leif é admirável, ele aprende rapidamente, é inteligente, habilidoso e tem o talento necessário. Este é um personagem muito interessante porque mesmo que sua história está longe de ser fácil, ele forjou seu caráter sólido. Entre os personagens secundários, dois se destacam. Tyron, um professor rigoroso, áspero e frio às vezes, como qualquer treinador que quer que seu discípulo seja o melhor, bem treinado e capaz de vencer qualquer confronto. E sua filha, Kwin. Ela pode ser muito arrogante, mas é uma personagem feminina forte e determinada.

O estilo de escrita do autor é fluída. Embora no começo da história foi um pouco lenta. Os capítulos são curtos, e de fácil leitura. A capa é bonita, e a diagramação ótima, assim como a tradução e revisão. 



Arena 13 é uma distopia curta, rápida, emocionante e dramática. A escrita de Joseph Delaney é eficaz e ele não poupa o leitor, tenho que admitir que algumas cenas são particularmente violentas, mesmo assim continua a ser acessível para jovens leitores. Este livro irá capturar a atenção dos leitores, recomendo. 


0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...