Blogger Widgets

[Resenha #943] Matando Borboletas - M. Anjelais @Verus_Editora


Matando Borboletas
M. Anjelais
ISBN-13: 9788576863366
ISBN-10: 8576863367
Ano: 2015

Páginas: 224
Idioma: português
Editora: Verus
Skoob
Classificação: 4 estrelas
Compre: Submarino


Sinopse: O primeiro amor, a inocência perdida, e a beleza que pode ser encontrada até nas circunstâncias mais perversas. Sphinx e Cadence — prometidos um ao outro na infância e envolvidos na adolescência. Sphinx é meiga, compassiva, comum. Cadence é brilhante, carismático — e doente. Na infância, ele deixou uma cicatriz nela com uma faca. Agora, conforme a doença de Cadence progride, ele se torna cada vez mais difícil. Ninguém sabe ainda, mas Cadence é incapaz de ter sentimentos. Sphinx quer continuar leal a ele, mas teme por sua vida. O relacionamento entre os dois vai passar por muitas reviravoltas, até chegar ao aterrorizante clímax que pode envolver o sacrifício supremo.



Resenha: 


Sphinx e Candece foram amigos desde o nascimento pois isso sempre fez parte dos planos de suas mães. Leigh e Sarah se conheceram com sete e anos e traçaram sua trajetória de vida, o nascimento dos filhos e que quando estivessem mais velhos iriam se casar e ter uma família.


“Foi durante essa festa que Leigh, enquanto seus pequenos dedos abriam a embalagem de história em quadrinhos de um chiclete, pediu para minha mãe ser sua melhor amiga.”


Ele sempre teve um brilho próprio, sempre foi amado e adorado, seus olhos tinham brilhos e nunca tinham emoções. Ainda pequenos ele matou uma borboleta somente pelo prazer e Sphinx nunca esqueceu isso. O problema mais grave é que com 10 anos Candece estava com um canivete e achou que era interessante cortar o rosto de Sphinx.


“Candece olho para mim, o azul de seus olhos muito brilhante. Então juntou as mãos e eu ouvi o som suave da borboleta sendo esmagada.”
 

Depois desse ocorrido Leigh decidiu que iria embora para Inglaterra com seu filho para que ele pudesse fazer um tratamento e tentar se controlar. Sphinx ficou com sua família mas nunca esqueceu seu melhor amigo. Anos se passam e Candece está com um problema sério e diz que quer rever sua melhor amiga.


“Um vez, houve uma pessoa que eu chamei de meu melhor amigo, meu pior inimigo, o mais brilhante. Ele deixou tudo isso. Ele fez isso comigo. Ele esteve aqui.”

Como a pessoa boa que é, ela aceita. Viaja com sua mãe para rever seu amigo... Será que ele mudou? No início achei que sim porém ele consegue enganar aquelas pessoas que estão por perto. Na verdade Candece fica cada vez pior e os médicos que tanto cuidaram dele sempre falaram que ele tem “um problema na cabeça”.


“Você não sabe que foi tocada por um anjo? Eu pensei que soubesse.”


Eu fiquei altamente curiosa sobre esse livro quando vi, o nome é muito intrigante e pegava me perguntando sobre o que era. É um livro que fala sobre relacionamentos abusivos, sobre pessoas doentes e que o amor nem sempre faz bem. Candece gosta de manipular as pessoas e ele não é um bom, ele é mau e gosta de prejudicar Sphinx. O problema é que no final do livro você consegue entender ele e isso acaba tornando a leitura ainda mais fascinante. Imagina você compreender uma pessoa má e com sérios problemas mentais!


“Eu podia ir pra casa. Podia continuar cobrindo a cicatriz. Podia ouvir minha mãe para sempre. Era uma opção... uma opção segura, aconchegante e confortável. Ou eu podia correr o risco.”

É uma leitura que mexe com você e te faz ler até a última página já que você precisa saber o que vai acontecer. A diagramação do livro é linda, a fonte tem um bom tamanho e as folhas são amareladas. Não encontrei erros de revisão e essa capa é uma das mais bonitas que já vi. Recomendo a leitura e surpreenda-se com essa leitura!


4 comentários:

  1. Não conhecia esse livro, gostei muito da sua resenha e com certeza vai entrar para minha wishlist! Bjs

    ResponderExcluir
  2. Sua resenha me deixou ainda mais ansiosa para ler esse livro! Eu tenho um fascínio por esse tipo de estória e esta parece ser muito boa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro livros assim rs
      Espero que goste da leitura!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...