Blogger Widgets

[Resenha #983] A Cidade Sinistra dos Corvos - Desventuras em Série - Lemony Snicket @editoraseguinte @cialetras



A Cidade Sinistra dos Corvos
Desventuras em Série # 7
Lemony Snicket
ISBN-13: 9788535903928
ISBN-10: 8535903925
Ano: 2003

Páginas: 232
Idioma: português
Editora: Companhia das Letras
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Amazon


Sinopse: Os irmãos Baudelaire não conseguem acreditar no que lêem na primeira página do jornal. Uma reportagem informa que o pérfido Conde Olaf raptou não apenas os irmãos Duncan e Isadora Quagmire, mas também Esmé Squalor. O texto não poderia ser mais enganoso: Esmé tinha sido tutora das crianças recentemente, e os Baudelaire sabem muito bem que o Conde Olaf nunca a sequestraria. Olaf e Esmé são na verdade aliados num plano maligno para se apropriar da fortuna das três crianças.
Violet, catorze anos, é a mais velha dos irmãos Baudelaire, os órfãos mais desafortunados do mundo. Klaus, o irmão do meio, tem treze anos e já leu mais livros do que qualquer criança de sua idade. Sunny, a mais nova, é um bebê pouco maior do que uma melancia. Assim como os irmãos Duncan e Isadora, as crianças Baudelaire perderam os pais num incêndio, e a amizade com os Quagmire era praticamente o único acontecimento feliz que havia acontecido nas suas vidas desde que ficaram órfãos.
Nessa nova desventura eles terão de se haver com mais uma providência desastrada do sr. Poe, um executivo de banco que tinha sido o primeiro tutor dos Baudelaire e ainda cuidava da fortuna dos irmãos. O sr. Poe decide inscrevê-los num programa de adoção de menores, em que toda uma cidade se responsabiliza por crianças que tenham perdido os pais. O programa tem um slogan amedrontador: "É preciso uma cidade para educar uma criança". Violet, Klaus e Sunny são mandados para a apavorante cidade de C.S.C. e assim tem início mais um lamentável episódio da tenebrosa existência dos Baudelaire.



 

Resenha:

Os Baudelaire, Violet, Klaus e Sunny, estão no escritório do Sr. Poe à espera de ouvir o seu destino. Eles recentemente escaparam das garras do conde Olaf, e estão à procura de um novo tutor. Uma vez que não há mais nenhuma parentes disponível para assumir as três crianças, o Sr. Poe os coloca no programa "É Preciso Uma Cidade Para Educar Uma Criança", ao qual no lugar de um tutor, a cidade inteira ficaria responsável por eles. E assim, eles precisam escolher uma cidade para viver, e por fim, eles escolhem a cidade que tem a sigla C.S.C, pois eles sabem que de alguma forma essa sigla está relacionada com o paradeiro de seus amigos ausentes, os trigêmeos Quagmire, e também com o segredo do Conde Olaf. 



Assim que as crianças chegam em C.S.C., eles vêem que ele não vão morar ser um ambiente propício. A vila inteira está coberta de corvos: corvos nas árvores, no topo de cada prédio, cobrindo as ruas. Além disso, a comunidade é dirigida pelo Conselho dos anciãos que impõe regras ridículas e rigorosas que ditam até que comportamentos as pessoas devem ter, quando as pessoas estão autorizadas a falar, qual máquinas podem ser usadas etc.. Em troca de comida e moradia, as crianças descobrem que agora elas são responsáveis por todas as atividades domésticas da cidade, como fazer camas, cortar gramas, polir maçanetas, etc. Eles trabalham de sol a sol sem se queixar, e ainda assim os moradores ainda não estão satisfeitos.



A única alegria no dia das crianças Baudelaire é suas noites com Hector, o faz-tudo da cidade, que os abriga. Embora Hector tenha pavor do Conselho de Anciãos e fica mudo de medo em torno deles, ele silenciosamente protesta seu controle rigoroso da cidade. Hector tem um celeiro com muitos instrumentos mecânicos para sua invenção e também uma biblioteca secreta.

Enquanto, as crianças trabalham todos os dias, elas lutam para descobrir onde o conde Olaf poderia estar escondendo os trigêmeos Quagmire. As crianças descobrem que a cidade chama-se Cultores Solidários de Corvídeos. 



Uma tarde, os Baudelaire são surpreendidos com a notícia de que o conde Olaf foi preso. Eles ficam muito feliz, acreditando que finalmente teria paz. No julgamento de Olaf, no entanto, os Baudelaire ficam devastados ao perceber que o homem detido na prisão não é o conde Olaf, mas um sósia chamado Jacques Snicket, que acaba sendo morto. Aparece um detetive chamado Duplin, que é o Conde Olaf disfarçado, e diz que tem evidências de que os assassinos são os irmãos Baudelaire. Agora, os irmãos precisam escapar dessa cilada e ainda encontrar seus amigos os Quagmire que estão presos em algum lugar da cidade!

O livro é pequeno, fofo, uma capa linda. Folhas amarelas, diagramação boa, e sem erros na tradução. Ótima trabalho da editora!



Que livro fantástico, tenho que dizer que realmente me surpreendeu. Podemos ver claramente um amadurecimento na história e agora com muita ação e muito mais suspense e drama. O autor foi brilhante nesse livro, e achei interessante sua crítica a respeito da justiça em nossa sociedade, de como as pessoas podem ser manipuladas e que não podemos ficar calados perante injustiças. Digo que quem ainda não começou a ler essa série, que o faça agora. Todos irão amar.


0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...