Blogger Widgets

[Resenha #984] O Hospital Hostil - Desventuras em Série - Lemony Snicket @editoraseguinte @cialetras


O Hospital Hostil
Desventuras em Série # 8
Lemony Snicket
ISBN-13: 9788535904512
ISBN-10: 8535904514
Ano: 2004
Páginas: 232
Idioma: português
Editora: Companhia das Letras
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Amazon

Sinopse:
Um período especialmente infeliz se anuncia nas vidas aflitivas de Violet, Klaus e Sunny Baudelaire. Durante uma tenebrosa e exaustiva caminhada noturna, eles param diante do Armazém Geral Última Chance e decidem entrar para pedir ajuda.Eles não podem recorrer aos pais (pois os perderam num incêndio), nem à polícia (que estava entre seus perseguidores noturnos), tampouco a conhecidos (pois os irmãos têm conhecidos demais, o que é quase o mesmo que não ter nenhum).Depois da morte dos pais no incêndio, Violet, Klaus e Sunny se vêem sob os cuidados de inúmeros tutores, alguns deles cruéis, como o ganancioso e traiçoeiro Conde Olaf, o vilão que é o verdadeiro responsável por eles estarem ali, totalmente sozinhos no meio da noite, em frente ao Armazém.Violet, Klaus e Sunny resolvem passar um telegrama para o sr. Poe, um banqueiro que fora encarregado de cuidar dos órfãos. O sr. Poe nunca se mostrou especialmente eficaz, mas pelo menos ele não era cruel, não tinha sido assassinado nem era o Conde Olaf, e essas parecem ser razões suficientes para contatá-lo.Além de se safar de terríveis enrascadas, os Baudelaire ainda terão de suportar a estada no sinistro Hospital Heimlich e provar que não são cruéis assassinos. Esse é apenas o começo de páginas e páginas de situações desesperadoras, que contêm detalhes opressivos como um desconfiado dono de armazém, uma cirurgia desnecessária, um sistema de intercomunicadores, uma anestesia e balões em forma de coração.



Resenha:

A trama começa quando os Baudelaire enviam um telegrama ao Sr.Poe, para ajudar, mas não recebem uma resposta. No armazém, onde eles se encontram, o dono recebe o jornal do dia e acabam por descobrir que estão sendo considerados criminosos de alta periculosidade, por causa do assassinato de Jacques Snicket, mas os Baudelaire escaparam antes de serem pegos com uma combinação de drama e pura sorte. Não muito depois, eles embarcaram como um grupo de voluntários, em sua van, e chegam no Hospital Heimlich. Os Baudelaire conseguem um trabalho voluntário na Biblioteca de Registros, no subsolo, onde há documentos. Eles ficam morando nesse subsolo frio e úmido, mas pelo menos, eles estão a salvo por enquanto.

"Às vezes, a informação que você precisa não está no lugar mais óbvio."


   
Hal, um idoso responsável pelos registros, diz que há um arquivo chamado "Incêndio Snicket", e o que mais surpreende, é que os órfãos lembram e muito as pessoas da fotografia desse arquivo. Depois disso, eles conseguem escondidos acesso à última página do arquivo e descobrem que pode haver um sobrevivente do incêndio, mas que o paradeiro é desconhecido. Os Baudelaire ficam alegres pensando que um de seus pais podem estar vivo. Infelizmente a alegria dura pouco, logo em seguida, eles dão de cara com Esmé Squalor, e na fuga, Violet é raptada. 

"...sinto-me como se a minha vida inteira não tivesse sido nada mais que uma peça deprimente, apresentada apenas para a diversão de alguma outra pessoa, e que o dramaturgo que inventou a minha cruel reviravolta do destino está em algum lugar muito acima de mim, rindo a mais não poder com a sua criação."




E eis que aparece o nosso vilão, o conde Olaf, que está disfarçado de Diretor de Recursos Humanos do Hospital, e envia seus capangas que estão disfarçados de médicos, para arrancar a cabeça de Violet. E agora, o que fazer? Será que os irmãos Baudelaire irão conseguir sair dessa enrascada?

De todos os livros da série que eu li, esse é sem dúvida o mais cativantes e viciante de todos, tem um enredo interessante, com muitas reviravoltas e inúmeros obstáculos. E o nível de ação e aventura só aumentam a cada livro, imperdível. 

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...