Blogger Widgets

[Resenha #992] A Coroa - Kiera Cass @editoraseguinte @kieracass



A Coroa
Quem vai ganhar o coração dela?
A Seleção # 5
Kiera Cass
ISBN-13: 9788555340048
ISBN-10: 8555340047
Ano: 2016

Páginas: 310
Idioma: português
Editora: Seguinte
Skoob
Classificação: estrelas
Compre: Saraiva

Sinopse:
Em A Herdeira, o universo de a Seleção entrou numa nova era. Vinte anos se passaram desde que America Singer e o príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção.
Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava.



Resenha:

Se você leu a minha resenha do livro A Herdeira, você sabe que eu não sou uma grande fã de Eadlyn. Mas, tenho que dizer que nesse livro Eadlyn começou com uma vibração totalmente diferente. Ela já não era tão imatura, isso se deu pelo incidente ocorrido no final de A Herdeira, e com isso a sua mudança de postura.




Dessa forma o livro tomou outros ares. Agora, Eadlyn é uma princesa totalmente diferente, suas responsabilidades aumentaram dez vezes mais após os eventos do final do último livro. Ela assumiu o reino com apenas seus poucos conselheiros de confiança, enquanto seu pai tende a outros assuntos.

Sua primeira ordem é a de diminuir seus pretendentes na seleção, então agora existem apenas 6 meninos restantes. Esta é uma grande decisão e ela planeja fazer uma escolha dentro das próximas duas semanas. Ela está tentando evitar uma rebelião, um ataque ao castelo. Ela quer ser vista como levando a Seleção a sério e é o que ela faz. Mas mesmo Eadlyn achando quase impossível encontrar seu verdadeiro amor em meio aqueles seis garotos restantes, ao conhece-los melhor, ela percebe que seria ainda mais difícil do que ela imaginava, já que cada um deles possui qualidades incríveis.



Parte das novas responsabilidades de Eadlyn incluem a tomada de decisões sobre o reino, e ela logo percebe que é um trabalho difícil ser rainha. Há definitivamente mais política neste livro, e foi tudo muito intrigante. Nós aprendemos mais sobre o que aconteceu quando Maxon tornou-se rei e como o sistema de castas veio a ser o que é agora. Claro que Eadlyn tem seu trabalho diário como rainha, mas ela ainda consegue arranjar tempo para passar com os meninos também. E nesse livro deu para saber um pouco mais de cada um. Cada novo encontro ou interação de Eadlyn com cada um deles é realmente doce.




Eadlyn ainda tem que enfrentar a rejeição do povo e encontrar uma forma de ser aceita. Dessa forma, ela precisa terminar a Seleção. Quem seria a melhor escolha para ela? Será que ela vai encontrar o seu amor e ainda provar que consegue governar seu país?


Minha cena favorita é perto do fim, aquela entre Eadlyn e seu pai, o rei Maxon. Eu acho que é a cena mais comovente e perspicaz do livro. Pela primeira vez, Eadlyn mostra alguma emoção real e finalmente reúne coragem para tomar uma decisão por sua felicidade, não apenas porque é a escolha certa para seu país. Eu a admiro por seguir seu coração pela primeira vez. Também admiro a maior decisão que ela faz para o futuro do seu país. Pode ser uma escolha não convencional em um momento de turbulência, mas no final, eu acho que ela fez a escolha certa.



Apesar de ter gostado, ainda acho que Kiera Cass se apressou em terminar o livro, talvez pela pressão de ter que publicar logo, ou não, mas de qualquer forma, fica evidente que o final aconteceu rápido demais, corrido demais em apenas poucas páginas. Queria que a autora tivesse desenvolvido melhor e que o livro fosse mais extenso.



A capa continua linda como sempre, e o trabalho da editora excelente, desde a diagramação, até a revisão e tradução.

Mesmo com algumas falhas nesse livro, eu achei que foi uma boa conclusão para a série de A Seleção. Acho que Kiera Cass fez as escolhas certas e eu adorei ver o crescimento de Eadlyn ao longo desse livro e assim ela se tornou mais relacionável. E a sua escolha para marido? Vamos apenas dizer que foi surpreendente. O livro me rendeu ótimos momentos e é difícil dizer adeus a Illéa, fico com aperto em meu coração. Realmente desejava que houve mais e mais livros. Assim, termino dizendo que super recomendo a série para todos.



1 comentários:

  1. Gostei da resenha!!
    Eu desisti da série em A Herdeira, acho que não precisava dessas continuações...
    A capa é linda!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...