Blogger Widgets

[Resenha #1061] Qualquer Outro Lugar - A. G. Howard @Novo_Conceito @aghowardwrites


Qualquer Outro Lugar
A. G. Howard
ISBN-13: 9788581638300
ISBN-10: 8581638309
Ano: 2016
Páginas: 416
Editora: Novo Conceito
Classificação: 4 estrelas
Skoob
Compre: Saraiva

Sinopse:
Alyssa está tentando entrar novamente no País das Maravilhas. Os portais para o reino se fecharam, não sem antes levarem sua mãe. Jeb e Morfeu estão presos em Qualquer Outro Lugar, reino em que intraterrenos expulsos do País das Maravilhas estão vivendo. Para resgatá-los, ela precisa recorrer à ajuda de seu pai. Juntos, eles iniciam uma missão quase impossível para tentar resgatar entes queridos, restaurar o equilíbrio dos reinos e o lugar dela como Rainha. Alyssa precisa lutar não só com a Rainha Vermelha, um espírito malicioso que tem a intenção de refazer o País das Maravilhas à própria imagem, mas também reconstruir seu relacionamento com Jeb, o mortal que ela ama, e Morfeu, o ser fantástico que também reivindica seu coração. E, se todos tiverem sucesso e saírem vivos, eles poderão finalmente ter o felizes para sempre.



Resenha:


    Qualquer Outro Lugar é o terceiro e último livro da trilogia Splintered, da autora A. G. Howard, que é apaixonada pelo universo criado por Lewis Caroll. O segundo livro, Atrás do Espelho, terminou de forma estratégica e fez com que todos os fãs da trilogia aguardassem ansiosos a chegada do terceiro livro.





    Atrás do Espelho terminou com a mãe de Alyssa presa no País das Maravilhas e Jeb e Morfeu presos em Qualquer Outro Lugar. Só isso já tornaria as coisas complicadas, mas, para ficar ainda mais difícil, a toca do coelho está fechada e a única maneira de entrar no mundo dos intraterrenos é pelo mundo do espelho. No entanto, para isso, Alyssa precisará da ajuda de seu pai que, como sabemos, não se lembra de nada do que viveu no País das Maravilhas. E não é só das memórias dele que Alyssa precisa, mas também das memórias da Rainha Vermelha.

“Precisei enlouquecer para ver melhor as coisas.” p. 8




    Assim começa o final dessa história que encantou e fez com que muitos fãs das histórias da Alice tivessem a oportunidade de retornar a essa mundo incrível e assustador. E não há dúvidas de que Howard fez um trabalho incrível.

    Qualquer Outro Lugar trás de volta o mesmo clima caótico, confuso e bizarro presente nos dois primeiros livros e continua a nos surpreender. Mais segredos e novas descobertas estão por vir. Nossa personagem principal, Alyssa, demonstra estar mais madura e pouco se assemelha com a garotinha que colecionava insetos no primeiro livro. No entanto, algumas coisas me incomodaram na personalidade dela, como o fato de ela continuar confusa demais.


“A metade intraterrena de meu coração se expande para se libertar das emoções humanas nele enredados. Não haverá trégua até eu encontrar meus amados e consertar as coisas no País das Maravilhas. Ainda assim, sei que nenhum de nós voltará a ser o mesmo.” p. 9







    Infelizmente, os três livros foram um pouco cansativos para mim. Apesar de a história ser envolvente e cheia de reviravoltas, houve momentos em que a leitura se arrastava e tive a sensação de que o livro tinha mais páginas do que o necessário. E por falar em páginas, eu achei as páginas do livro muito finas, daqueles que permitem ver o outro lado.



    O final do livro não me agradou muito. A impressão que tive foi que, diferentemente do restante do livro, o final foi escrito com pressa e deixou detalhes importantes de lado. Algumas perguntas ficam sem respostas e alguns acontecimentos são omitidos.


0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...