Blogger Widgets

[Resenha #1103] Na Sua Pele - Jay Crownover @VREditorasBR @JayCrownover


Na sua pele – Série Homens Marcados 
– Livro 01
Jay Crownover
ISBN-13: 9788576838128
ISBN-10: 8576838125
Páginas: 328
Ano: 2015
Editora: Vergara & Riba
Idioma: Português
Classificação: 4 estrelas
Skoob
Compre: Saraiva

Sinopse:
Quando o tatuador Rule Archer passa, todos os olhares se voltam para ele. O cara é alto, tem o corpo todo desenhado e penetrantes olhos azuis capazes de fazer qualquer garota suspirar. Rule não segue regras. Rule não namora. Ele é do tipo que passa cada noite com uma mulher diferente... um perfeito bad boy. A estudante de medicina Shaw Landon é linda, rica e estudiosa. Ela sempre segue as regras. É o tipo de garota que namora alguém escolhido pelos pais. Mas não é isso o que ela quer. Tudo o que Shaw sempre deseja e sempre desejou é ter Rule Archer. Apesar de se conhecerem há muito tempo, o bad boy nunca havia reparado naquela menina perfeita. Quase ninguém poderia imaginar que os dois formariam um casal. Rule e Shaw são opostos perfeitos. E um relacionamento entre os dois tem tudo para ser explosivo. Na sua pele vai enlouquecer você. Uma história de amor improvável, muitas reviravoltas e cenas picantes. Esse livro marcará você como nenhum outro.



Resenha:

Shaw era uma moça virtuosa. Estudante de medicina, sempre tirou boas notas. Tinha uma aparência delicada e uma beleza angelical. Sempre foi a filha que seus pais desejavam e parecia ter a vida perfeita. O que parecia fora do contexto em sua existência planejada eram seus pais manipuladores, um ex-namorado abusivo e sua paixão platônica por Rule Archer.


Rule Archer era o oposto de Shaw. Tatuador, bad boy assumido e extremamente sexy era coberto de tatuagens e piercings e definitivamente amava as mulheres. Era uma garota diferente a cada noite. Shaw nuca foi mais que sua amiga, a conhecia desde o colegial, e ela parecia combinar perfeitamente com seu irmão gêmeo, sem contar que ela era “patricinha” demais pra ele. Porém as coisas mudam e a garota errada, parecia ter se transformado na mais correta para estar em sua vida e na sua cama.


“E ela era baixinha, tinha fácil uns trinta centímetros a menos do que eu, que tinha 1,92. Mas tinha umas curvas... É o tipo de mina que não dá pra parar de olhar. Mas, quando ela olha de volta com aqueles frios olhos verdes, o cara vê na hora que não tem a menos chance. A Shaw tem um ar de inatingível, do mesmo jeito que umas minas têm cara de me pega”.


Em relação à Ruler Archer, no começo tive raiva dele, parecia apenas mais um cabeça oca aproveitador de mulheres, atormentado pela perda de seu irmão gêmeo. Mas quando passei a conhecê-lo foi impossível não se apaixonar por ele e não se identificar com sua dor. Com a partida prematura de seu irmão gêmeo, que morreu após um acidente, sua relação com a família que não era a das melhores, ficou ainda mais tumultuada e ele se tornou a escória, e os momentos que ele passava ao lado deles era marcada por ofensas e grande desconsolo.


"Faz três anos. Três solitários anos, vazios e dolorosos desde que os irmãos Archer deixaram de ser um trio para virar uma dupla. Eu me dou bem com o Rome. Ele é demais, meu  modelo de cara durão, Mas o Remy era minha alma gêmea, em todos os sentidos. Era meu gêmeo idêntico, e a gente se completava: ele era a luz, eu era as trevas; o fácil contra o difícil; a alegria e a angústia; perfeição perto do zoado. Sem ele, vou ser sempre incompleto."


Já Shaw sempre foi o porto seguro de Ruler, embora ele nem notasse e encontrou na família dele o que nunca encontrou na sua: amor, amizade e compreensão.  Ela tenta a todo custo resgatar a união dos irmãos e pais de Ruler e sua participação na narrativa foi à mola mestra para a mudança nas atitudes de Ruler. Outro ponto forte na obra foi que mesmo mudando Ruler continua um cara cheio de atitude, independente e que manteve sua individualidade. Detesto protagonistas que se tornam uns “bananas” simplesmente por terem se apaixonado.


Já comentei que o romance pega fogo ou simplesmente pulei essa parte? Os momentos íntimos são picantes e ao mesmo tempo o leitor pode perceber uma doçura constante. É realmente um relacionamento que se constrói aos poucos e se fortifica tão qual a personalidade dos protagonistas. Foi realmente uma agradável surpresa. A autora usou o timing certo para a construção dos personagens, relacionamento e amadurecimento pessoal.


“— Porque sempre te quis, mesmo quando não queria querer, até quando isso partia meu coração em mil pedaços. Sempre quis você.”



Honestamente não curti muito capa, não fala nada da história, foi elaborada sem esmero. A fonte e a diagramação são agradáveis e aparentemente não encontrei erros de escrita.

Já estou em polvorosa para o próximo livro. Infelizmente não trarei a resenha do livro dois e sim do livro cinco. Não recebi em ordem para apreciação, mas acho que vocês irão gostar.


 "Quando você deixa uma pessoa entrar no seu coração, morre quando ela resolve sair."

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...