Blogger Widgets

[Resenha #1129] As Vozes do Coração - Jodi Picoult @Verus_Editora


As Vozes do Coração
Jodi Picoult
ISBN-10: 8576863243
ISBN-13: 978-8576863243
Páginas: 392
Ano: 2014
Editora: Verus
Idioma: Português
Classificação: 3 estrelas
Skoob
Compre: Submarino

Sinopse:

Jane sempre viveu à sombra de outras pessoas. Escapando do pai abusivo ao se casar com o oceanógrafo Oliver Jones. ela se vê negligenciada pelo marido. que só tem olhos para a carreira. cada vez mais bem-sucedida. Durante uma discussão violenta. Jane se volta contra ele com uma agressividade alarmante. e sua dramática decisão pega todos de surpresa. Abandonando Oliver em San Diego. Jane vai atravessar os Estados Unidos com a filha adolescente. Rebecca. para encontrar o irmão. Joley. na fazenda de maçãs onde ele vive. Joley guia Jane pelo país por meio de uma série de cartas que esperam por ela nas agências de correio das cidades por onde passa. Cada carta fornece instruções precisas para que ela encontre a próxima. e cada uma delas dá a Jane à chance de refletir sobre o passado. Acostumado a rastrear baleias nos vastos oceanos. Oliver agora tem a tarefa de rastrear sua esposa imprevisível através de um continente. Para isso ele deve aprender a ver o mundo — e a si mesmo — pelos olhos da mulher que ama.

l

Resenha:

As Vozes do Coração é um livro muito bem escrito e inteligentemente sustentando. Narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista de cinco personagens Jane Jones, Oliver Jones, Rebecca, Joley, Hardley e Sam, a narrativa é extraordinária, onde as perspectivas de cada narrador possui vida, tensão e descrições diferenciados, e que carregam em si muito entusiasmo. O enredo é o grande diferencial, pois não segue o padrão de tempo estipulado como geralmente acontece em outras obras, fato esse que adoro, pois sabemos do final para então sabermos tudo que foi necessário para chegar até aquele desfecho. 




Jane Jones definitivamente é uma personagem atípica, uma mulher inusitada, muitas vezes contraditória e comodista, mas acima de tudo, um ser humano acolhedor e mãe exemplar. Jane é esposa de Oliver Jones, um oceanógrafo atarefado e muito famoso, que tem como especialidade a investigação sobre a baleia jubarte, trabalho esse que lhe rendeu renome e uma família negligenciada.


"Não sei como manter unida uma família, especialmente uma que parece um vaso de relíquia, quebrado, mas que foi colado porque é bonito, e ninguém menciona que dá para ver as rachaduras, tão claras como o dia."



Jane casou-se para fugir da relação conturbada com seu pai, porém e é tratada com displicência por seu marido e sua companheira constante é sua filha Rebecca, que possui 15 anos e é uma das cinco sobrevivente de um fatídico acidente de avião. Ansiosa por experimentar uma existência viva, resolve dar uma guinada inesperada e após uma discussão com seu esposo resolve começam uma verdadeira aventura pela América, tendo a tiracolo sua filha e alguns dólares no bolso. Dessa maneira, Jane e Rebeca começam uma viagem repentina, e seguem rumo a um pomar de maçã bucólico em Massachusetts, o irmão mais novo de Jane, trabalha. Aventura essa que achei bem diferente, pois Joley, irmão de Jane a guiou através de cartas que ela deveria apoderar-se nos correios no decorrer de seu trajeto.


Sam é o dono do pomar e na sua casa se hospedam funcionários como Hadley. Eles são jovens e vigorosos e no decorrer dos dias, Sam se relacionará com Jane, enquanto Hadley em paralelo terá um romance com Rebecca. O inusitado da situação está por conta de Jane ser casada e Rebecca ter apenas 15 anos de idade. Enquanto isso, o corno, digo, o marido de Jane fica louco a sua procura e acaba por descobrir o paradeiro de sua esposa e filha.


No início supus que história tinha muito a proporcionar, mas infelizmente a escrita da autora não me convenceu e por ela ser narrada por cinco pessoas diferentes me causou uma grande confusão e extirpou qualquer suspense que por acaso pudesse vir a ter. Fiquei realmente ansiosa pelo desfecho que cada personagem teria, porém não fiquei feliz com o final. Sou uma romântica inveterada e a conclusão me desagradou, bem como a falta de amadurecimento dos personagens.

Para quem curte uma história cheia de conflitos, perdão, recomeços e autodescoberta As Vozes do Coração é uma boa pedida. Pena que a história não me convenceu.


1 comentários:

  1. Gosto muito dos livros da Jodi Picoult, esse ainda não tive a oportunidade de ler!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...