Blogger Widgets

[Resenha #1148] A Mamãe é Rock - Ana Cardoso @belasletras


A Mamãe é Rock
Ana Cardoso
ISBN-13: 9788581743288
ISBN-10: 8581743285
Ano: 2016
Páginas: 112
Idioma: português
Editora: Belas-Letras
Skoob
Classificação: 5 estrelas
Compre: Amazon

Sinopse:
Este é um livro sobre a maternidade e todos os sentimentos loucos que as mães têm em relação a quem de alguma forma criam, seja um filho natural, adotivo, neto ou sobrinho. É sobre família e é sobre as mães também, esses seres que falam uma língua estranha e chata que só entende quem entra para o clube e se torna uma delas. Não se preocupe, não é um livro de lamentações. É o contrário: tem histórias engraçadas, singelas e verdadeiras. Aqueles que leram O papai é pop estão convidados a conhecer o lado mais in/tenso da experiência. A mamãe é rock é um recorte sem filtro dos divertidos e comoventes malabarismos que um casal moderno faz todos os dias para criar suas filhas.



Resenha:

A Mamãe é Rock escrito por Ana Cardoso, começou a escrever esse livro após o lançamento do livro "O Papai é Pop" do seu marido, ao qual, eu já li "O Papai é Pop 2" e amei o livro, e recomendo a todos. A Mamãe é Rock segue o mesmo princípio do livro do marido, são crônicas curtas, onde Ana Cardoso mostra seu dia-a-dia de mãe. 









Ana Cardoso é jornalista, socióloga, redatora, e claro, mãe de de Aurora e Anita. Ela escreve de maneira descontraída, divertida, simples, direta e fluída sobre a maternidade, coisas inusitadas que acontecem, o cotidiano conturbado de toda mãe, e coisas que ninguém fala, a luta diária para dar a melhor educação aos filhos, mas claro, que como toda mãe, se perde a paciência, e ninguém é perfeito. Ana Cardoso nos faz pensar sobre essa experiências marcante de ser mãe. 













"Chorei muito depois que as minhas filhas nasceram. nem sempre foi de felicidade. Muitas vezes foi de desespero, de não saber o que fazer. De solidão, de frustração."


"O que me falta e o que eu desejo para minhas filhas e para todas as outras meninas é muito simples: apenas a metade da autoestima de um homem branco médio. Mas, se possível, o dobro. Tô trabalhando nisso. E você?"


"Ter um filho é ter superpoderes. A gente quer ser forte, ser divertida, ser justa e ser uma pessoa muito legal. Para que nossos filhos tenham orgulho de nós, queiram ser como a gente."


"Prefiro a liberdade e o risco, porque a vida é assim, cheia de pessoas prontinhas para empurrar com força o gira-gira quando estamos distraídos. Prefiro estar junto nas primeiras vezes que isso acontecer, porque vai acontecer."

O que falar dessa edição belíssima? as ilustrações são fofas e a capa simples, mas maravilhosa, a diagramação perfeita, assim como a revisão. 





A Mamãe é Rock é uma leitura muito leve e prazerosa, que vai envolver a todos, não somente quem já é mãe, mas também futuras mamães, e filhas e filhos. Um livro muito divertido ao qual você irá rir de muitas situações. Eu realmente gostei, e recomendo!

Gostou? Compre na Amazon:


0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...