Blogger Widgets

[Resenha #1177] Só Por Uma Noite - Mônica e Monique Sperandio @Novo_Conceito


Só Por Uma Noite
Mônica e Monique Sperandio
ISBN: B01MZ25NQA
Ano: 2016
Páginas: 189
Editora: Novo Conceito
Classificação: 3 estrelas
Skoob
Comprar: Amazon

Sinopse: Uma noite. Quatro amigas. Muitos segredos. Uma lista.
- Ir para um cemitério no meio da noite (OK)
- Mudar completamente o visual (OK)
- Descobrir um terrível segredo sobre suas amigas (OK)
- Confessar que está apaixonada pelo seu melhor amigo (OK?)
Samanta Calliari tem vivido com medo durante a sua vida toda. Por causa disso, ela tem se privado de viver intensamente. Uma prova dessas privações é a paixão secreta que Sam tem pelo seu melhor amigo, Gustavo. Só que ela não está sozinha nessa. Suas três melhores amigas, Nat, Marina e Daphne, também sentem medo. Elas irão acompanhar Samanta na noite mais reveladora de suas vidas, quando enfrentarão seus maiores medos, devido a uma lista de desafios deixada para elas cumprirem. 
Então o que, possivelmente, poderia dar errado na tão esperada noite das quatro amigas? Quase tudo, é claro. Declarações de amor frustradas, verdades engasgadas e loucuras em cada item da lista as aguardam nessa noite.
Para sobreviver a lista de desafios e para revelar a verdade para suas amigas, Samanta vai precisar de toda a sua coragem. Mas como ela irá fazer isso se toda vez que é corajosa algo a sua volta desmorona?




Resenha:

Só Por Uma Noite trás uma aventura de uma noite. Sam, Nat, Marina e Daphne precisam cumprir os desafios de uma lista e, para isso, precisarão superar seus medos, revelar seus segredos e colocar a amizade delas à prova. 

“Nessa noite cheia de promessas, cheia de sonhos e medos a derrubar. Nessa noite onde tudo é possível.”

A primeira coisa que você precisa saber sobre esse livro é que trata-se de uma história juvenil. Portanto, se você não costuma gostar desse tipo de história, provavelmente, esse livro não é para você. Vou explicar: as aventuras que essas quatro adolescentes vivem incluem entrar em uma festa para maiores de 18 anos, tomar bebida alcoólica, invadir um estabelecimento privado, enfim, essas coisas, ou seja, coisas que, geralmente, estão no imaginário adolescente. Por isso, o livro nos dá aquela sensação gostosa de juventude, de quando éramos adolescentes e nossos objetivos eram outros.

“Cansei de deitar a cabeça no travesseiro me sentindo vazia e covarde. Cansei de sentir medo toda hora, a cada segundo do dia. E esta noite... – respiro fundo – Esta noite tudo vai ser diferente.”

Eu não gostei de nenhuma das personagens principais, achei-as terrivelmente fúteis e imaturas. A Sam, por exemplo, fica brava com seu melhor amigo por um motivo completamente egocêntrico. Isso tornou a leitura complicada pra mim, pois não conseguia sentir empatia pelas personagens.

Vou dar um exemplo utilizando uma passagem do livro: Em determinado momento, Sam discute com uma garota e a ofende, gritando para quem quiser ouvir que ela perdeu a virgindade numa sala de cinema. A questão é: o que Sam tem a ver com isso? Não importa onde a garota queira perder a virgindade, isso não é da conta dela. A impressão que tive de Sam e suas amigas é que elas são metidas e mesquinhas, o tipo de grupinho que pratica bullying.

Enfim, a verdade é que esse livro não é pra mim. Eu, claramente, não sou o público alvo dessa historia. Talvez, se eu tivesse 10 anos a menos, eu teria adorado o livro.




0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...