Blogger Widgets

[Resenha #1178] Último Turno - Stephen King @Suma_BR


Último Turno – Trilogia Bill Hodges – Livro 03
Stephen King
Idioma: Português
ISBN-10: 8556510183
ISBN-13: 978-8556510181
Páginas: 384
Ano: 2016
Editora: Suma de Letras
Classificação: 5 estrelas
Skoob
Compre: Amazon

Sinopse:
Brady Hartsfield, o diabólico Assassino do Mercedes, está há cinco anos em estado vegetativo em uma clínica de traumatismo cerebral. Segundo os médicos, qualquer coisa perto de uma recuperação completa é improvável. Mas sob o olhar fixo e a imobilidade, Brady está acordado, e possui agora poderes capazes de criar o caos sem que sequer precise deixar a cama de hospital. O detetive aposentado Bill Hodges agora trabalha em uma agência de investigação com Holly Gibney, a mulher que desferiu o golpe em Brady. Quando os dois são chamados a uma cena de suicídio que tem ligação com o Massacre do Mercedes, logo se veem envolvidos no que pode ser seu caso mais perigoso até então. Brady está de volta e, desta vez, não planeja se vingar apenas de seus inimigos, mas atingir toda uma cidade. Em Último turno, Stephen King leva a trilogia a uma conclusão sublime e aterrorizante, combinando a narrativa policial de Mr. Mercedes e Achados e perdidos com o suspense sobrenatural que é sua marca registrada.




Resenha:

Último Turno é o desfecho eletrizante do mestre Stephen King para sua trilogia Bill Hodges que traz o detetive aposentado Hodges como protagonista dessa trilogia de sucesso.

A série começou com Mr. Mercedes, onde Hodges procura um tresloucado assassino em massa que em posse de um carro Mercedes roubado, passou por cima de pessoas inocentes que estavam numa fila de empregos, ceifando e mutilando várias vidas.


Em Achados e Perdidos, Hodges soluciona o caso de outro assassino chamado Morris Bellamy, um compulsivo apreciador da trilogia Jimmy Gold, seu escritor favorito. Ao sair da cadeia, ele fica obcecado em perseguir as obras que anteriormente foram roubadas por ele e encontradas inadvertidamente por um adolescente chamado Pete. Hodges mais uma vez é chamado para desvendar a trama e salvar pescocinhos inocentes.



Em Último Turno, terceiro livro da série, a narrativa é completamente estarrecedora. Vocês se recordam de Mr. Mercedes? Pois é, no primeiro livro ele foi apenas um “assassino em massa”, mas agora ele retorna do coma e parece ter adquiro “poderes psíquicos” e está bastante animado com sua nova capacidade de convencer as pessoas de darem cabo em suas próprias vidas. Mais uma vez Brady Hartsfield está acordado e planejando atrocidades e cabe a Bill Hodges, Holly Gibney e Jerome Robison detê-lo.  




Novamente Stephen King faz o que a de melhor. É um passeio de montanha russa, sem direito a cinto de segurança através de sua narrativa esplendidamente trabalhada, que traz em sua essência temas significativos e muito instigantes. 



Dizem que cada leitura é única e o mais marcante foi à clara alusão que sua ajudante Holly é autista. King faz um trabalho primoroso em expor de maneira altamente humanizada aspectos do autismo, mostrando que além de algumas singularidades do transtorno, autistas podem sim viver em sociedade, desde que acolhidos e tratados com compreensão e respeito. 

Um livro realmente marcante, com um final formidável para uma grande trilogia cuja integralidade é convincente e arrebatadora. 


0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...