Blogger Widgets

[Resenha #1188] O Tesouro da Encantadora - Caroline Carlson @editoraseguinte


O Tesouro da Encantadora
Autor: Caroline Carlson
Editora: Seguinte
Ano: 2014
Páginas: 400
ISBN-13: 9788565765312
ISBN-10: 8560280537
Skoob
Classificação: 4 estrelas
Compre: Amazon

SINOPSE:
Há muitos anos, quando objetos mágicos eram tão comuns quanto panelas nos lares de Augusta, a magia era controlada por uma feiticeira muito poderosa: a Encantadora das Terras do Norte. Certo dia, cansada de sofrer ataques de cidadãos que queriam usar os poderes de maneira ilícita, ela resolveu se vingar: recolheu a maioria dos itens mágicos do reino e desapareceu, deixando os cidadãos sem notícias de seu paradeiro nem desse magnífico tesouro. Anos depois, quando Hilary Westfield decidiu que queria ser pirata, nem imaginava que estava prestes a participar da caça ao maior tesouro de todos os tempos. Afinal, tudo o que a preocupava era fugir da Escola da Senhorita Pimm para Damas Delicadas, onde as jovens da alta sociedade aprendiam a valsar, desmaiar e se comportar à mesa. Hilary não via utilidade nenhuma naquelas lições e queria se juntar à Quase Honrosa Liga de Piratas. Qualificações não lhe faltavam, mas a Liga não admitia garotas em sua equipe de algozes e pilantras. Decidida a partir para alto-mar a qualquer custo, Hilary responde ao anúncio de um pirata autônomo em busca e membros para sua tripulação. De repente, ela se vê no meio de uma aventura marítima em busca do tesouro mais valioso do reino: o tesouro da Encantadora. Para encontrá-lo, ela contará com um mapa sem X e precisará enfrentar o vilão mais traiçoeiro — e surpreendente — de todos os mares.




Resenha:

Hilary Westfield é filha do almirante Westifield e, diferente do que o pai deseja, quer se tornar uma pirata chegando até a mandar uma carta de admissão para A Quase Honrosa Liga de Piratas (QHLP). Mas a realidade recai sobre os seus ombros, nenhuma garota pode ser pirata, todas tem que ser damas e - se for rica - frequentar a Escola de Aprimoramento da Senhorita Pimm para Damas Delicadas. Em meio a protestos, Hilary é enviada para a Senhorita Pimm mas no meio do caminho decidi tomar um rumo diferente e acompanhado da sua amiga gárgula irá se meter em aventuras tão ultrajantes que todos do reino temeram ao escutar o seu nome!



É bem diferente ver uma personagem tentando ser pirata, geralmente os acontecimentos da vida acabam levando as pessoas a entrar nessa clandestinidade e perigo. Mas Hilary não se encaixa nessa maioria, desde pequena sonhava ser pirata e fazia de tudo para aprender sobre eles mesmo o termo pirata sendo associada a escória da sociedade, a representação de tudo que não deve ser feito no reino.



Emoção é o que não falta nessa obra que nos deixa aflito do primeiro capítulo até o último. Nossa protagonista é um imã para atrair confusão e mistérios rondam tudo principalmente na história da Encantadora que criou a magia que é quase extinta no reino.

Interessante é pouco para demonstrar o quanto me vi apegado ao mundo criado pela Carlson. Ela traz ótimas críticas que mesmo o enredo sendo de época faz um parâmetro com a atualidade onde a mulher só pode fazer determinada coisa ou ter determinado emprego, ela quebrou esses estereótipos e restrições através da Hilary e sua teimosia em querer ser uma pirata ogra.

Por ser um livro infantojuvenil não posso criticar muito até porque a linguagem é fluída e pensada para um entendimento completo, mas infelizmente senti uma certa irresponsabilidade na protagonista, ela não pensa que alguém possa estar se preocupando com ela e isso é algo incomodo e assustador pois é uma criança que está sozinha tentando viver aventuras! Mas graças que temos a srta. Greyson, que é governanta da família Westfiled, temos a imagem de uma pessoa responsável que tenta guiar a protagonista contra os perigos.

No geral, o caça tesouro da obra é estimulante e deixa qualquer um torcendo para Hilary encontrar. E o final é de tirar o fôlego pois abre um grande buraco em nossos corações para ter a volta de Hilary a todo vapor.


Com capa muito fofa, a obra física não apresenta erros ortográficos, tem páginas amareladas, fonte grande e espaçamento das bordas num tamanho bom. As ilustrações são maravilhosas e estão presentes no início de cada capítulo. O trabalho da editora foi muito cuidadoso e primordioso chegando até a conter o efeito de pergaminhos nas cartas mencionadas na obra!
Recomendar a leitura da obra é o mínimo que posso fazer pois quem gosta de uma boa fantasia piratesca e numa linguagem fluída é o que vai encontrar lendo O Tesouro da Encantadora, primeiro volume da série A Quase Honrosa Liga de Piratas.


0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...